Infraestrutura deve ser o motor do crescimento econômico

Jornal GGN – Ontem (22), o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, participou de um evento na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), no qual defendeu o foco do governo federal em investimentos de infraestrutura para estimular o crescimento econômico.

Segundo ele, é vantajoso investir nessa área por diversos motivos. Além de atrair investidores estrangeiros, por representar investimentos lucrativos, o setor de infraestrutura resolve gargalos, reduz os custos de transação, melhora a prestação de serviços e reduz o impacto sobre o orçamento de concessões. Ele afirmou que o programa de concessões de infraestrutura deve gerar investimentos de R$ 100 bilhões por ano.

Na ocasião, Holland negou que haja um represamento dos preços administrados pelo governo e citou os aumentos recentes na energia elétrica, correios, lotéricas e produtos farmacêuticos. Afirmou que os preços acumulam alta de 5% nos últimos 12 meses de acordo com o último Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O secretário afirmou ainda acreditar em uma melhora no cenário externo e que, ao atravessar o período de crise com consequências menos graves do que no exterior, o país mostrou que tem uma economia resistente e bons fundamentos.

Ele disse que 70% das desonerações concedidas pelo governo federal nos últimos anos tiveram o objetivo de diminuir os custos de investimento e de produção, e que o país está no caminho para vencer a guerra fiscal entre estados, travada na cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Com informações da Agência Brasil

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora