Campanha de Aécio usou imóveis de fornecedora da Cemig

Enviado por Webster Franklin

Da Rede Brasil Atual

Tesouraria de Aécio foi montada em escritório de fornecedora da Cemig  

Pega mal: campanha de Aécio teve primo tesoureiro oficial acumulando cargo de diretor de estatal em governo tucano e, ainda por cima, usou imóveis emprestados da Engeform, fornecedora desta mesma estatal     

por Helena Sthephanowitz 

Como se não bastasse ter como tesoureiro oficial de campanha um primo (Frederico Pacheco de Medeiros) e que se manteve durante a campanha eleitoral no cargo de diretor da Cemig, a estatal de eletricidade do governo de Minas, o comitê do tucano onde o tesoureiro dava como endereço não era nenhuma sede do PSDB. Foi um imóvel de fornecedores da Cemig.

O imóvel na Rua Iguatemi 192, conjunto 192, no Itaim Bibi, na capital paulista, pertence à Patrymonyal Participações Ltda, segundo a própria prestação de contas do tucano declarando a doação do valor equivalente ao aluguel. Esta empresa tem como sócios a Engeform Construções e Comércio Ltda e seus donos, conforme documento da Junta Comercial do Estado de São Paulo.

 

A Engeform é fornecedora da Cemig. Conforme o Diário Oficial de Minas Gerais, a empresa executou um contrato de “implantação do reforço para a região metropolitana de Belo Horizonte”. Inclusive teve um aditivo em maio de 2013, elevando o valor de R$ 35,96 milhões para R$ 36,4 milhões.

 

Convenhamos que não pega bem essa espécie de “ação entre amigos” misturando primo de Aécio Neves tesoureiro acumulando cargo de diretor de estatal em governo tucano e, ainda por cima, usar imóveis emprestados de empresas fornecedoras. E ainda tem o fato de a Engeform ter doado para a campanha presidencial de Aécio Neves no ano passado a quantia de R$ 200 mil.

Mas nem todas as gentilezas dos fornecedores da Cemig à campanha de Aécio foram declaradas. Representação apresentada à Justiça Eleitoral pela coligação “Com a Força do Povo”, da candidatura de Dilma Rousseff, apontou notícia de irregularidades. Uma delas é justamente sobre os imóveis cedidos em comodato pela Patrymonial Participações Ltda, no referido endereço da Rua Iguatemi.

Segundo a representação, analisando a prestação de contas do comitê financeiro nacional da campanha tucana constata-se o pagamento de taxas condominiais dos conjuntos números 113, 114, 213 e 214. Contudo, não foram localizados comprovantes de pagamento de aluguel referente aos conjuntos 213 e 214, mesmo que em forma de recursos estimados, sendo possível, então, a ocorrência de recursos não contabilizados em relação ao aluguel dessas salas.

Mesmo nos conjuntos 113 e 114, que tiveram aluguéis contabilizados por estimativa, o valor declarado foi equivalente a R$ 3,3 mil mensais cada conjunto, muito abaixo do mercado. Na prestação de contas, no mesmo prédio, o PSDB aluga o conjunto 212 pelo valor mensal de R$ 20 mil. Conclui-se que deixaram de ser contabilizados cerca de R$ 100 mil.

Por fim, embora conste comprovante do pagamento de aluguel do conjunto 212, não foram localizados lançamentos de pagamentos de despesas condominiais – indicando, uma vez mais, possível caixa 2.

Esta representação não percebeu e não mencionou que o conjunto 192, declarado como endereço da tesouraria, também não aparece contabilizado. Parece até piada justamente o “quartel general” da tesouraria não aparecer contabilizado.

Ainda bem que o Supremo Tribunal Federal julgou inconstitucional o financiamento empresarial de campanha nesta semana. Assim acaba com essa mistura entre o público e o privado, de primo “aparelhado” em estatal usar escritório de fornecedor como tesouraria, enquanto a sede oficial do partido fica sendo só uma fachada.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

24 comentários

  1. Que bom, mostra que o PSDB do

    Que bom, mostra que o PSDB do Sr. Aécio e do sr. armínio fraga, (com letra minúscula mesmo, proporcional ao caráter) não vale nada. A gestão do armínio seria quase tão ruim quanto a do levy. PS: como eu diminuo a fonte para reduzir mais o nome do levy?

     

    MARINA SILVA E LUCIANA GENRO neles!

  2. Esse post é o exemplo de

    Esse post é o exemplo de hipocrisia que reina nesse espaço,  porque se diz aberto e democrático mas na prática funciona como bastião de defesa do governo. A gráfica fantasma que recebeu milhões da campanha petista é factoide. Um imóvel usado em comodato como contribuição de campanha é caixa 2. 

    A empresa é fornecedora da estatal mineira. Na verdade foi uma terceirizada em 2013. Mas as empresas na lava jato  mandando um dilúvio de recursos para petistas e pmdebistas aí tudo muito certo e normal, e a lava jato não é nada além de golpismo judiciário. 

     

    • “A gráfica fantasma que

      “A gráfica fantasma que recebeu milhões da campanha petista é factoide”:

      Ofelia, da pra ler um jornal de vez em quando?

      A mesma grafica recebeu tambem milhoes do PSDB e ja trabalhava com eles por 6 dias quando da primeira encomenda do PT.

    • Por falar em hipocrisia, a sua como vai?

      Fala em hipocrisia e comenta desviando o assunto em pauta. Bem típico, mesmo.

      Caso não tenham te informado, essa mesma gráfica presta serviços a outros partidos desde 2010, basta dar uma pesquisada para se informar. Aqui mesmo no Nassif já foi publicada esta matéria sobre a gráfica.

  3. sempre usaram…

    durante a desgraça FHC, estatais

    relatórios de qualidade engavetados para obrigar as compras, de equipamentos e de conhecimento, só com fornecedores escolhidos pelo FMI

    para disfarçar inventaram ou recomendaram que fossem montados fora dos estados unidos

    e, claro, tudo às custas do Brasil ( Ceraver materiais )

  4. Cadê os “apartidários”

    É impressionante que em posts como este não aparece um único daqueles trolls tucanos que se dizem “apartidários” critcando o PSDB nem que seja com um centásimo da gana com que criticam o PT por qualquer coisa, mesmo que inventada o com a barra para lá de forçada.

    É um apartidarismo estrannho que tem como alvo um único partido e que por consequência promove o partido adversário.

    Mas quando a crítica é mais direta e surge a necessidade esses mesmos “apartidários” aparecem correndo para defender os tucanos e mudar o assunto para atacar o PT.

    Pois é…

      • Bem lembrado

        Pois é… Se fosse com a Dilma a trollagem “apartidária” estaria externando sua “indignação” aos berros neste post.

        Como é o Aécio eles não ficam indignados…

        • prova uma coisa

          todos esses coxinhas e revoltados são corruptos; roubam e saem gritando pega ladrão, eles ainda podem, mas a verdade é demorada mais vai aparecer, e aí o povo vai reagir com muita fúria.

    • Sabe porque. porque é pouco é

      Sabe porque. porque é pouco e é noticia requentada.

      Estou esperando algo para condenar o Aécio que não seja tipo “lulinha é dono da Friboi”.

      O fato de o PT não achar nada ate  agora de concreto e já passando 13 anos de governo só da fiança ao PSDB.

      Ache alguma coisa para processar, julgar e condenar  Aécio  Se o PSDB é tão desonesto será uma tarefa facil, poder o PT tem para isso.

  5. Lembremos que Aócio nomeou

    Lembremos que Aócio nomeou seu pai para o Conselho da CEMIG quando governador. Em 2010 ele morreu e, ainda não tenho certeza, perdeu a boquinha. 

      • Em pleno anos 2000 um

        Em pleno anos 2000 um Governador de estado nomear o próprio Pai, para um conselho de Adm da maior empresa estudual, e voce não ve nada demais nisso ? Tem certeza ?

         Alem do que, não consta que o Pai dele era algum especialista em energia ou gestão de empresas.

        A carreira do Aécio foi toda assim, no começo recebeu cargos do Pai e do avo, do primo,  depois começou a devolver o que recebeu para toda a família, imas, primas, primos, tios, inclusive o Paí.

        Que beleza.

        • Aecio Cunha não era somente

          Aecio Cunha não era somente pai do Governador, foi deputado federal po 8 mandatos, relator da Comissão do Orçamento da Camara, foi Secretario da Agricultura Industria e Comercio do Governo Juscelino em Minas, presidente do Conselho

          do BNDES, conselheiro de FURNAS por muitos anos. Foi indicado para o Tribunal de Contas da União no Governo Itamar,

          de quem foi conidato a Vice-Governador e recusou a nomeação por se achar sem experiencia para o cargo. Era um homem independente e irreverente, nas reuniões do Conselho da CEMIG era quase sempre critico do Governo do Estado.

  6. Mas é obvio que a tal Engeform emprestou por pura

    caridade. Uma qualidade que sobra nos eleitores do Aécio, e que é negada pelo lulopetismo.

    (eu me antecipei aos trolls para lhes poupar tempo o que prova que um eleitor de Dilma pode usar a caridade de vez em quando)

  7. Não se iludam!!!

    Não se iludam!!! Aécio vai sair ileso disso também. Ninguém vai pegar nenhum dos gordos do PSDB e a mídia gorda ainda vai dar mais espaço pra ele pregar o impeachment.  Mas se fosse com a Dilma aí sim!!!! Seria certamente um motivo que faltava para o seu impeachment. O STF não vai pegar o Aécio, nem o Serra.

  8. Saiu no Jornal Nacional?

    Se na notícia, em vez do nome de Aécio fosse o nome de Dilma, como a grande imprensa publicaria? No mínimo exigiriam o impeachment.

    Mas é Aécio mesmo, então a mídia se autocensura. A imprensa brasileira é uma vergonha para o país.

    O PSDB apronta todas. Há denúncias e mais denúncias de uso de caixa 2. Há denúncia de auditores fiscais contra Aécio referente a campanhas de anos recentes. Há irregularidades apontadas pelo TSE na eleição de Aécio de 2014 (possível caixa 2 de empreiteira da lava jato). E quem vai preso e é condenado é o tesoureiro do PT, porque recebeu dinheiro para a campanha, declarado ao TSE, tudo feito conforme a lei eleitoral! Se para o Judiciário partidário caixa 1 virou crime agora, então por que não prenderam os tesoureiros do PSDB e demais partidos que também receberam das mesmas empreiteiras que o PT?

    Quanto ao Aécio, ele mostra que é um sujeito de família. Aeroporto para o titio, irmã citada pelo doleiro delator Youssef como arrecadadora de recursos, primo tesoureiro enrolado, prima dona da casa em que o doleiro enviou dinheiro, emprego para cunhado…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome