Embaixada americana pede que cidadãos deixem Iraque

Anúncio foi feito após críticas de autoridades do país a ataque ordenado por Trump a Bagdá

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A embaixada dos Estados Unidos em Bagdá pediu que todos os cidadãos deixem o Iraque imediatamente.

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, comunicado emitido pela entidade solicitou aos cidadãos norte-americanos que sigam o Aviso de Viagem de janeiro de 2020 e se retirem do país imediatamente. A nota ressalta que esses cidadãos devem partir via companhia aérea quando possível, ou sair para outros países via terra.

A orientação foi dada após a reação de autoridades iraquianas ao ataque feito pelos Estados Unidos ao Aeroporto Internacional de Bagdá, que vitimou sete pessoas – entre eles Qassem Soleimani, chefe de uma unidade especial da Guarda Revolucionária do Irã e um dos homens mais poderosos do país, além de ser alguém muito próximo ao aiatolá Ali Khamenei.

No Iraque, o primeiro-ministro interino do país, Adel Abdul Mahdi, condenou o ataque, chamando-o de “agressão” ao país que “desencadearia uma guerra devastadora”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  O afastamento gradativo entre China e Estados Unidos

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome