Trabalhadores de BH lançam Plano de Recuperação da Economia Popular

O projeto propõe uma série de protocolos, de curto e médio prazo, de inclusão produtiva para minimizar os efeitos da crise econômica e sanitária

Marcos Santos/Jornal da USP

Jornal GGN – Com a alta taxa de desemprego, agravada pela a pandemia da Covid-19, movimentos sociais lançam um Plano de Recuperação da Economia Popular. O pacote será divulgado em audiência pública transmitida pela internet nesta quinta-feira, 23 de julho, na Câmara de Belo Horizonte, em Minas Gerais. 

As medidas foram elaboradas por trabalhadores ambulantes e outros representantes da economia popular de Belo Horizonte, a partir de estudos acadêmicos e levantamentos de órgãos públicos, em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e outros setores.

A fim de cessar a situação emergencial de famílias de baixa renda, o projeto propõe uma série de protocolos, de curto e médio prazo, de inclusão produtiva.

Estão na linha de frente da iniciativa diversas instituições, movimentos sociais e parlamentares. Confira o Plano e a lista inicial das entidades que o subscrevem (aqui). 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Como evitar a iminente crise da dívida soberana, por Joseph E. Stiglitz e Hamid Rashid

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome