Por 364 votos, Câmara mantém prisão de Daniel Silveira

A decisão dos deputados será enviada ao STF. Preso no Rio de Janeiro, a medida abre precedente

Jornal GGN – Com 364 votos a favor, a Câmara dos Deputados decidiu manter a prisão de Daniel Silveira (PSL-RJ), em decisão do Plenário, na noite desta sexta (19).

Pela Constituição, um parlamentar poderá ser preso somente por crime de flagrante inafiançável e sua prisão poderá ser derrubada pelo Congresso. Preso no Rio de Janeiro, a medida abre precedente.

Desde esta quinta (18), o clima na Câmara era de aprovação da determinação do ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

A decisão dos deputados será enviada à Corte, que voltará a analisar a medida, podendo transformar em prisão preventiva, substituir por outras medidas cautelares ou conceder a liberdade provisória.

Acompanhe a votação:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora