Temer pode estar se movimentando para tentar reeleição

MDB tem até dia 17 para trocar de candidato, e partido estaria considerando re-lançar candidatura para garantir legado de Temer 
 
Foto: (Arquivo/Beto Barata/Agência Brasil)
 
Jornal GGN – Por trás da série recente de contra-ataques de Michel Temer em resposta aos seus adversários, especialmente Haddad e Alckmin, estaria o lançamento à reeleição pelo MDB. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo. O seu partido tem até dia 17 de setembro para trocar de candidato.
 
A argumentação utilizada para haver a troca não é muito boa: o atual candidato pela legenda, Henrique Meirelles, oscila entre 1% e 2% nas pesquisas, mesmo uma semana após o início da campanha eleitoral gratuita no rádio e na TV, já Temer tem a aprovação de 3%, segundo Datafolha. 
 
Tem ainda uma crítica interna dentro do próprio partido à postura de Meirelles de fazer uma campanha bastante descolada da imagem de Temer, e sem defendê-lo diretamente – vale lembrar que o ex-ministro da Fazenda fez questão de incluir sua imagem ao lado de Lula nas inserções feitas na TV e nas propagandas da internet.
 
Porém, Bergamo pontua que setores dentro do MDB que defendem a troca acreditam que será improvável sua concretização, restando apenas a Temer advogar pelo legado do seu governo com vídeos na internet. 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora