Aécio é investigado por propinas na Cidade Administrativa de Minas, diz jornal

 
Jornal GGN – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) entrou para nova mira da Operação Lava Jato. Investigadores estão prestes a abrir inquérito sobre recebimento de 3% de propina a tucanos por obras da Cidade Administrativa, em Minas Gerais, enquanto o senador governava o Estado, entre 2003 e 2010.
 
A informação é de Severino Motta, que apurou junto a procuradores da República um esquema comandado pelo PSDB, que ajudou a financiar campanhas eleitorais de Aécio, delatado pelas empreiteiras Odebrecht, OAS e Andrade Gutierrez.
 
Marcelo Odebrecht e Léo Pinheiro teriam narrado aos investigadores repasses a Oswaldo Borges da Costa Filho, conhecido como Oswaldinho, para obras da Cidade Administrativa em Minas, que tinha um orçamento inicial de R$ 500 milhões, mas movimentou mais de R$ 2 bilhões.
 
Léo Pinheiro, da OAS, já havia acusado o esquema de propinas nas obras da Cidade, em tentativa de acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR). Entretanto, Janot suspendeu a colaboração, após o vazamento de trechos das denúncias.
 
Não é a primeira investigação contra Aécio na Lava Jato. O senador também está na mira de apuração envolvendo a lista de Furnas e o chamado mensalão tucano, quando o PSDB teria atuado para maquiar dados da CPI dos Correios, para evitar que o Banco Rural revelasse informações do esquema.
 
Ao Buzzfeed, Aécio Neves e o PSDB de Minas negaram qualquer irregularidade ou esquema de corrupção. “O PSDB MG desconhece a suposta decisão da PGR e rechaça as também supostas acusações em relação ao senador Aécio Neves. O partido informa que os valores citados estão equivocados. Nunca houve um orçamento no valor de R$ 500 milhões. Tal cifra surgiu apenas como estimativa, sem estar amparada em projeto ou orçamento, quando da primeira ideia de construção de outro projeto em outro local. Informa também que o valor licitado da obra foi de R$ 949.371.880,50”, disse em nota.
 
“O PSDB MG contesta insinuação de irregularidade e informa que o edital da licitação foi previamente apresentado ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas e todos os procedimentos foram acompanhados e auditados por empresa externa ao Estado contratada via licitação. Informamos ainda que o senhor Oswaldo Da Costa nunca teve atuação informal nas campanhas do PSDB com as quais colaborou, tendo sempre atuação formal e conhecida na arrecadação de recursos nas campanhas do PSDB”, respondeu o partido.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Lula recebe as mensagens hackeadas de Moro e Dallagnol

20 comentários

  1. “Não é a primeira

    “Não é a primeira investigação contra Aécio na Lava Jato.”

    Não é a primeira, mas a sensação é sempre que se trata da primeira.

    A velha mídia, procuradores, policiais e juizes são tão discretos quando se trata desse senhor que as acusções e inquéritos passam quase desapercebidos.

    Minha intuição diz que se forem fundo nas investigações sobre Aécio, vão descobrir a versão mineira (ou carioca/mineira) do Sérgio Cabral. Os dois têm perfis muito parecidos,inclusive, já foram até parentes. Cabral foi casado com uma prima de Neves. Segundo as últimas investigações, a ex-esposa recebia do ex-governador uma generosa contribuição mensal.

    A questão é se vão fundo nas investigações sobre o bon vivant mineiro/carioca. Janot, por exemplo está quase virando cidadão suiço, mas não se dá ao trabalho de dar um pulinho em Liechtenstein.

    Enquanto isso, Aécio Neves fica relaxando com amigos na piscina do Fasano com vista para o mar de Ipanema, aliás, mesma localidade de seu luxuoso apê. São poucos os que conseguem viver na região a beira mar com o IPTU mais caro da cidade.

  2. Isso é um trabalho para o Super Ministro: Vái Gilmar Mendes!!!

    A auto homenagem da família Neves não poderia ser símbolo maior da roubalheira abafada pela mídia que chegou a propagandear na época que o dinheiro viria da iniciativa privada e que na realidade a cidade adnministrativa traria uma enorme economia para o Estado em aluguéis de imóveis…

    O tempo mostrou que tudo era papo furado… esse elefante branco é uma piada pronta… parece aquelas torres de Dubai construída em meio a crise e pobreza… se fosse Lula já teriam demolido…

    O desmanche do Estado não vai alcançar a família do faraó mineiro.

