Comissão na Câmara vai analisar projeto anticorrupção

Jornal GGN – O projeto anticorrupção, de iniciativa popular, foi acolhido pelo presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão. Ele determinou que seja criada uma comissão especial para analisar a matéria. O colegiado será formado por 29 deputados, que vão analisar a proposta com outros 20 anteprojetos em tramitação na Casa que tratam de iniciativas semelhantes que foram incluídas no texto.

Da Agência Brasil

Maranhão cria comissão especial para analisar projeto popular anticorrupção

Por Carolina Gonçalves

O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), determinou hoje (14) que seja criada comissão especial para analisar o Projeto de Lei 4.850/16, conhecido como projeto anticorrupção. A matéria de iniciativa popular, encabeçada pelo Ministério Público Federal, foi apresentada há dois meses e hoje reúne mais de 2,2 milhões de assinaturas de apoio a um conjunto de medidas de combate à corrupção e crimes contra o patrimônio público e enriquecimento ilícito.

O colegiado especial será formado por 29 titulares que vão analisar a proposta com os 20 anteprojetos em tramitação na Casa que tratam de iniciativas similares e que foram incluídos no texto. A comissão especial foi uma promessa feita há pouco mais de um mês por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), mas como o compromisso foi firmado pouco antes da decisão do Supremo Tribunal Federal que o afastou do cargo, o colegiado não foi instalado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

2 comentários

  1. Muito significativa a foto

    Muito significativa a foto com os pacotes de assinaturas embalados em fitas verde amarelo. Um projeto vale por si, por seu conteúdo, por seu significado. A colocação das fitas tem a intenção de agregar um valor ideológico extra, um possível nacionalismo. Por outro lado, há um primarismo que remete à trabalhos escolares…

  2. Lei anticorrupção

    É necessario tambem um forte controle sobre a recuperação dos recursos desviados. Tudo que foi roubado deve ser devolvido. Ninguem pode lucrar com o crime. Nem os advogados dos réus.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome