A relação promíscua entre a indústria do compliance e os procuradores nos EUA, por Luis Nassif

Não se irá entender a articulação de procuradores e juízes punitivistas se não incluir na analise a milionária indústria do compliance

Não se irá entender a articulação de procuradores e juízes punitivistas ao redor do mundo, unidos em torno da bandeira anticorrupção, se não incluir na analise a milionária indústria do compliance – a tecnologia dos modelos de governabilidade destinados a vacinar uma empresa contra a corrupção e que tem nos grandes escritórios de advocacia e empresas de auditoria os maiores beneficiados.

Em quase todos os países, o jogo é padrão. No início, uma campanha sem quartel dos procuradores contra empresas suspeitas, infundindo terror nos empresários direta ou indiretamente ameaçados pelas investigações. Depois, a campanha pela implementação de sistemas de compliance  nas empresas por grandes escritórios  de advocacia, abrindo um mercado de trabalho para os procuradores.

O jogo é esse. Em um primeiro momento, a cooperação internacional – com procuradores sendo alimentados preferencialmente pelo DHS e Departamento de Justiça dos Estados Unidos – confere enorme poder aos ministérios públicos nacionais destruírem sistemas políticos e outras entidades contaminadas pelo financiamento de campanhas.

Depois, abre um expressivo mercado de trabalho na área de compliance.

É significativo o caso Marcelo Miller – o procurador da Lava Jato contratado pela Trench, Rossi, Watanabe, representando um grande escritório americano, depois de ter sido a parte brasileira nas negociações da Embraer nos EUA. E também da filha de Rodrigo Janot, jovem advogada iniciante contratada por um grande escritório de advocacia para atuar em defesa da OAS, em um julgamento por formação de cartel pelo CADE (Conselho Administrativo de Direito Econômico. E os honorários serão tão maiores quanto maior for o terror infundido pelas ações anticorrupção.

Leia também:  Lewandowski: Delação cheia de "conjectura, ilação e presunção" não autoriza recebimento de denúncia

Os Estados Unidos forneceram o modelo. Não é por outro motivo que os maiores beneficiários têm sido grandes escritórios de advocacia e de auditoria norte-americanos (mais à frente, quando o fator Lava Jato se tornar irrelevante, não haverá como o Congresso deixar de abrir uma CPI para analisar os contratos fechados Ellen Gracie com Petrobras e Eletrobras para implantação de sistemas de compliance – consumindo mais recursos do que as suspeitas de propina em cada estatal.

O caso Andre Weisman

Andrew Weismann era o procurador implacável do Departamento Anticorrupção do Departamento de Justiça, responsável pela apuração de propinas políticas. Deu início às grandes ações contra empresas brasileiras. Firmou fama de implacável, recorrendo a métodos abusivos que levaram um senador ao suicídio.

Sua atuação mereceu dois livros completos, narrando todos os abusos que cometia usando as prerrogativas de procurador.

Depois, se afastou para tocar o caso do Russiangate – as suspeitas de interferência russa na eleição de Donald Trump – e seu lugar foi ocupado por Sandra Moser. Sandra supervisionou os processos e acordos com a Petrobras, Odebrecht e Brasken. Em setembro de 2018, assinou, pelo DoJ, o escandaloso class action da Petrobras – pelo qual a empresa se comprometeu a pagar US$ 3 bilhões em indenizações para acionistas que entraram com ações contra a empresa.

Sobre esse tema, voltaremos mais vezes, especialmente para apontar os pontos centrais do maior saque ocorrido contra a Petrobras, maior que todas as propinas recebidas pelas empreiteiras, e praticado por quem deveria defendê-la.

Leia também:  Marcelo Odebrecht visita sede da empresa após sair da prisão domiciliar

Dois meses depois, Sandra deixou o Departamento de Justiça e foi trabalhar no escritório Quinn Emanuel, para cuidar justamente da conta da Odebrecht.

Aqui, sua assinatura no  acordo firmado com o Departamento de Justiça.

E aqui, o escritório de advocacia vendendo seus serviços.

“ A prática da Sra. Moser se concentra na representação de empresas, conselhos de administração e altos executivos em investigações, assuntos delicados, crises corporativas, litígios e outras disputas envolvendo os governos federal e estadual dos Estados Unidos (incluindo o Departamento de Justiça, a Securities and  Exchange Commission (SEC), a Commodity Futures Trading Commission (CFTC), Procuradorias Distritais, Procuradores-Gerais do Estado, outras agências de aplicação da lei e reguladoras, e o Congresso dos Estados Unidos), bem como agências de aplicação internacional.  Especialista em questões transfronteiriças, Moser foi nomeada como uma das “100 mulheres em investigações” do mundo em 2018 pela Global Investigations Review”.

No alto da página, uma de suas especialidades é o Brasil.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

34 comentários

  1. “Se a vida começa aos 40, por que fazem a gente começar com tanta antecedência?” (Mafalda, personagem do Quino). [por que não é mais possível inserir imagem nos comentários?]

    Porque hoje, 28 de abril de 2019, é meu niver de 03 aninhos, eu mereço Música!
    Uma para cada ano vivido e um bis para o ano novo solar que se inicia, rumo ao ano 4.

    A Deus, obrigada.
    Aos artistas que com seu trabalho escrevem sem saber nossa autobiografia com(o) trilha sonora, um exercício de sublimação e reciprocidade amorosa.
    E ao melhor presente dos últimos difíceis anos, voltar a ver e ouvir o/a melhor presidente, líder, inspiração e retrato do povo deste país, nosso Lula. Vê-lo e ouvi-lo é um bálsamo, uma alegria, ressurreição de nossa esperança e um puxão de orelha para não desertarmos de nosso dever conosco como indivíduos e como cidadã/os deste país tão maltratado mais ainda lindo. Reverência e gratidão sempre, Presidente Lula Brasileiro da Silva, nosso amor.

    Chico Buarque
    1 – Almanaque
    https://www.youtube.com/watch?v=2OpusaVz4Zw
    2 – Caravanas
    https://www.youtube.com/watch?v=6TtjniGQqAc
    Gilberto Gil
    3 – Não chore mais
    https://www.youtube.com/watch?v=eLdvgH3zxwc
    4 – Átimo em pó
    https://www.youtube.com/watch?v=oREsczpIYYk
    Caetano Veloso
    5 – Estrangeiro
    https://www.youtube.com/watch?v=faPc0Uxa3F4
    6 – O quereres
    https://www.youtube.com/watch?v=BJAkeUvCL1s
    Elis Regina
    7 – Casa no campo
    https://www.youtube.com/watch?v=1edqNf1AYBE
    8 – Gracias a la vida (Violeta Parra)
    https://www.youtube.com/watch?v=QhZYeWATfhg (gravação original)
    https://www.youtube.com/watch?v=dSaWZwS_DgE (apresentação)
    9 – Velha roupa colorida (Belchior)
    https://www.youtube.com/watch?v=Dv6IkNTfOro
    Joyce Moreno
    10 – Clareana
    https://www.youtube.com/watch?v=AyTQ5sE3wi0
    11 – Feminina
    https://www.youtube.com/watch?v=lP_hm4sNa1o
    12 – A velha maluca (porque não sou velha, sou vintage, rs)
    https://www.youtube.com/watch?v=aBkDBdmXkGM
    Dulce Quental (1) / Frejat e Moska (2)
    O poeta está vivo (para Cazuza)
    13.1 – https://www.youtube.com/watch?v=Cfc_E729ja8
    13.2 – https://www.youtube.com/watch?v=HjEbGgQNkGI
    Marina Lima
    14 – Preciso dizer que te amo (Cazuza e Bebel Gilberto)
    https://www.youtube.com/watch?v=FBSynUFct98 (apresentação)
    https://www.youtube.com/watch?v=RE84naycd0w (gravação original)
    Cassia Eller
    15 – Malandragem (Cazuza e Frejat)
    https://www.youtube.com/watch?v=EOj0Tzo6C7Y
    Paralamas do Sucesso
    16 – Cuide bem do seu amor
    https://www.youtube.com/watch?v=C1Wz7vTWUBQ
    17 – Lanterna dos afogados
    https://www.youtube.com/watch?v=YOQG8GMXONo
    Maria Bethania
    18– Brincar de viver (Guilherme Arantes/John Lucien)
    https://vimeo.com/60390221
    Zelia Duncan
    19 – O que mereço
    https://www.youtube.com/watch?v=2VW-TgdY67U )
    Gonzaguinha
    20 – O que é, o que é
    https://www.youtube.com/watch?v=4-N5P2geaO4
    https://www.youtube.com/watch?v=9UAhd-SHwgI
    Adriana Calcanhotto
    21 – Inverno
    https://www.youtube.com/watch?v=JpZH7SmEboc
    22 – Esquadros
    https://www.youtube.com/watch?v=leL7KSkm97M
    Legião Urbana
    23 – Metal contra as nuvens
    https://www.youtube.com/watch?v=IDTs12pcvOM
    24 – Há tempos
    https://www.youtube.com/watch?v=8z-fxcdHmDE
    Foo Fighters
    25 – Best of you
    https://www.youtube.com/watch?v=h_L4Rixya64
    The Wallflowers (representando a família Bob Dylan, seu filho Jakob, os olhos azuis mais lindos, depois dos meus gatos…)
    26 – One headlight
    https://www.youtube.com/watch?v=Zzyfcys1aLM
    Keane
    27 – Everybody’s changing
    https://www.youtube.com/watch?v=Zx4Hjq6KwO0
    28 – Somewhere only we know
    https://www.youtube.com/watch?v=Oextk-If8HQ
    29 – Won’t be broken
    https://www.youtube.com/watch?v=HhCgIVQqUGg
    Bjork (Tudo! Aqui apenas duas gotas de sua realeza)
    30 – Travessia (Milton Nascimento)
    https://www.youtube.com/watch?v=_8TB86rxCJI
    31 – It’s oh so quiet
    https://www.youtube.com/watch?v=TEC4nZ-yga8
    Red Hot Chilli Peppers
    32 – Aeroplane
    https://www.youtube.com/watch?v=vV8IAOojoAA
    33 – Scar tissue
    https://www.youtube.com/watch?v=zC5H55mmME0 (show)
    https://www.youtube.com/watch?v=mzJj5-lubeM (clipe)
    34 – Under the bridge
    https://www.youtube.com/watch?v=GLvohMXgcBo
    35 – My friends
    https://www.youtube.com/watch?v=0kT5w27YxyI
    U2
    36 – One
    https://www.youtube.com/watch?v=b674PqPDfNA (na interpretação de Joe Cocker)
    https://www.youtube.com/watch?v=ftjEcrrf7r0 (original, com o U2)
    37 – I still haven’t found what I’m looking for
    https://www.youtube.com/watch?v=e3-5YC_oHjE
    Banda do Mar
    38 – Mais ninguém (part. de Fezinho Patatyy, do passinho do Romano, minha quebrada mais inteira)
    https://www.youtube.com/watch?v=61jSSF3Vu54
    Malu Magalhães
    39 – Você não presta
    https://www.youtube.com/watch?v=hrh6zd5c0OY
    Céu
    40 – Rainha
    https://www.youtube.com/watch?v=l1l_FFfAf4s
    Midnight Oil
    41 – Beds are burning
    https://www.youtube.com/watch?v=ejorQVy3m8E
    Flavio Renegado
    42 – Sei quem tá comigo
    https://www.youtube.com/watch?v=gqCqbw4LjT4
    Dani Black
    43 – Oração
    https://www.youtube.com/watch?v=VLiHvyxFdQw
    R.E.M (part. Kate dos B52’s que aniversaria um dia ante de mim, fashion…)
    44 – Shiny happy people
    https://www.youtube.com/watch?v=YYOKMUTTDdA

    Sampa/SP, 28/04/2019 – 02:28

  2. É a sofisticação do melicianismo. Através de difundir o terror, tomam conta do estado, empresas e pessoas. Vai ser uma organização criminosa que um powerpoint não será suficiente para explicá-la

  3. Por falar em “corrupção”(a palavra mágica), esse eterno tema político, que agora está ajudando a turbinar ainda mais as já alavancadas carreiras da alta burocracia improdutiva e parasitária do Estado, valeria destacar que na entrevista do Lula apareceu uma questão, levantada pelo Florestan Fernandes, que trazia ilações sobre uma suposta manipulação do BNDES, nos
    Governos Lula, para financiamento de investimentos em toda a América do Sul, com a finalidade de formação de montanhas de dinheiro de caixa 2 para financiamento de campanhas de políticos “amigos do PT”. Tanto o Lula quanto Mantega, ou Dilma Roussef e tantos outros do PT já se depararam com essa interpretação distorcida, por ignorância ou má fé, das atividades e finalidades do BNDES. Tais operações de financiamento do BNDES, objeto da crítica, guardam perfeita relação de similaridade com aquelas praticadas por países desenvolvidos, com uma diferença. Nesses países tais operações são consideradas legítimas, e recebem até uma denominação elegante. Tratam-se de operações inseridas num contexto de política de SOFT POWER. As mesmas operações realizadas durante os governos do PT são tratadas pelos noticiários da GLOBO como formas de incentivo para a CORRUPÇÃO de agentes públicos. Interpretação equivocada que é, evidentemente, prontamente abraçada pelos seus comparsas da Farsa a Jato.
    O Lula evidentemente estranhou tal ilação e quis saber em que se fundamentava. Foi informado pelo Florestan Fernandes que sua pergunta se referia a um texto publicado, por uma entidade que se identifica sob a denominação de TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL que, portanto, seria uma entidade supostamente insuspeita, imparcial e idônea. Referido texto estava fundamentado em estudos e levantamentos desenvolvidos pela própria entidade.
    Uma rápida pesquisa revela que referida entidade se apresenta como uma ONG que atua em vários países com o objetivo declarado de:

    “…ajudar a sociedade e as instituições a exercerem seu papel na luta contra a força destrutiva da corrupção…”.

    Oooopa! Aí está novamente a bandeira mágica, a CORRUPÇÃO!!
    O mesmo tema declarado como bandeira de luta no site do Partido Político do MPF.
    A mesma bandeira utilizada para blindar as ações delitivas praticadas pela associação criminosa formada pela parceria do Sejumoro com o esquema de lavagem de dinheiro público e sonegações impostos das organizações GLOBO e que também serve de temática para as palestras caça níqueis do Deltan Dallagnol, Fernando dos Santos Lima e demais seus comparsas da trupe de concurseiros da Farsa a Jato.

    (A propósito, quem seria, afinal, o DD?)

    E que também serve, o mesmo tema mágico, como subterfúgio para as estratégias do DOJ, utilizadas para cooptação desses concurseiros, que passaram a ser agentes, a serviço do Deep State norte americano que, por sua vez, comanda e controla o governo daquela que foi, um dia, uma grande nação que se chamava Estados Unidos da América.
    Não por acaso, o BNDES, junto com Petrobras, Eletrobras, grandes conglomerados de produção, desenvolvimento e projeção internacional da engenharia nacional e grandes produtores e exportadores de proteína animal foram selecionados e eleitos como alvos prioritários, atacados e destruídos pela Farsa a Jato.
    Todas essas evidências de toda essa articulação gigante de interesses internacionais, que vão se desvelando, podem ajudar a entender porque o, então, PGR, Rodrigo Janot, tentou defender-se das duras críticas que lhe fazia o seu, então, amigo, Eugênio Aragão, dizendo que a Farsa a Jato era “MUITO MAIOR” do que eles dois juntos.

    https://marceloauler.com.br/de-eugenio-aragao-a-rodrigo-janot-amigo-nao-trai-amigo-e-critico-sem-machucar-amigoe-solidario/?fbclid=IwAR3NX9MMzVs-mHlwgtZ9FC5E8LfZiz4jLHblfkhpO169U03G8c6WAq4p3Gk

    Ou seja, teria pretendido defender-se, o traidor da pátria Rodrigo Janot, explicando que se vendera aos interesses do Deep State norte americano porque não poderia se contrapor a um poder “MUITO MAIOR” que puxava os cordões por detrás do pano, no palco em que se desenrolava a trama criminosa chamada FARSA A JATO.

  4. Que coisa linda Nassif, com esses comentários sobre a compliance, vc vai ganhar o troféu do maior gaiato do Brasil,Esse troféu,hoje,está com o PHA.Que conversa mole, vcs petistas,criaram não um partido,mas uma ordem,é estamos conversados.Bando de picaretas.Vade retro.

    • Fernando. Por falar em picaretas. A grande picaretagem é o que o Nassif explica muito bem que está por detrás dessa jogada do “compliance”. Mas é compreensível que alguns não consigam enxergá-la porque se distraem e se contentam em distrair-se com o que observam só no primeiro plano. O William Bonner qualifica essa atitude como um comportamento padrão da média dos telespectadores do Jornal Nacional da Globo. Que ele chama de padrão Homer Simpson.

    • Desde quando Luís Nassif é petista? Deixa de ser obtuso e de falar mentira. O procurador boquinha foi o primeiro a correr para a máfia da compliance, aquele mesmo do rolo do Banestado. É por causa de gente como você que os EUA fazem a farra aqui e devem sorrir muito da burrice local. Com uns trocadinhos eles resolvem problemas que custariam uma guerra em outros lugares.

    • Em vez de apelar para o deboche vazio e inconsistente, vossa sapiência gostaria de desmontar ponto a ponto aquilo que julgou inadequado no comentário? Sim, é um desafio.

  5. É a propina invertida.
    Encheu os olhos de quem deveria combatê -la e,….por que, não trazer para nós está grana de forma legalizada.

  6. Olá Nassif, ótimo domingo! Obrigado por desenvolver este trabalho de grande relevância para todos os brasileiros, como eu, que precisam entender com mais profundidade as razões (sórdidas) por trás de fatos superficiais que são apresentados na mídia tradicional. No final, o interesse financeiro sempre preponderância, principalmente quando os americanos estão no meio. Muita força pra você. Continue firme. Estamos juntos. Parabéns pelo trabalho.

  7. Talvez o nome correto não seja “indústria do compliance”, mas sim esquema de extorsão. Não é assim que a máfia atua: mete o terror e depois vende proteção?

    • Eu concordo e comentei algo assim, caro Henrique, mas a turma do GGN acho que não quis publicar. Aliás talvez não queira publicar essa resposta, também…

  8. Nos país dos falcões do norte,o que aqui é chamado de corrupção,lá é encarado com Lobby,totalmente legalizado e escancarado como doações para políticos e suas campanhas. O mesmo modelo que eles acham desmoralizante nos outros países é a joia da coroa na polítca falcoeira.
    Este país que está por trás de 1005 dos golpes de estado e práticas corruptas no mundo não tem interesse nenhum em ajudar ninguém e,como bem lembrou o presidente Lula,eles se preocupam com eles em primeiro lugar,em segundo,em terceiro,em quarto,em quinto e,se ainda sobrar tempo,se preocupam com eles novamente.
    O Brasil tem que sair dessa enrascada criada por essa gente.A corrupção vinha sendo reduzida drasticamente e os mecanismos de controle melhorados. Não podemos ser a soleira da porta de outros países. Nossos problemas terão de ser resolvido aqui mesmo.por nossa gente e para nossa gente.

  9. Isso é a institucionalização do velho esquema de achaque por fiscais da Receita, do Trabalho, da Fazenda. Precisa ser ingênuo para acreditar que os empresários vão deixar de praticar crimes fiscais porque pagaram a taxa de proteção a esses procuradores. Pelo contrário, aí é que se sentem mais protegidos pelo selo de “compliance” que compraram.

    Aliás a “moda” é a corrupção institucionalizada: desviar o estado de sua vocação democrática para atendimento ao desejo de lucro fácil pela iniciativa privada. Que o diga corruptos como Dória, por exemplo, que se não pratica o peculato propriamente dito, corrompe muito mais profundamente o estado quando privatiza e até quando promove PPPs. E como faz com todos os produtos, a iniciativa privada começa pondo os preços lá embaixo. E o jornal anuncia que, sob administração privada, o serviço público ficou mais barato. E para justificar a demissão de funcionários públicos, diz que a empresa agora é mais eficiente. Só que em pouco tempo o padrão dos serviços cai e o preço sobe. E aí quem consegue arrancar os privatistas que fixaram suas raízes no estado? Que mandam até nas agências reguladoras? Quem consegue arrancar o mato e a erva daninha que se espalhou no que foi um lindo gramado sem estragar a grama?

  10. Olhem a astúcia, dessa quadrilha internacional de nome importado “compliane”. São criminosos gananciosos, homens públicos e privados associados , preocupados com a corrupção. Corrupção dos outros, não a da máfia que representam. A farsa a jato que destruiu a economia nacional acasalada com o faminto DOJ dos gringos, gerou o governo Bozo, do qual sejumoro é padrinho de nascimento.

  11. No Brasil esse tipo de prática já existia, mas atingia apenas os Municípios.
    Procuradores dos Tribunais de Contas são sócios ocultos de escritórios de advocacia que prestam “serviços especializados” nos Tribunais de Contas.
    Quando detectam algum equívoco nas contas apresentadas pelo Munícipio X, o procurador responsável pelo caso e interessado/interesseiro aciona a engrenagem. A aprovação das contas fica condicionada à atuação do escritório Y e isso irá garantir uma bolada tanto renda para os advogados quanto para os procuradores.
    O medo dos políticos de se tornarem inelegíveis e/ou serem responsabilizados pessoalmente pelos danos decorrentes dos problema oriundos de Contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas fornece o necessário incentivo.
    A estratégia que você narrou na esfera privada parece mais sofisticada, mas na verdade ela é semelhante. A única diferença é que no caso dos Procuradores dos Tribunais de Contas as montanhas de dinheiro são bem mais modestas.
    Eu me afastei de uma amiga de movimento estudantil que se tornou Procuradora de um Tribunal de Contas quando ela revelou que estava entrando neste jogo. Fkiz objeções sobre a legalidade da “nova forma de atuação” dela, mas ela sorriu e deu de ombros dizendo que todo mundo fazia isso e que nenhuma ilegalidade seria cometida se as aparências fossem mantidas. As palavras dela me convenceram de que o “lado escuro da farsa jurídica” já havia capturado a consciência e o bolso dela. Desde então não nos falamos mais.

  12. O poder de justiça acaba sendo uma extensão do poder econômico. Nesse contexto, torna-se quase impossível acreditar que o poder judiciário defenderá o povo ou a soberania nacional. Nosso país é cada vez mais um satélite dos EUA, cujo Estado é dominado pela máquina de guerra e pelas corporações. Nossa única saída para uma verdadeira independência está nas mãos das forças armadas, as quais, infelizmente, também estão atreladas ao poder econômico e ao domínio dos EUA.

  13. Sim todos perdem políticos, empresas e cidadãos comuns penso q o Brasil é o pêndulo do mundo ,atualmente para q o mundo fique em equilíbrio este país deve ter equilíbrio por isso é muito nocivo a subserviência destrutiva do Brasil aos EUA,lá fora brasileiro não tá valendo nada só chacota,nossas Instituições deveriam assumir suas responsabilidades perante o planeta com coragem,nada de pensar pequeno só na suas categorias é um pé nos EUA(infelizmente não dá pra romper)e outro nos países diversos,assim manteríamos o respeito,nada de rompimento/cisão/brigas entre nós pq é isto q os países adversários de um BRASIL FORTE querem, separar pra conquistar,olhem,nesta face atual do Brasil até os responsáveis brasileiros pela subserviência aos estrangeiros serão punidos pq estrangeiros defendem os seus interesses e pouco se lixam para outras nações fracas,os militares brasileiros correm sérios riscos!!!

  14. Voltando a falar de “compliance”, ou melhor dizendo, de transparência. Mais especificamente, de uma entidade que se apresenta como especialista nessa matéria. A tal da entidade que se denomina:
    “TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL”.
    Essa tal de TI ganhou grande visibilidade quando uma publicação de sua autoria foi considerada relevante e confiável por um jornalista experiente e respeitado como Florestan Fernandes, a ponto de merecer a sua citação como fonte de referência a uma pergunta dirigida ao eterno Presidente Lula, na entrevista histórica que ele concedeu a esse jornalista do El Pais e à Mônica Bergamo da Folha na última sexta feira.
    Estranhamente, porque a questão levantada sobre financiamentos do BNDES aparentemente padecia de melhores fundamentação e consistência e, ademais, porque o questionamento apresentado já foi objeto de exaustivas análises e esclarecimentos por parte de autoridades do Governo Lula e o próprio ex-Presidente já prestou centenas de vezes esclarecimentos sobre o mesmo tema em depoimentos prestados aos inquisidores mercenários da Farsa a Jato.
    Mas esta é uma questão que já foi devidamente tratada e esclarecida.
    Agora resta saber se a tal de TRANSPARÊNCIA INTERNACIONAL é realmente internacional e transparente. Para isso deveria bastar fazer uma visita ao site da entidade e consultar a fonte daquela matéria inconsistente. Porém, abrindo a página do site encontram-se um link
    PARTICIPE
    que leva a uma outra página CADASTRE-SE.
    Outro link em destaque na Home Page do site é
    DOE (Faça uma doação)
    Em uma observação mais detalhada da página principal não é possível encontrar um botão
    FALE CONOSCO
    que deveria estar presente num site de uma entidade que diz tratar de TRANSPARÊNCIA.
    Voltando à pesquisa em sites de busca com o nome da entidade poderiam ser encontrados endereços de redes sociais que permitissem ao visitante esclarecer as suas dúvidas sobre a tal matéria.
    NADA!
    O que a busca traz, outrossim, é uma série de publicações que se prestam a levantar a bola para outras entidades baterem. Quem bate nas bolas levantadas são entidades como:
    INSTITULO MILLENIUM
    GLOBO
    REPÚBLICA DE CURITIBA
    ANTAGONISTA
    METRÓPOLES
    RENOVAMIDIA
    OSUL
    24HORASNEWS
    e outros desse nipe.
    Então, não foi possível checar dessa vez se a TRANSPARÊNCIA é transparente.
    A opção para esclarecer essa dúvida pode ser perguntar ao Florestan Fernandes já que ele emprestou a sua credibilidade a essa entidade tão discreta.

    • parabéns pelo trabalho…
      permita-me acrescentar apenas que a internet está repleta do que passei a considerar como sendo mediadores do nada…………………em tempos outros, eram chamados de repetidores do que se quer que aconteça e do que é preciso para poder ser usado contra alguém

      acho que você descobriu a inteligência tática deles, os meios mentais para qualquer tipo de golpe baixo

      o objetivo principal de qualquer golpe baixo, como este que foi aplicado no Lula, foi tentar convencê-lo de que é impotente. Será muito usado nas análises dos outros processos que tem contra ele

  15. disse tudo…
    quando tribunais e departamentos de justiça internacionais se unem da forma que foi colocada no post, pode ter certeza que a união é para dificultar ou impedir que cada país resolva a sua vergonha nacional com uso da Justiça local. Se cada um resolver internamente, eles não enriquecem

    ordens do deus mercado:
    em tempos de dificuldades, um quase colapso dos mercados globais, o mais lucrativo é acabar de vez com a arte de bem governar condenando-a à prisão perpétua mesmo que sem o uso de provas concretas

    • Perfeito. Mais uma artimanha do império ladrão, useiro e vezeiro em golpes de toda ordem para roubar nações soberanas. Os traidores locais que colaboram com essa prática deveriam ser enforcados em praça pública.

  16. Ou seja, cria-se uma “indústria anticorrupção” que custa mais aos contribuintes do que a própria corrupção, empregando o aparato jurídico do Estado sustentado a alto preço por todos nós. E ainda, garantindo ricos empregos a procuradores e juízes aposentados, e seus emparentados e amigos advogados. É o modelo sutil de corrupção do lawfare. O “lawfarerruption”… Mais um modelo miliciano, que expressa a relação espúria entre o público e o privado, e o uso do aparato estatal em benefício da corporação juridico-emoresarial.

  17. Escandaloso foi a lava jato tramar o recebimento de propina usando dinheiro pago pela petrobrás em processo que eles mesmos patrocinaram nos EUA para destruir a empresa.
    Destruíram a indústria de petróleo do Brasil e ainda tentaram maquiar o recebimento de R$ 2,5 bilhões de propina como dinheiro para ser usado no combate do crime organizado.
    É muita cara de pau.
    Sou pelo fuzilamento de todos lavajateiros.

  18. Contra a mafia judiciaria…
    Democracia absoluta
    Todo caos que vemos na politica, nacional e mundial, é por que tem pouca participação popular. Precisamos de uma reforma politica. O poder é corruptivo, quanto maior o poder maior a corrupção. Por isso que a politica tem que ter um controle maior do povo.
    Legislativo
    A primeira mudança seria no legislativo em seus vários níveis, onde os seus integrantes não seriam mais eleitos e sim sorteados entre os eleitores. Poderíamos começar com 50% do legislativo sendo nomeado desta maneira. A cada 2 anos haveria um novo sorteio para renovação do legislativo.
    Acredito que assim poderia aumentar o interesse do povo pela política.
    Por sorteio, este grupo de parlamentares seria bem heterogêneo, bem representativo da população brasileira.
    Com certeza, 50% destes parlamentares seriam de mulheres.
    Executivo
    Poderíamos eliminar as coligações partidárias. Cada partido apresentaria seu próprio candidato a Presidente, governador, prefeito e seus vices.
    50% do legislativo, o 50% não sorteado, seria eleito proporcionalmente aos votos dados aos candidatos do executivo.
    Para dar mais controle do executivo pelo povo, a cada dois anos haveria um plebiscito para confirmar ou não a permanência do mandatário no cargo. Caso o “não” vencesse seria feita uma nova eleição para aquele cargo.

  19. Lemos suas matérias sempre.Das melhores,c um escrutínio certeiro e pontual.Família é sua fã faz um bom tempo!Gde abraço,êxito!

  20. último parágrafo do artigo sobre compliance, no wikipedia….

    Exemplo histórico de Inteligência de Conformidade era o “Informi Rosso” (Relatório Vermelho) da Santa Aliança, o serviço secreto da Igreja Católica no século XVI. Era um sistema simples de coleta de informações da rede de espiões que depositavam pergaminhos em um vaso de bronze com denúncias de heresia e ameaças do protestantismo inglês em expansão[1].
    qual o equivalente hoje em dia do poder
    da igreja nessa época?
    os bancos, em função do empoderamento
    dos financeirizadores da economia?
    QUE MÁFIA EMPODERA TUDO?
    GUTENBERG CRIOU UM NOVO MUNDO ATÉ
    POUCO TEMPO ATRÁS…
    DEMOROU ESSE TEMPÃO PRA INTERNET MUDAR TUDO…
    ATÉ QUANDO –
    MAIS QUINHeNTOS ANOS?

  21. O quê explica as empresas estarem dispostas a pagarem uma fortuna para esses profissionais? Seria uma garantia de não terem nunca mais problemas judiciais, ou caso os tenha, seria certeza de vencerem em qq causa, ou apenas uma falsa ideia de que estariam protegidas?
    Talvez nao seja culpa das empresas, mas do próprio Estado que permite esse comportamento dos ex colaboradores. Essas pessoas não deveriam poder, por lei, já que ética não têm, atuar em casos privados relacionados aos que atuaram enquanto ocupantes de cargos públicos. Aliás, isso ja deveria ser um compromisso no ingresso ao cargo publico.🤷🏾‍♀️🤷🏾‍♀️No Brasil, a sociedade é muito ingênua: Paga muito a esses profissionais, capacita-os sem qq custo para eles, muitas vezes cursaram universidades públicas, tem inúmeros privilégios….quando aposentados trabalham contra o mesmo erário que os remunerou e paga suas aposentadorias🤷🏾‍♀️🤷🏾‍♀️🤷🏾‍♀️🤷🏾‍♀️🤷🏾‍♀️

  22. Nossaaa, chocadaaaa! Que mêda dessa gente! Deus te proteja Luis Nassif e obrigada por nos mostrar, nos colocar à par dessa nojeira toda que dá até arrepios! Cruz Credo!

  23. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome