fbpx
sábado, setembro 26, 2020
  • Carregando...
    Início Tags Coisas que o tempo levou

    Tag: Coisas que o tempo levou

    Meio século procurando tu!!!

    Angelo Antonio e A Turma da Pesada cantam PROCURANDO TU de Antonio Barros e J. Luna. Resgate de Luciano Hortencio.

    Ceará, Ceará, Ceará!!!

    Marcos Ayala interpreta CEARÁ CEARÁ, paródia de Frota Mello e arranjo de Mozart Brandão. Resgate de Luciano Hortencio.

    Salta um arroz à carretêra…

    Palmeira e Biá cantam ARROZ À CARRETÊRA de Diogo Mulero e José Panoguel. Resgate de Luciano Hortencio.

    O verde e amarelo dos Chorões sertanejos!

    Raul Torres e Grupo dos Chorões Sertanejos cantam VERDE E AMARELO, de Raul Torres. Resgate de Luciano Hortencio.

    Quem é mesmo que vai virar macaco?, por Luciano Hortencio

    Em 1960 o frevo canção causou um certo embaraço e foi alvo de críticas.

    Os gêmeos de Rosa Pardini e Siles Taffo!, por Luciano Hortencio

    Rosa Pardini interpreta VAI (Go) de Camille Saint Saens, versão de Nazareno de Brito.

    Viva a Liberdade!

    Orlando Silva canta VIVA A LIBERDADE de Arlindo Marques Jr. e Roberto Roberti, com acompanhamento dos Diabos do Céu. Resgate de Luciano Hortencio.

    Ajeite um enjeitado!, por Luciano Hortencio

    Agradeço ao amigo Anderson Carvalho, por ter-me enviado o link da animação, fazendo-me relacionar os dois vídeos, a animação de 1939 e a marchinha de 1945.

    O Sem Trabalho, pelo Sem Voz!, por Luciano Hortencio

    Luciano Hortencio entoa O SEM TRABALHO, uma paródia de Sussuarana, de Hekel Tavares e Frazão.

    Raimundo Silva ensina o samba ao tio Sam!

    Trio Jangadeiro cantando TIO SAM, de Raimundo Silva. Resgate de Luciano Hortencio.

    A Casinha da Colina é uma canção brasileira?, por Luciano Hortencio

    Ocorre que em 1924 já fora gravada por Gaston Flores como canção mexicana, da lavra de Felipe Llera y Manuel José Othón, no disco Vocalion, ano de 1924.

    Olha a lua, olha a lua!

    Januário de Oliveira e Arnaldo Pescuma interpretam OLHA A LUA de José Manoel Alves (J. Robim), com acompanhamento dos Diabos do Céu. Resgate de Luciano Hortencio.

    Primeiro prêmio para Mulatinha da Caserna!, por Luciano Hortencio

    O amigo Roberto de Azevedo enviou-me extenso material sobre o Concurso Oficial de Músicas Carnavalescas de São Paulo, realizado no ano da graça de 1936.

    Maldito amor, onde estás agora…, por Luciano Hortencio

    A melodia de MALDITO AMOR está calcada, quase na íntegra, em ONDE ESTÁS AGORA, de Anísio Silva.

    Muito prazer, Helena Ribeiro!

    Luciano Hortencio apresenta a melhor cantora do Rádio Mineiro do ano de 1958.

    A solidão de um caipira…, por Luciano Hortencio

    A solidão angustiante do Sr. Salim não é mais tão somente dele. É a solidão de todos nós e, compartilhada, torna-se infinitamente menor e melhor suportada.

    Não sei que mal eu fiz…

    Alberto Miranda interpreta CASTIGO de Alberto Sabatini, Manoel Francisco e Almeidinha - com Acyr e sua Orquestra. Resgate de Luciano Hortencio.

    O que tu és, Vicente Celestino!

    Vicente Celestino canta O QUE TU ÉS de Anacleto de Medeiros e Catullo da Paixão Cearense. Resgate de Luciano Hortencio.

    Se só pode ser assim, vai assim mesmo…, por Luciano Hortencio

    Do cantor e compositor gaúcho Carlos Carrié, recebi esse primor de composição e interpretação, ainda sem os compositores, mas já podemos apreciar.

    Eu sou pobre, pobre, demavé, mavé, mavé…, por Luciano Hortencio

    Fiz eu mesmo as vozes da mãe pobre, da rica e da filha pobre que ficou rica. Tenham paciência. Afinal já vou completar 70 anos.

    Mais comentados

    Últimas notícias