Temer apresentará 57 privatizações para atrair investidores chineses


Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasi

Da Agência Brasil

Por Yara Aquino 

O presidente Michel Temer embarca amanhã (29) para a China onde fará uma visita de Estado e participa da reunião de cúpula do Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, China, Índia e África do Sul. No país, Temer vai apresentar o conjunto de 57 projetos que serão concedidos à iniciativa privada em busca de atrair investidores chineses.

O presidente também buscará ampliar o comércio com a China, que é atualmente o maior parceiro comercial do Brasil. Temer viaja acompanhado por ministros, governadores e cerca de 10 parlamentares.

No dia 1° de setembro, em Pequim, o presidente fará visita de Estado a convite do presidente Xi Jinping. Ele se reunirá também com o primeiro-ministro Li Keqiang. Com a visita, o governo espera promover a diversificação da pauta de exportação para a China e atrair novos investimentos. Em Pequim, está prevista a assinatura de acordos em áreas como infraestrutura, saúde, cultura e tecnologia.

Temer conclui a visita à capital com a participação no Seminário Empresarial Brasil-China, organizado pela Apex-Brasil, que reunirá líderes empresariais chineses que já investem ou têm interesse em investir no Brasil.

Cúpula do Brics

Após Pequim, Temer segue para Xiamen, no dia 3, onde participará da 9ª Cúpula do Brics. “O presidente Temer identifica no Brics um espaço privilegiado de cooperação econômica, em particular em matéria financeira. Nessa perspectiva, o Brasil renovará seu engajamento nas atividades do Novo Banco de Desenvolvimento”, disse o porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola.

De acordo com Parola, durante a reunião do Brics o presidente Temer vai conversar com representantes do setor privado do Brasil e de outros integrantes do grupo com o objetivo de atrair mais investimentos externos para o país.

Michel Temer deixa a China no dia 5 de setembro e deve checar ao Brasil no dia 6, a tempo de assistir o desfile de 7 de setembro, Dia da Independência, na Esplanada dos Ministérios.

9 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

gy francisco

- 2017-08-29 12:56:13

Porque os BRICS nos abandonaram?

Quando veio o golpe, me chamou a atenção que os BRICS não tenham feito sequer uma reclamação contra o que havia no Brasil.

Não dá pra imaginar que Putin e Xi Jiping fossem inocentes pra não saberem muito bem o que estava havendo com o Brasil.

Na verdade, o próprio Lula disse que anosa trás, fora alertado sobre risco de golpe contr ele por estes países.

Ao ver meu questionamento, minha esposa concluiu: " ora, eles não são contra, pois isto é do interesse deles. O Brasil tem potencial demais, poderia se tornar um adversário."

E agora vejo que chineses, nossos aliados, estão louquinhos pra comprar nossas estatais privatizadas, e fazer negócios com um sabido golpista ladrão que trai o país.

Na Geopolítica mundial, não há amigos, há aliados de ocasião e interesse. E, aliás, esperar boas intenções e que ideologias falem mais alto que enriquecimento de qualquer povo ou governo que seja, principalmente de uma cultura tão repressiva e gananciosa, é ingenuidade.

Geraldo Tavares

- 2017-08-29 09:45:05

Cuidado
Na África subsaariana tem restaurante chinês onde é proibida a entrada de negros...

cariry

- 2017-08-29 08:35:57

vender o brazil

É vergonhoso: o Temer vai à uma reunião do BRICS e, um pouco antes, oferece o que restou das estatais, o que FHC não conseguiu privatizar.

Ironia: o Porta-voz do Temer é o Parola...

C.Poivre

- 2017-08-29 05:40:41

Rússia quita dívida da URSS

Federação Russa quita a última parcela da dívida da URSS:

 

https://dinamicaglobal.wordpress.com/2017/08/28/russia-paga-ultima-parte-da-divida-da-uniao-sovietica/

Edward Chaddad

- 2017-08-29 04:05:40

qual o futuro de nossos cientistas, engenheiros, professores...

Com a privatização, é amplo o desmanche da inteligência brasileira, pois, com certeza, os invasores privatistas estrangeiros irão preferir aqueles que habitam suas terras e toda a gama de nossos profissionais, sejam qual lado for, irão descer o precípio, acabando, milhares deles, no desemprego.

O que fazer?

Nosso povo merece isto?

Penso que milhares de brasileiros foram totalmente iludidos e tiveram a cabeça feita pela mídia brasileira, além é claro da ausência,  desde os primórdios da ditadura militar, da educação crítica, que foi jogada às traças.  Então, a maioria dos brasileiros não perceberam onda as ondas do mar poder vai nos levar.

Seremos totalmente destronados. Aqui nada mandaremos. Ah, muitos que terão de se mudar para outros países, pois, claramente, os mais capacitados serão substituídos por estrangeiros, que irão ser colocados por governos estrangeiros, para resolverem seus problemas e levantarem lucros absurdos, além de adquirir por preços de total desprezo pela nossas riquezas, tal como a Eletrobrás que será adquirida por 20 bilhões, quandoperitos estão a deixar claro que vale aproximadamente 400 bilhões.

Ora, qual é o objetivo disto tudo? Quem ganha com isto? 

Infelizmente, os nossos horizontes é a volta aos rudimentos da primeira república, com o retorno dos coronéis, da oligarquia, com a mídia com seus proprietários conduzindo a opinião pública, com o corporativismo avançado que impeça qualquer revolta ou mudança política  em nosso País, com os militares totalmente afastados da defesa da soberania ( lembro aqui que foi Fiqueiredo quem instituiu a reserva na amazônia, que Temer e cia Ltda querem extinguir, bem piorada, pois seremos, pela perda de nossa soberania, claramente prevista, uma colônia barata e produtora de bens commodities, para exportação, deixando nosso povo no ostracismo, máxime porque a extração será feita por maquinários e não haverá lugar para o trabalho dos brasileiros.

Quando triste. Sou idoso e não posso esperar por muito tempo de vida. E, da maneira que vejo, não conseguirei ver qualquer possibilidade de, a curto prazo, poder presenciar a mudança desta tragédia em nosso País. Levará, se tivermos condições, décadas para reagir e mudar os rumos de nosso Brasil.

 

Serjão

- 2017-08-29 02:06:29

Isso tem mãe?

Como alguém vende o que não é seu?

Chinês gosta de carne de rato, não?

emerson57

- 2017-08-29 00:47:46

pés

Lá na China se eles tivessem esse tipo de problema de traição à pátria (phora treme), resolveriam prontamente e mandariam a conta da bala para a família do elemento pagar.

emerson57

- 2017-08-29 00:43:39

Aviso aos navegantes:

......"Temer apresentará 57 privatizações para atrair investidores chineses"

Desde já alerto aos nobres frequentadores desse espaço democrático que é apenas um caso de homonimia.

Eu não tenho parentesco com esse elemento que o Paulo Henrique Amorim chama em seu blog de "o ladrão presidente".

Um presidente em exercício ser nomeado de LADRÃO em linguagem falada e escrita deve ser caso único no mundo. E parece que a ninguém incomoda nesse Brasil de meo deos. 

O Brasil virou o fim do mundo: https://www.conversaafiada.com.br/propina-do-temer

Temer apresentará 57 privatizações para atrair investidores chineses  

 

JB Costa

- 2017-08-28 23:40:34

Que fique por lá e não ponha

Que fique por lá e não ponha mais os pés por aqui. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador