Bruno Lima Rocha
Bruno Lima Rocha Beaklini é jornalista formado pela UFRJ, doutor e mestre em ciência política pela UFRGS, professor de relações internacionais. Editor do portal Estratégia & Análise (no ar desde setembro 2005), comentarista de portais nacionais e internacionais, produtor de canal estrangeiro e editor do Radiojornal dos Trabalhadores.
[email protected]

A conjuntura do Brasil contemporâneo, por Bruno Lima Rocha

braslia-dre_batista-flickr_creative_commons.jpg

Do IHU Unisinos

O castelo de cartas do poder brasileiro

A difícil e complexa realidade política e social do Brasil contemporâneo foi o tema do primeiro evento presencial do Instituto Humanitas Unisinos (IIGU) em 2017. O professor e pesquisador Bruno Lima Rocha, proferiu a conferência, A Conjuntura brasileira, limtes e possibilidades, na noite de quinta-feira, 09-03-2017, na sala Ignacio Ellacuría e companheiros. 

Ao tentar identificar os movimentos que dão origem à onda conservadora que, pela primeira desde a redemocratização, perdeu o receio de sair às ruas e dizer seu nome em alto e bom tom, Bruno sustenta que há uma espécie “incorporação da ideologia neoliberal que atravessa o aparelho judicial brasileiro”. Se é verdadeiro que os políticos dos poderes Executivo e Legislativo não gozam de popularidade e, tampouco, são aceitos pela população, juízes e promotores correm por fora e parecem estar acima de quaisquer suspeição.

No fundo, a crença que serve de base a esse messianismo jurídico é sustentada pela ideia de que se pode “limpar” a corrupção nacional “por dentro”. Vale observar que os efeitos deste tipo de pensamento se percebe em outras expressões sociais. “Esses setores estão em ascensão porque dialogam com a opinião pública e publicada”, pondera o conferencista.

Continue lendo aqui

0gif-tarja-busca_avancada.jpg

Bruno Lima Rocha

Bruno Lima Rocha Beaklini é jornalista formado pela UFRJ, doutor e mestre em ciência política pela UFRGS, professor de relações internacionais. Editor do portal Estratégia & Análise (no ar desde setembro 2005), comentarista de portais nacionais e internacionais, produtor de canal estrangeiro e editor do Radiojornal dos Trabalhadores.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador