fbpx
segunda-feira, julho 22, 2019
  • Carregando...
    Início Geopolítica

    Geopolítica

    Chomsky mergulha na estratégia de Trump, por C.J. Polychroniou

    Para o intelectual dissidente, há uma lógica brutal na aparente loucura do presidente. Reeleger-se, tirando proveito do declínio do debate público nos EUA; e liderar a direita global — único caminho para manter a supremacia de Washington

    George Soros e Charles Koch criam think tank antiguerra

    Soros é acusado de defender causas “esquerdistas”; Koch é patrono de uma rede ultraconservadora. Juntos, eles querem uma nova estratégia militar para os Estados Unidos

    Ditaduras árabes querem articular aliança ultraconservadora com o Brasil

    Durante série de encontros em Genebra, Brasil defendeu que não existe "igualdade de gênero", mas apenas "igualdade entre homens e mulheres"; manifestação agradou mundo islâmico e Rússia

    O Estado de exceção e o sequestro da soberania, por Roberto Bueno

    O sequestro da soberania brasileira é o instrumento político-jurídico utilizado pela força soberana atuante no plano interno como o capitão preposto de interesses econômicos de fundo geopolíticos estrangeiros para realizar a sua finalidade expropriatória de riquezas nacionais.

    G20 de Osaka: o retrato de um mundo que deixou de dialogar, por Mathias...

    "Vergonhosa para alguns, a atitude de Bolsonaro não destoa na nova ordem mundial", pondera cientista político

    Crise no Golfo Pérsico: a confrontação bélica é inevitável ou o círculo vicioso pode...

    Tradução comentada por Ruben Rosenthal do artigo “Pompeo´s falsified history of US-Iran provocations”, do ex-diplomata italiano, Marco Carnelos, publicado no Middle East Eye, em 21 de Junho

    China e Coreia do Norte realizam encontro diplomático histórico

    Presidente da China é recebido por Kim Jong-un no aeroporto. Líder chinês afirma que o mundo espera coreia do Norte e EUA dialogando

    “Não existe a menor dúvida de que a FCPA seja uma arma de política...

    O advogado norte-americano William Burck, sócio do maior escritório dos Estados Unidos de litígios corporativos, esteve em São Paulo na sexta-feira (24/5) para falar em evento organizado pelo Licks Advogados sobre investigações na área da saúde

    Relator especial da ONU explica como multinacionais alimentam a ultradireita

    Multinacionais têm 52% do PIB do mundo, e monopolizam poder econômico, ideológico e político que jamais um imperador ou papa teve na história

    FBI investiga corrupção no Brasil de Johnson & Johnson, Siemens, GE e Philips

    As quatro multinacionais, que juntas têm valor de mercado de quase 600 bilhões de dólares, são investigadas em operações anticorrupção no Brasil

    Fundação dos EUA financiou a virada à direita na América Latina

    As fundações "libertárias" financiadas pelos Estados Unidos que formaram líderes políticos e geraram derrubada de governos, como o de Dilma Rousseff

    Blefe? Promessa de Trump em tornar Brasil membro pleno da Otan esbarra em regimento

    ‘Brasil não tem elegibilidade para ingressar na aliança disse vice-secretária geral do governo americano’, esclarece consultor da Wilson Center

    Justiça dos EUA investiga Venezuela há dois anos e mira em Maduro

    Há uma "fraude massiva e corrupção permeando o governo venezuelano", de até US$ 20 bilhões por ano, com suspeita de que a família de Maduro teria lucrado, apontam americanos

    O desgaste e os ataques de Trump à América Latina

    Se antes, Donald Trump adotava política internacional de desinteresse pela América Latina, agora alimenta conflitos regionais e embates

    Enquanto Bolsonaro quer aproximação, judeus dos EUA se distanciam de Israel

    "As relações entre o governo de Israel e os judeus dos Estados Unidos estão cada vez mais distantes", escreveu Eric Alterman ao Le Monde Diplomatique Brasil

    Bolsonaro confirma escritório comercial em Jerusalém, e transferência de embaixada continua em suspenso

    Benjamin Netanyahu avalia como um primeiro passo para transferência futura da embaixada brasileira. E ainda, governos do Brasil e Israel firmam cinco acordos e um memorando de entendimento.

    Xadrez da contagem regressiva para a queda de Bolsonaro, por Luis Nassif

    Mesmo assim, aceitou-se abrir mão de vantagens objetivas do comércio, das quais nem economias mais potentes, como a China, abrem mão. E tudo porque El Refundador gosta de Coca Cola, hambúrguer e da Disneyworld.

    O ‘Trump dos trópicos’ e a submissão do Brasil à economia e Defesa dos...

    Brasil fiel a serviço dos EUA: desde a liberdade concedida na tecnologia de Defesa e inteligência militar brasileiras, até abdicando de garantias da OMC

    Visita de Bolsonaro aos EUA é simbólica e retórica, pondera analista de relações internacionais

    “A visita não muda a lógica dessa relação bilateral, que inclui a cooperação em algumas áreas, e dificilmente cria um alinhamento constante, porque é uma relação assimétrica: a relação é mais importante para o Brasil do que para os EUA”, explica Oliver Stuenkel.

    Moro fecha acordos com órgãos de investigação dos EUA

    Moro não tinha como objetivo acompanhar o mandatário Jair Bolsonaro na visita a Donald Trump. Ele buscava parcerias

    Mais comentados

    Últimas notícias