Butantan anuncia vacina anti-Covid com fabricação 100% nacional

Instituto pediu autorização à Anvisa para promover as 3 fases de ensaios clínicos em humanos, e começará produção de 40 milhões de doses em maio

Foto: Divulgação/SP

Jornal GGN – O Butantan anunciou na manhã desta sexta (26) o desenvolvimento de uma vacina própria contra o novo coronavírus, de fabricação 100% nacional. O instituto pediu à Anvisa a autorização para iniciar as três fases de ensaios clínicos em humanos.

Em paralelo aos estudos, o Butantan vai fabricar, “por conta e risco”, 40 milhões de doses do novo imunizante. Segundo o governador João Doria, as doses devem estar prontas até julho, aguardando a aprovação da Anvisa para serem inoculadas.

A Butanvac é desenvolvida no âmbito de um consórcio internacional que conta com países como Vietnã e Tailândia. Ela garantirá, segundo o diretor Dimas Covas, a independência do Brasil em relação à importação de insumos.

“Essa vacina será integralmente produzida aqui. Não dependeremos da importação de nenhum insumo. Ela será feita a partir de uma vacina que já existe, a vacina da gripe. O Butantan é o maior produtor de vacina da gripe”, disse Dimas Covas.

Covas comentou ainda que a Butanvac precisará de menos líquido para imunizar a população, em comparação com a Coronavac, a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela chinesa Sinovac.

Em entrevista à CNN Brasil, Julio Croda, pesquisador da Fiocruz, elogiou a iniciativa de produzir uma vacina com a mesma tecnologia da vacina da gripe. Isso permitirá ao Brasil atualizar o imunizante em função do surgimento de novas cepas da Covid-19.

Croda ponderou, contudo, que a conclusão dos testes clínicos deve levar meses e, até lá, uma boa fatia da população brasileira deverá ter sido imunizada com as vacinas já contratadas pelo Ministério da Saúde – a Coronavac, a vacina de Oxford, além de doses adquiridas da Pfizer, Janssen e outros laboratórios.

Dimas Covas afirmou que há intenção de atender ao mercado internacional exportando a Butanvac.

VÍDEO RECOMENDADO:

Leia também:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora