“Tem que tomar cuidado”, disse Temer sobre Joesley falar com Geddel

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN – O jornal O Globo relevou, nesta quinta (18), mais um trecho da gravação feita por Joesley Batista, sócio da JBS que registrou Michel Temer dando aval à compra de silêncio de Eduardo Cunha e Lúcio Furano. Segundo a reportagem, Temer também comentou sobre a situação do ex-ministro Geddel Vieira Lima.
 
Na noite de 7 de março de 2017, Joesley disse a Temer que havia perdido contato com Geddel diante das investigações da Lava Jato. “Temer demonstrou preocupação: ‘É complicado, tem que tomar cuidado’.
Logo em seguida os dois passam a falar de Eduardo Cunha”, disse o jornal.
 
“A gravação mostra que Joesley servia como uma especie de interlocutor ou de bombeiro com fios desencapados da politica nacional que poderiam, de uma forma ou de outra, complicar Temer”, acrescentou.
 
Geddel, um dos homens fortes do governo Temer, foi afastado em novembro de 2016, após o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero revelar caso de pressão para liberar uma obra no centro histórico de Salvador.
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora