Cinco perguntas para a economista Hildete Pereira de Melo

Desde 1972 é professora da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Economia, com ênfase nos seguintes temas: gênero, mercado de trabalho, desenvolvimento econômico e economia fluminense.

da Associação Brasileira de Economistas pela Democracia

Cinco perguntas para a economista Hildete Pereira de Melo

Vamos conversar sobre economia e gênero, sobre a mulher na distribuição de poder no mundo, sobre audácia: a PEC das empregadas domésticas, sobre trabalho não-pago e a pandemia e sobre como estabelecer prioridades de lutas.

A Professora Dra. Hildete Pereira de Melo Hermes de Araujo possui graduação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal da Paraíba, Curso de Especialização em Desenvolvimento Econômico pela Universidade de Toulouse (França), Mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Doutorado em Economia da Indústria e da Tecnologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Desde 1972 é professora da Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense. Tem experiência na área de Economia, com ênfase nos seguintes temas: gênero, mercado de trabalho, desenvolvimento econômico e economia fluminense.

Foi diretora do Centro Internacional Celso Furtado de Políticas para o Desenvolvimento de novembro de 2005 a junho de 2007. Foi editora da Revista Gênero da UFF, de 2004 à 2014, e é coordenadora do Núcleo de Estudos Transdisciplinares de Gênero da UFF.

Ocupou cargos de gerência e coordenação na Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República em 2009 a 2010 e depois de 2012 a 2014.

Ela é coautora, com Débora Thomé, do livro “Mulheres e poder: histórias, ideias e indicadores. Rio de Janeiro: FGV Editora, 2018., FGV Editora e organizadora do livro “Maria da Conceição Tavares: Vida, ideias, teorias e políticas”, de 2019.

https://www.youtube.com/watch?v=Xvo4abC1C5g&feature=youtu.be

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome