De malandragem estou cheio

Francisco Alves interpreta VOU ME REGENERAR de Getúlio Marinho. Resgate de Luciano Hortencio

Resgate de Luciano Hortencio

Francisco Alves interpreta VOU ME REGENERAR de Getúlio Marinho.

De malandragem estou cheio

Não desejo e não quero

Saber mais desta vida

Vou me ausentar deste meio

E arranjar um outro

Que me dê guarida. (bis)

A malandragem hoje em dia

Não tem mais nada o que dar

Pois de quem dela vivia

Tem mesmo que trabalhar

Eu já fui malandro

Sempre gozei boa vida

E não tenho nada a dizer

Da malandragem querida.


Francisco Alves – VOU ME REGENERAR – Getúlio Marinho.

Disco Odeon 10.873-B – matriz 4390.

Gravação de 09.12.1931 e lançamento em janeiro de 1932.

Agradeço aos amigos Claudio Canfild e Otacílio Azevedo, pela lembrança e envio do raro fonograma.

Coisas que o tempo levou.

luciano hortencio.

0 Comentário

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador