Lula promete referendo para revogar medidas de Temer

Foto: Ricardo Stuckert
 
 
Da Agência EFE
 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou neste domingo, em entrevista ao jornal espanhol “El Mundo”, que fará um referendo para revogar muitas das reformas aprovadas pelo presidente Michel Temer caso vença as eleições de 2018.
 
Para Lula, o país tem que voltar a ser governado pensando nas maiorias e não em alguns poucos. Ele também acusa Temer de pretender “privatizar” o Brasil e justifica sua vontade de se candidatar mais uma vez para mostrar ao mundo que o Brasil “pode funcionar”.
 
“Me candidato aos meus 72 anos porque há muitas pessoas que sabem governar, mas nenhum sabe cuidar do povo mais necessitado como eu faço. Conheço suas entranhas, sei como vivem, do que precisam. Se acreditavam que uma condenação ia me tirar a ideia de ser candidato, conseguiram o efeito contrário”, disse Lula na entrevista.
 
“O julgamento ao qual estou submetido é uma farsa. Nem a Polícia Federal nem o Ministério Público encontraram uma única prova para me acusar, por isso digo que a sentença do juiz Sérgio Moro é eminentemente política”, completou o expresidente ao ser perguntado sobre a condenação em primeira instância a nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e corrupção passiva.
 
O ex-presidente afirmou que hoje a imprensa tem mais poder que o Ministério Público no Brasil e que, pela primeira vez, um juiz está se comportando de acordo com a opinião pública.
 
“Encontraram dinheiro na casa de Aécio Neves, na do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, na do ex-ministro Geddel Vieira Lima, mas na minha casa, nada. Mexeram nas contas de bancos de todo mundo para encontrar algum desvio de dinheiro e, nada. Mas de manhã, de tarde e de noite a imprensa me destrói e se nega a publicar que não há provas contra mim”, criticou Lula.
 
“O povo confia em mim porque sabe quem sou e o que fiz por eles. Me apoia por minha honra e minha honestidade, e, aos 72 anos, não tenho o direito de ficar nervoso. Eles fazem o jogo deles e eu o meu. Eles me acusam por meio da imprensa e eu me defendo com o povo. É uma pena o que estão fazendo comigo e
com a minha família. Todo esse processo apressou a morte de minha mulher. Meus filhos têm suas casas invadidas pela polícia e não encontram nada, mas ninguém nos pede desculpas”, disse o ex-presidente.
 
Sobre a questão da Venezuela, Lula diz que defende para o país vizinho o mesmo que para o Brasil. “Que lide com seus assuntos sem ingerência externa”, afirmou. 

11 comentários

  1. Referendo não, Lulão!

    O primeiro ato tem que ser anular, por decreto, tudo que foi feito pelos golpistas abaixo da Lei, como a legalização do trabalho escravo e o aumento do plano de saúde dos velhinhos.

    O 2° ato é anular, por medida provisória, tudo que os pulhas fizeram por meio de lei, como essa reforma trabalhista e esse REFIS nojento.

    Daí você faz referendo sobre o resto…

  2. Semelhante decisão ontem Ciro Gomes no Canal Livre – TV BAND

    há pontos de convergência entre o que Lula diz e o que CIro Gome (veja no video) . Fala numa excelente entrevista ontem (até agora, foi a melhor entrevista de Ciro, sereno!… diante de péreguntas espinhosas. Pena que enviaram pro Youtube cortando-se alguns minutos do início).

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=WKmnrEx4U7w align:left]

  3. A eleição é o referendo

    A eleição é o referendo. Se (quando) eleito, ele terá recebido o apoio explícito da maioria do eleitorado para desfazer todas as barbaridades. Não pode perder um minuto organizando o plebiscito – isto até pode dar margem para uma oposição capitaneada pela mídia de turvar o que for proposto. Revogação deve ser imediata, e isto deve ser dito a todo o momento para que depois a parte não alegue ignorância.

  4. Lula entrevistado em El Mundo , Espanha

    é longa. Eis o link: [Dica: a melhor maneira de entender espanhol, muito parecido com português, é relaxar, a tensão atrapalha. E escrito é mais fácil. Ou o tradutor automático Bing ou Google ou pelo Chrome, mas aparecem erros de automatização ].

    Há um trecho que seria uma das respostas de Lula mas que ele desmente depois da publicação, tá na mídia brasileira.

    http://www.elmundo.es/internacional/2017/10/22/59ea217be2704e65468b462b.html

  5. lula….

    Referendo só quando interessa, Lula? O Povo Brasileiro e sua soberana opinião só quando lhe convém? Continuaremos sendo a Terra do Caudilhismo, Donsebastianismos ou outra farsa qualquer ao invés de Democracia plena, livre, facultativa e soberana? Mais 40 anos disto é o que nos espera? O Brasil irá embarcar nisto novamente? Nossas escolhas serão no menos pior, para não nos rendermos a abjetos como Dória ou Picolé? Pobre país, será que aceitará tanta limitação e submissão por mais tempo? 

  6. Revogar tudo.

    Tem que revogar tudo sem consulta mesmo, por que Temer é um bandido cercado bandidos como ele, gente da pior espécie um bando de golpistas, ladrões e traidores do País.

  7. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome