O vôo de galinha da indústria na era Paulo Guedes, por Luis Nassif

Agência Brasil

Vamos a um pequeno Raio X da indústria, com a divulgação dos dados de julho da Pesquisa Mensal da Indústria (PMI) do IBGE. Prossegue o vôo de galinha, com a economia caminhando para o 6o ano de estagnação.

No mês de julho de 2021

  1. A Indústria Geral caiu 1,27%, a Extrativa caiu 1,21% e a de Transformação caiu 1,16%.
  2. A Indústria de Transformação tem 25 setores. Desses, houve alta em apenas 7 e queda em 18 setores.
  3. Entre as altas, apenas um setor cresceu acima de 10%, o da Produção de Gravações, com alta de 11,4%. Mas é um setor de pequeno peso. 
  4. Na outra ponta, 2 setores tiveram queda superior a 10%: Fabricação de OUtros Equipamentos (-15,6%) e Fabricação de Bebidas (-10,2%).

No acumulado dos últimos 12 meses

  1. A Indústria Geral subiu 1,42%, a Extrativa caiu 2,91% e a de Transformação subiu 2,8%. Registre-se que julho de 2020 marcou o ápice da paralisação da economia.
  2. Dos 25 setores da indústria de Transformação, houve alta em 13 e queda em 12 setores.

No acumulado dos últimos 24 meses

  1. Houve queda de 0,81% da Indústria Geral, queda de 1,96% da Extrativa e queda de 0,7% da Indústria de Transformação.
  2. Dos 25 setores da Indústria da Transformação, houve alta em 13 setores e queda em 12.

O comportamento dos estados

Os dados por estado são divulgados com um mês de defasagem. Portanto, os dados se referem a junho de 2022.

Dos 14 estados medidos, houve queda em 10 estados.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora