GGN Covid: Queiroga tem que ser detido, antes de repetir genocídio de Pazuello

Mesmo com a tragédia do período anterior, o Ministério da Saúde não mudou um milímetro suas políticas

Marcelo Queiroga, ministro da Saúde Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

O grau de irresponsabilidade institucional do país bateu todos os recordes. O mundo atravessa a mais fulminante onda de Covid, com a nova cepa Omicron. Os dados estão aí na sequencia.

Mesmo com a tragédia do período anterior, o Ministério da Saúde não mudou um milímetro suas políticas:

  1. Escondendo dados sobre o país.
  2. Mantendo a corrupção das compras emergenciais, agora com a aprovação do presidente do STF, Luiz Fux.

É inacreditável que, depois de tudo o que houve, se permita a livre atuação de Queiroga. O STF deveria abrir mão de pruridos e ordenar imediatamente a sua detenção, sob pena de repetir-se a tragédia inicial.

A Omicron está em plena ascensão. Em 7 dias, a média móvel global aumentou 92,9% – ondo para 1.639.585

Ontem, 23 países voltaram a bater o pico de casos de Covid-19. Em 7 dias, foram 32; em 14 dias, 42.

Dos 32 casos na última semana, 14 foram de países da África, 11 da Europa, 3 da América do Norte e 2 da América do Sul.

Em apenas 7 dias, a média de casos registrados na América do Sul saltou de 29.956 para 80.148 – mesmo com o boicote intencional do Brasil, conduzido pelo Ministro da Saúde Fernando Queiroga.

Na Europa, em apenas 7 dias a média de casos passou de 485.630 para 867.622

E na América do Norte saltou de 289.385 para 613.737

No Total, em apenas 7 dias, o mundo saltou de 931 mil para 1.772.322 casos, na média móvel diária.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador