Percival Maricato
Percival Maricato é sócio do Maricato Advogados e membro da Coordenação do PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresariais
[email protected]

Copa do Mundo Feminina será no Brasil, por Percival Maricato

Devido a tragédia gaúcha o Brasileirão foi suspenso por duas semanas, atitude pouco convincente como solidariedade, pois não leva a nada.

Esporte Bretão

Percival Maricato

COPA DO MUNDO FEMININA SERÁ NO BRASIL

A FIFA decidiu que o Brasil sediará a Copa do Mundo de futebol feminino. Este cresceu em muitos países e às vezes ajudam torcidas em que o futebol masculino não tem dado certo a preservar a autoestima  A do Corinthians, por exemplo, cujo time feminino é o melhor do país.  Em tempos passados, quando mais uma vez o time masculino não ia bem, o basquete fez esse papel, o Timão tinha um time que ficou para a história, de fama mundial, na década de sessenta do século passado.

OS MELHORES TIMES DO MUNDO

O Manchester City, sim, tornou-se um dos três times mais competitivos do mundo, os outros dois são o PSG e o Real Madrid.  Logo em seguida vem o Liverpool, o Barcelona e o Bayern de Munique. Classifico-os nessa condição por serem bons ao longo do tempo. Alguns outros se destacam um ou outro ano, mas depois descem à vala comum. O dinheiro ajuda a fazer a diferença e no caso do City e do PSG valem pelos petrodólares dos árabes. O Liverpool é fruto de sua torcida (You’ll Never Walking Alone) O Bayern é resultado da competência alemã em planejamento e organização, o que menos gasta. Vinte anos atrás os italianos colocariam um ou dois times nesse rol, atualmente apenas o Juventus se aproxima dos estrelados.

CAMPEONATO BRASILEIRO SUSPENSO

Devido a tragédia gaúcha o Brasileirão foi suspenso por duas semanas, atitude pouco convincente como solidariedade, pois não leva a nada. Melhor ter adiado a participação dos clubes gaúchos e fazer os demais jogos com minuto de silêncio e arrecadação destinada ao RS.

PREMIER LEAGUE TEM UM TRETACAMPEÃO

O mais atraente campeonato nacional do planeta, o inglês, terminou com o Manchester City tetracampeão:  venceu o West Ham por 3 x 1. O City joga como se fosse uma orquestra, tem craques que ficarão para a história, mas isso graças ao Emirados Árabes Unidos S/A, uma empresa, digo um país que é controlado por uma família (é uma ditadura, mas os EUA, ao contrário do Iraque, não tem nenhuma ambição de invadir e proclamar a democracia, pois já controla o fluxo do petróleo e tem n bases militares no país). Um dos membros dessa realeza já investiu no clube mais de US$ 2 bi.  Os ingleses, hipocritamente, fizeram regras contra o abuso de aplicações financeiras nos clubes, mas só as observam quando interessa, contra os que tem menos força política. O Chelsea foi obrigado a pôr fora o milionário russo que o sustentava, o Everton foi rapidamente castigado por ultrapassar limites, o City, que gasta dez vezes mais, está sob investigação há mais de ano e nada acontece.  Mas se há estímulo para o capital dominar os clubes, tem sentido impor limitações?

CÁSSIO DEIXA O TIMÃO

Cássio defendeu o Corinthians por 12 anos e agora está de saída, irá defender o Cruzeiro. É um bom goleiro, nunca foi excepcional, mas é estável, é bom caráter, companheiro. Sai como todo jogador de time grande para quem a idade chega. É algo igual ao que acontece com os craques brasileiros na Europa.

QUANDO A IDADE CHEGA, O CRAQUE TEM QUE PROCURAR UM TIME DE MENOR DESTAQUE

Depois do período de apogeu, com a idade, craques acabam afastados e aí vão terminar a carreira em times de menor projeção. os que jogam no estrangeiro, vem terminar a carreira em times brasileiros. Só o Fluminense tem três: Ganso, Marcelo e Felipe Melo. Se fosse um time de várzea seria chamado de Desmanche. Felipe Melo é conhecido pela violência que usa contra quem está com a outra camisa, não poucas vezes desleal, metido a xerife, já jogou em mais de dez times devido a problemas que cria. Em quase todos os casos os times comemoram quando ele chega, mas principalmente quando se livram dele.

Percival Maricato

Percival Maricato é sócio do Maricato Advogados e membro da Coordenação do PNBE – Pensamento Nacional das Bases Empresariais

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador