Datafolha: Ciro e Haddad crescem, Marina despenca e Alckmin estaciona

 
Jornal GGN – O Datafolha de segunda (10) é ruim para Marina Silva (Rede) e Geraldo Alckmin (PSDB), bom para Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) e um pouco melhor para Jair Bolsonaro (PSL), embora o episódio do esfaqueamento não tenha se convertido num aumento expressivo de apoiadores. É Bolsonaro quem comanda a disputa com 24% de intenções de voto, já que Lula, o favorito nas pesquisas até então, era quem liderava com um patamar de 30%.
 
Como Lula foi barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral – que deu ao PT até esta terça (11) para fazer a substituição de candidato – os institutos de pesquisas, como o Datafolha, recuaram dos cenários estimulados com o ex-presidente, que está preso em Curitiba.
 
No atual contexto, portanto, os números mostram que Bolsonaro se mantém estável desde o início da campanha oficial, inclusive a despeito da propaganda eleitoral em rádio e TV, onde ele tem poucos segundos. Em relação à pesquisa anterior, ele oscilou para cima dentro da margem de erro, que é de 2 pontos, indo de 22% para 24%.
 
Os únicos candidatos que cresceram desde o dia 22 de agosto um pouco além da margem de erro são Ciro Gomes (que saiu de 10% para 13%) e Fernando Haddad (de 4% para 9%).
 
Geraldo Alckmin, que precisa acelerar para desbancar Bolsonaro da liderança, praticamente não saiu do lugar. Tinha 9% no final de agosto, agora tem 10%.
 
Já Marina está em queda. Na pesquisa anterior, ela tinha 16% dos votos, apenas 6 pontos de distância de Bolsonaro, ocupando virtualmente o segundo lugar. Agora, ela perdeu o posto numericamente para Ciro, e ficou tem 11%. A distância de Marina para Bolsonaro mais que dobrou: é de 13 pontos. 
 
Na prática, dentro do limite da margem de erro, há empate técnico entre Ciro, Marina, Alckmin e Haddad. Mas os dados de rejeição mostram que o cenário não está bom para a mentora da Rede, indicando tendência de queda.
 
REJEIÇÃO
 
Entre os principais candidatos, apenas Marina e Bolsonaro têm feito a rejeição aumentar expressivamente de uma pesquisa para outra. Antes, ela tinha 25% de rejeição. Agora, 29%. Bolsonaro é o mais rejeitado, com 43%. Em agosto, tinha 39%. O salto, nos dois casos, foi de 4 pontos.
 
A rejeição de Haddad oscilou na margem de erro, de 21% para 22%. A rejeição a Alckmin caiu, também na margem, de 26% para 24%. A de Ciro, de 23% para 20%. 
 
SEGUNDO TURNO
 
Apesar das dificuldades, Marina venceria Bolsonaro no segundo turno por 43% a 37%, respectivamente. 
 
Marina, contudo, caiu no cenário de segundo turno contra Alckmin. Na pesquisa anterior, ela ganharia por 41% a 33%. Agora tem 38% e o tucano, 37%.
 
Com Alckmin, Bolsonaro também perderia por 43% para o tucano ante 34%.
 
Entre Ciro e Alckmin, a vitória seria de Ciro, por 39% a 35%. Na pesquisa anterior, Alckmin ganhava por 37% a 31%.
 
Contra Bolsonaro, Ciro venceria com 10 pontos de diferença (a maior vantagem entre todos os candidatos), por 45% a 35%. Na pesquisa anterior, o placar era 38% para Ciro e 35% Bolsonaro.
 
Haddad contra Alckmin perde por 43% para o tucano, contra 29% do petista. Com Bolsonaro, o ex-prefeito sai com 39% e o ex-capitão, 38%.
 
 
ESPONTÂNEA
 
Segundo a Folha desta terça (11), Lula caiu na pesquisa espontânea. Na anterior, ele foi citado por 20% dos eleitores. Mas depois que foi barrado pelo TSE, este número caiu para 9%.
 
Bolsonaro, por sua vez, saiu de 15% para 20%. Alckmin, de 2% para 3%. Haddad, de 0 para 4%. Ciro, de 2% para 5%. Marina tem 2% das menções.
 
 
 

19 comentários

  1. Não foi ruim para o “jogar parado” de Alckmin

    Manter-se com 9% ou 10%, nas atuais circunstâncias, é bom para Geraldo Xuxu Alckmin. E se ele se mantiver assim até 10 dias antes do 1o turno pode se tornar muito competitivo.

    Isto porque Bolsonaro não tem a menor chance de ganhar no 2o turno contra Ciro nem Haddad, ao contrário de Alckmin, que é competitivo. Quando os apoiadores menos radicias (e menos burros) de Bolsonaro perceberem isto, podem dar seu voto útlil para o tucano ainda no 1o turno.

    Se na reta final Alcmim tomar 6 pontos de Bolsonaro, mais metade dos votos de Dias e Almoedo, fica competitivo. Tenham certeza que seus estrategistas estão se preparando para isto.

    E esta migração de voto útil costuma acontecer na última semana antes das votações, como acontaceu em 2014, quando os eleitores antipetistas da Marina migraram para o Aécio. O que pode complicar o Alckmin é a postura centrista de Ciro, que pode abocanhar algum voto útil dos bolsonaristas.

    Por via das dúvidas, o PT deveria usar, desde agora, os comerciais da TV para bater forte no tucano, forçando-o a cair, dispersando ainda mais os votos da direita antilulista. E nos debates, a esquerda (PSOL, PT e Ciro) deveria cerrar fogo no tucano.

  2. Eu estou feliz com o

    Eu estou feliz com o resultado do Datafolha. Foi confirmado que 80% da população brasileira resiste ao fascismo do Bolsonaro. Mesmo com a vitimização do esfaqueado e  o “atentado à democracia” propagado pela Carminha das farmacêuticas, pela Globo e seus asseclas após a facada do Bispo. 

    Quanto ao resto do resultado, a eleição esta muito longe e o que importa são as tendências do eleitorado. 

     

     

  3. Haddad cresceu 125% em pouco tempo

    Acho que se houver empenho dos Progressistas, o “Andrade” leva no primeiro turno.

    Facada quando não elege ou mata, deixa doente. A farsa da tentativa de homicídio do Bolsossaco foi a última cartada daquela Troglodita. Conseguiu subir dois pontinhos, ficando dentro da margem de erro.

  4. – Vai dar Ciro – ” O que é ser de esquerda hoje? ”

    Sugiro o artigo https://www.revistaforum.com.br/eleicoes-2018-especialistas-respondem-o-que-e-ser-de-esquerda-hoje/ 

    Pontos entre PT e Ciro.Entendo,sinteticamente,q esquerda é o q faz avançar as camadas exploradas rumo a igualdades de oportunidades,para diminuição de desigualdades(o q é diferente de melhorar salário,renda-mínima,mantendo a distãncia com estratosféricos lucros do capital).Não é dando(da bela Oração de São Francisco, nem doando desinteressadamente).Mas não tô negando q é importante doar,dar,são medidas de humanidade,dentro do capitalismo,e criam currais eleitorais: as classes “inferiores” continuam sendo subalternas, agradecidas, e só, diminuem-se-lhes(ainda mais) a consciência de classe.

  5. Oportuno para este dia…

    Resultado de pesquisa bem oportuna para o dia da opressão dos candidatos golpistas de dentro do PT para a retirada do Lula da parada.

    Semana que vem o Haddad estará com seus 5% novamente. 

  6. A segunda onda Bolsonaro

    Com todo respeito ao Nassif e suas pertinentes análises, dizer que a pesquisa é “um pouco melhor” para Bolsonaro é tentar enquadrar a realidade naquela previsão da “segunda onda”.

    O cara teve 3 dias de cobertura ostensiva em todos os meios de comunicação em pleno feriado nacional. Foi vítima de um atentado à faca. Seus apoiadores imaginavam a tal da onda vindo como um tsunami a indicar sua vitória no primeiro turno e a única coisa que cresceu fora da margem de erro foi sua rejeição.

    Já Haddad cresceu 5 pontos percentuais. Ainda não assumiu o posto de candidato, não apareceu no JN, não foi a debates. Se ele não é o grande ganhador dessa rodada de pesquisas, não se sabe quem seria.

    Agora serão mais 25 dias de ostracismo de Bolsonaro, com sua participação resumida a “agora o candidato comeu sopa sozinho e pediu um pudim” e divulgação massiva do nome de Haddad, em viés de crescimento.

    A única onda que virá será a vermelha.

  7. bom post

    Vamos fazer campanha pelo Hadad, sem mais perda de tempo!!!

    Vejo sites da esquerda dando como certa a ida do Hadad. Como eles têm tanta a ceerteza?.

    Eleição se ganha do dia da votação e contagem de votos.

     

  8. Eleições 2018
    Com a divulgacao da pesquisa do Datafolha de ontem, a bolsa abriu hj em forte queda e com o dólar em disparada mesmo após o governo interferir com a venda de swaps de aproximadamente 10 bilhões de dólares.

    O Bolsonaro creio que já bateu no teto e começará uma trajetória de queda; o Ciro vem comendo pelas beiradas e é o candidato que vem mostrando uma trajetória de ascensão com o seu discurso desenvolvimentista e nacionalista, vai angariar muitos votos do centro e de muitos petistas que utilizarão a tática do voto útil para o segundo turno.

    O Haddad vai crescer também bastante e não me surpreenderam se os dois candidatos cheguem ao final do mês com grandes possibilidades de disputar o segundo turno e o Bozo cair fora devido aos altos índices de rejeição.

    Em tempo, a prisão do único tucano gordo Beto Richa logo após a pesquisa do Datafolha pode ser um sinal de que a lava jato queira mostrar-se por fim imparcial e esteja atuando diretamente nesta direção a fim de influir no resultado eleitoral e não permitir que os dois candidatos da esquerda cheguem ao segundo turno.

    Vamos ver no que vai dar e torcendo pra que o Ciro e o Haddad disputem o segundo turno. Seria a desmoralização consagradora do golpe, da mídia, do STF, do MPF etc.

  9. Eleições 2018
    Com a divulgacao da pesquisa do Datafolha de ontem, a bolsa abriu hj em forte queda e com o dólar em disparada mesmo após o governo interferir com a venda de swaps de aproximadamente 10 bilhões de dólares.

    O Bolsonaro creio que já bateu no teto e começará uma trajetória de queda; o Ciro vem comendo pelas beiradas e é o candidato que vem mostrando uma trajetória de ascensão com o seu discurso desenvolvimentista e nacionalista, vai angariar muitos votos do centro e de muitos petistas que utilizarão a tática do voto útil para o segundo turno.

    O Haddad vai crescer também bastante e não me surpreenderam se os dois candidatos cheguem ao final do mês com grandes possibilidades de disputar o segundo turno e o Bozo cair fora devido aos altos índices de rejeição.

    Em tempo, a prisão do único tucano gordo Beto Richa logo após a pesquisa do Datafolha pode ser um sinal de que a lava jato queira mostrar-se por fim imparcial e esteja atuando diretamente nesta direção a fim de influir no resultado eleitoral e não permitir que os dois candidatos da esquerda cheguem ao segundo turno.

    Vamos ver no que vai dar e torcendo pra que o Ciro e o Haddad disputem o segundo turno. Seria a desmoralização consagradora do golpe, da mídia, do STF, do MPF etc.

  10. Dormindo Quase Roncando

    GGN, além de lento, ‘tonharo’?

    Como assim “bom para Ciro Gomes (PDT) e Fernando Haddad (PT) e um pouco melhor para Jair Bolsonaro (PSL)”, se na realidade, mais que dobrando, é ótimo para o ainda vice Haddad e péssimo para o hiper midiático vitimado, Bolsonaro, crescendo apenas na margem de erro?

    Que barbaridade é essa, “os únicos candidatos que cresceram desde o dia 22 de agosto um pouco além da margem de erro são Ciro Gomes (que saiu de 10% para 13%) e Fernando Haddad (de 4% para 9%)”, se Haddad cresceu uma e meia margem acima da margem de erro?

    Sem falar na espontânea em que o vice Haddad vai de 0% para 4%, sem chamar a atenção.

    GGN, que se passa?

      

     

  11. O brasileiro quer solução rápida para seus problemas imediatos

    Para mim  Ciro subiu por ter tocado na inadimplência,  que atinge mais de 60% da populaçao, aproximadamente 40% dos eleitores. Propostas factíveis, não imitações, deveriam ser apresentadas porque parece que ele tem outras coisas  nessa linha.

  12. Pesquisa é o retrato de um momento e Marina é competitiva, sim

    “Pesquisa é o retrato de um momento. As candidaturas têm que fazer o debate, apresentar suas propostas, e continuo fazendo meu trabalho. Ontem (segunda-feira) estive na Bahia, e fui muito bem recebida. Na Bahia estou em primeiro lugar. Quando as pesquisas se colocavam favoráveis, eu dizia a mesma coisa. Não dá para saber se é (balde de água) fria ou quente” – Marina Silva

    O retrato da Marina moribunda política e eleitoralmente é um retrato do momento da sua velhice e ela nunca mais rejuvenescerá. Pesquisa de boca de urna é o retrato de um momento.

  13. desde sempre

    dizia que o boçal é cavalo paraguaio e não chegaria ao 2º turno

    Ainda acredito em LULAddad leva no primeiro turno, mas se não levar, o Ciro vai com o LULAddad

     

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome