Milhares retornam às ruas contra Bolsonaro e sites da grande mídia, desta vez, dão destaque

Após a alta adesão aos protestos de 29 de maio, a grande mídia, desta vez, decidiu não ignorar os protestos que ocorrem em quase 500 cidades em todo o País

Jornal GGN – Rio de Janeiro, Brasília, Minas Gerais, interior de São Paulo, Roraima. Os atos contra Jair Bolsonaro desde a manhã deste sábado (19/06) já tomam corpo em várias partes do Brasil. Por volta das 12 horas, inúmeras imagens das ruas ocupadas pela população exausta da gestão temerária do governo federal na pandemia, entre outros problemas, inundavam as redes sociais sob a hashtag #19JForaBolsonaro.

Após a alta adesão aos protestos de 29 de maio, a grande mídia, desta vez, decidiu não ignorar os protestos que ocorrem em quase 500 cidades em todo o País (confira a lista aqui).

Estadão, Folha de S. Paulo, O Globo e UOL colocaram o impeachment de Bolsonaro em destaque na página principal de seus respectivos sites. A GloboNews também destacou repórteres para cobrir e comentar os atos em algumas cidades. A jornalista Julia Duailibi analisou que os manifestos foram “sentidos” por Bolsonaro, que decidiu divulgar um documento resumindo os feitos de seus 900 dias de governo.

Folha de S. Paulo destaque que milhares saem às ruas pedindo o impeachment de Bolsonaro. O assunto foi a principal manchete do site por volta das 12h de sábado (19/6)

Nos atos de 29 de maio, que teve como mote “vacina no braço, comida no prato”, praticamente todos os grandes jornais impressos do País omitiram as grandes manifestações em suas páginas no dia seguinte, com exceção da Folha de S. Paulo, que publicou a imagem da Av. Paulista lotada na capa.

Os atos de 29 de maio foram vistos com ressalvas por se tratar da oposição a Bolsonaro convocando um ato de massa em plena pandemia. Mas os protestos destoaram das aglomerações promovidas pelo extremista de direita, pois máscaras PFF2 e NP95 foram distribuídas pelos organizadores, e o distanciamento social foi incentivado o tempo todo.

O jornal O Globo destacou que os atos contra Bolsonaro questionam a demora para comprar vacinas, e ocorrem também no exterior

O Estadão, que foi muito criticado por ter escondido os atos de 29 de maio, também colocou os protestos de 19 de junho em destaque na capa do site. Porém, destaca que as manifestações têm “caráter partidário”.

Manchete em destaque na capa do site do Estadão, em 19 de junho, por volta das 13h
O portal UOL traz uma série de matérias no destaque principal
A GloboNews também mostrou flashes das manifestações ao vivo, pela amanhã

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome