Cultura

De malandragem estou cheio

Francisco Alves interpreta VOU ME REGENERAR de Getúlio Marinho. Resgate de Luciano Hortencio

Cia. Mundu Rodá apresenta espetáculo teatral Memórias da Rabeca pelo Youtube

Memórias da Rabeca exalta a poética de rabequeiros brasileiros e a luta pela preservação dessa cultura

O dia em que o Brasil parou (I), por Izaías Almada

Sempre de olho na casa do vizinho, enquanto a sujeira vai se acumulando nos cantinhos da nossa própria casa.

Festival de Arte Vale do Paraíba anuncia datas da 4ª edição em formato on-line

Com foco no desenvolvimento humano, o evento reúne artistas sonhadores de velhas e novas utopias de múltiplas linguagens, buscando inspirar um conceito de sustentabilidade que permeia todas as instâncias da vida e da sociedade.

Ver Emergir o Monstro da Piscina, por Jorge Alexandre Neves

Todavia, verão após verão, toda vez que fazia aquela travessia rumo ao aconchego do amor de sua família, aquele monstro emergia à flor da água da piscina de forma cada vez mais visível.

Domingueira GGN: Alceu Valença, o cantor da estação lunar

Confira o bate-papo de Luis Nassif com o cantor e compositor que é um dos símbolos do carnaval pernambucano

Narrativas de um Brasil – entrevista com o violonista Arthur Endo, por Arnaldo Cardoso

Formado em música pela Unicamp, tendo antes passado pela Escola de Música do Estado de São Paulo e Projeto Guri, ele discorreu sobre temas variados e complexos com notável fluência e sensibilidade

Os pobres não são dignos de livros, segundo o desgoverno do Brasil, por Urariano...

Para a canalha no poder, consumir é o mesmo que comprar. Os animais não sabem – nem querem saber – que os pobres leem livros que não podem comprar, a saber, consomem livros das bibliotecas, nas bibliotecas, ou emprestados.

E agora? Sem o Bosi, o que faremos nós, que sequer chegamos um dia...

Sofro nesse momento, como sofro todos os dias, ao receber a notícia de novas mortes; mortes evitáveis; vidas insubstituíveis; perdas de amigos e amigas que chegam a doer nos ossos ainda mais do que na própria alma.

A chegada de Bolsonaro no inferno, por Bastião da Curiboca

Um cordel arretado de Bastião da Curiboca

Governo Bolsonaro pode acabar com isenção tributária para livros

Para Receita Federal, apenas a faixa mais rica da população consome livros no país; dinheiro seria usado para outras políticas públicas

Ascensão burguesa e o terror da Inquisição em Guirlanda Rubra, de Erick Santos Cardoso

Trata-se de uma alegoria sobre o começo da vida adulta e os aspectos que se encontram no caminho de descoberta de cada um de nós.

Ainda sob a tempestade, por Sr. Semana

O livro faz parte da série Mutações, organizada por Novaes, que já contava com outros onze volumes, dois dos quais ganhadores do Prêmio Jabuti.

Hoje, às 16h, Marcelo Maccagnan lança o álbum Boundless

Baixista santista lança disco autoral de jazz ao lado de músicos da Malásia e Indonésia

As mãos dos deuses não vão me deter, por Romério Rômulo

E vou morrer da morte mais doída / De quantas mortes podem me matar.

Censura: A arte limitada e imposta pela moral e bom costume, por Danilo Nunes

O poder torna-se, nessa história cada vez mais o objeto de desejo desenfreado dos bajuladores de um único Deus e através Dele justificam suas atrocidades e crimes contra a humanidade. Assim foi com Jesus ou não?

“A terceira viagem”, por Rui Daher

Deixei passar o 1º de abril para dar espaço a Messias e Braga Netto, mentiras de 57 anos atrás, anos de chumbo, inocente elemento químico da tabela periódica, menos letal do que o governo (?) atual.

Domingueira GGN Especial: as novas cantoras, Anna Setton e Luiza Lacerda

Confira o bate-papo de Luis Nassif com duas das promessas da nova geração da Música Popular Brasileira

HOJE: Consuelo de Paula lança Maryákoré Duo, seu novo show, na TV GGN

Neste sábado, 3 de fevereiro, a TV GGN exibe a nova obra de Consuelo de Paula, às 21h

Primeiro de abril, por Urariano Mota

O golpe se deu em primeiro de abril de 1964. Mas como essa é a data universal da mentira, a propaganda abusiva das forças armadas deslocou o 1º. de abril para a véspera.

Leia também

Últimas notícias

GGN