Com as bençãos do governo Bolsonaro, EUA deportam mais brasileiros

Desde 2006 o Brasil não autorizava deportação em massa, indicando uma mudança significativa.

Jornal GGN – Os Estados Unidos deportarão mais um grupo de brasileiros. O segundo voo fretado para expulsão de brasileiros, desde outubro, sairá de El Paso nesta sexta, dia 24, e chegará em Belo Horizonte amanhã, sábado, 25. As informações foram dadas pelo chanceler Ernesto Araújo, que não informou, no entanto, quantos imigrantes estarão no voo. Em outubro foram 70.

Segundo apurado pela Reuters, desde 2006 o Brasil não autorizava deportação em massa, indicando uma mudança significativa. O governo de extrema direita Jair Bolsonaro, preocupa-se mais com os direitos dos Estados Unidos do que de cidadãos brasileiros.

Esse aceite do governo brasileiro, em receber deportações em massa, é um alinhamento com Donald Trump e sua política desastrosa, visto que criticada no mundo inteiro, de deportar imigrantes detidos na fronteira com o México.

Uma autoridade brasileira disse à reportagem que não se pode fazer nada. ‘Eles estão sendo detidos na fronteira e não poderão entrar nos Estados Unidos. Nós temos que trazê-los de volta’, disse.

Trump restringe no país tanto a imigração legal quanto a ilegal, é um ponto de campanha à reeleição em 2020. Ele já baixou uma série de medidas, como limitar acesso ao asilo e prometeu aumentar deportações de imigrantes ilegais.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora