Início Cinema Página 3

Cinema

O homem invisível, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Pois bem... "O homem invisível" tem algumas cenas interessantes. A computação gráfica foi utilizada de maneira extremamente competente. O clima tenso, entretanto, é artificial.

A psicologia de massas do nazismo no filme “Jojo Rabbit”, por Wilson Ferreira

“Jojo Rabbit” cria uma representação fílmica da psicologia freudiana no nazismo: no fundo, as pessoas sentem-se solitárias e mal-amadas.

Parasita: a sátira do neoliberalismo, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Parasita opta pela persistência da realidade da hierarquia econômica reforçada pela ilusão de ascensão social

‘Parasita’ é o grande vencedor do Oscar

Petra Costa não foi a vencedora na categoria documentário, mas sua indicação foi uma grande vitória para o Brasil e para a luta pela democracia.

Filme “Color Out of Space”: por que o cinema do século XXI ama HP...

Três quartos das adaptações cinematográficas das obras lovecraftianas estão no século XXI. Por que esse “hype” em torno de Lovecraft? A resposta pode estar no filme “Color Out of Space”

Na era da negação da política, o Coringa é o novo Che, por Carolina...

Uma nova forma de alienação, travestida de ativismo. Um radicalismo irrealista que nos separa de um engajamento realista e consequente

Carma, alucinações lisérgicas e o airbag psicodélico da mente no filme “The Wave”, por...

“The Wave” descreve o quebra-cabeças que o protagonista terá que resolver enquanto está perdido nas alucinações lisérgicas: qual a mensagem que o Universo está querendo passar para ele?

“What Did Jack Do?”: David Lynch, Meditação Transcendental e surrealismo, por Wilson Ferreira

Um enigmático projeto de 2016 no qual assistimos a um detetive interrogando um macaco capuchinho acusado de assassinato.

Documentário narra a luta histórica dos movimentos por moradia digna

Filme sobre a trajetória dos diferentes movimentos populares de habitação lança plataforma de financiamento coletivo para finalização da produção

American Factory: quando um vago “choque cultural” mal encobre a luta de classes, por...

O filmado discurso sindical saudosista de um momento não completamente defensivo da classe trabalhadora se faz mais contra o patrão chinês do que contra um sistema de exploração patronal brutal

Crítica sobre o filme O Farol, por Érico Andrade

A fotografia primorosa atinge uma dimensão importante quando dialoga com a obra de Van Gogh, como alerta a professora Juliana Wanderley.

Vítimas do fetiche da Moda e de um vestido assassino em “In Fabric”, por...

Uma paródia em humor negro da auto-imagem que a indústria da moda faz de si mesma.

AP News: Documentário brasileiro recebe indicação ao Oscar e expõe divisão

Costa, por sua vez, disse em seus canais de mídia social que o documentário era urgente "em um momento em que a extrema direita está se espalhando como uma epidemia".

A dependência bioquímica da felicidade no filme “Little Joe”, por Wilson Ferreira

Imagine o clássico filme sci-fi de terror Os Invasores de Corpos refilmado na nossa era dos antidepressivos.

Perdida no fim do mundo a humanidade tenta roubar o fogo dos deuses em...

Além da mente, a mitologia e a nossa memória arquetípica podem criar mundos claustrofóbicos e monstros terríveis.

 No décimo aniversário do Cinegnose, o Top 10 dos filmes gnósticos de 2019, por...

São filmes PsicoGnósticos, TecnoGnósticos, CosmoGnósticos e CronoGnósticos. 

 O Top 10 dos filmes mais estranhos de 2019 no Cinegnose, por Wilson Ferreira

A estranheza produz necessariamente distanciamento do espectador em relação aos protagonistas, bloqueando o prazer escópico (voyeurístico)

O Irlandês – Uma Grande Ópera, por Arnobio Rocha

Assistir O Irlandês é como rever Cassino, Os Bons Companheiros, Gangues de Nova York, O Lobo de Wall Street, etc, ou seja, todos grandes filmes do genial Martin Scorsese.

Dois Papas, por Arnobio Rocha

As atuações de Anthony Hopkins e Jonathan Pryce, são de tirar o fôlego, geniais, humanizam e dão uma dimensão ao embate para além do cinema e da performance.

“Democracia em Vertigem” está na pré-lista do Oscar e é eleito pelo NYT entre...

"O filme mais assustador do ano", descreveu o jornal norte-americano, em uma seleta lista de 10 produções mundiais