  3. Esperemos sentados, que de pé vai cansar.

    Lá pelo ano de 2058 o janota, na trigésima reeleição, vai abrir o inquerito para poder dizer que o crime está prescrito e, então, mandar arquivar.

  4. Aécio é investigado por propinas na Cidade Administativa

    Será que ainda tem alguém neste mundo que acredita no P$DB de MG?

  5. Propina em Furnas, na Cidade

    Propina em Furnas, na Cidade ADM., dinheiro do estado para propaganda em sua rádio, contas da famiglia em Linchstein, mortes de policial que denunciava, da modelo que servia de intermediária em pagamentos de propina, aeroporto com dinheiro público em fazenda da família, bate em mulher, dirige bêbado e recusa fazer bafômetro, denúncia de propinas em campanhas, mensalão mineiro, overdose de cocaína, ameaças a jornalistas. Golpista Mor mas amigão do janot  e do moro. 

    Aí prendem o José Dircei e o Genoíno e deixam esse bandido solto.

  6. A reportagem ja te fode a

    A reportagem ja te fode a cabeca desde a primeira sentenca:

    “O senador Aécio Neves (PSDB-MG) entrou para nova mira da Operação Lava Jato.”:

    A do juiz amiguinho de Aecio?

  7. Conversa pra boi dormir

    esse meliante  é do PSDB, portanto Ele tem a certeza da impunidade. No fundo estão buscando uma justificativa para condenar o Lula, Simples assim.

  8. Será????? Vão é limpar a

    Será????? Vão é limpar a ficha dele. Um moço amigo do juiz Moro de Curitiba não deve ter defeito porque diz-me com que andas e eu te direi quem és. Ops, pó pará.

  9. A justiça mororista está tão

    A justiça mororista está tão desmoralizada aqui neste conceituado blog, que desde as 17:30 consta apenas um comentário sobre esta “investigação” .

  10. O carne, e o Newton que
    O carne, e o Newton que conhecem os esquemas de corrupção de Aecio e do psdb e por denunciaram foram presos pelos capangas e comparsas de Aecio na mídia e no judiciário, tem muito a delatar.
    Porque não fazer o serviço direito e investigam a filha bilionária de José Serra, a sociedade dela com a filha de Daniel dantas, porque não pedir a prisão do banqueiro Daniel Dantas para que ele delate os esquemas bilionários de corrupção do PSDB que estão passando impunes? É hora de investigar a família Marinho também faria um bem enorme ver esta corja na cadeia devolvendo tudo que sonegou e roubou do dinheiro público do povo via BNDES , bancos públicos, empreiteiras pegas na lava jato que lavavam propina em campanhas publicitárias na Globo e na mídia.
    Vamos lá!

  11. Será que preciso comentar,

    Léo Pinheiro, da OAS, já havia acusado o esquema de propinas nas obras da Cidade, em tentativa de acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR).

    Entretanto, Janot suspendeu a colaboração, após o vazamento de trechos das denúncias.

    • será….

      Investigado? Cadê o delegado contando os 60 dias para colocá-lo na prisão? Se Aécio, FHC, Serra, Alckmin e outra parte do Tucanato não responderem e serem presos pelas investigações que correm na Justiça, este país precisa pegar fogo. Até as árvores sabem que as sujeiras investigadas nestes casos de corrupção cresceram e multiplicaram vertiginosamente durante o governo do PSDB e suas Privatarias. Fora os crimes de lesa-pátria por entregar a soberania nacional. Podem ir preparando a cela. 

  12. Triste sina de Aécio, apenas cortina de fumaça

    Enquanto tudo acontece  neste governo e justiça. O nome de Aécio aparece para mais uma vez dar uma aparência de imparcialidade. Uma cortina de de fumaça para acontecer mais do mesmo.   

  13. Aécio e Cabral

    Podem procurar na imprensa da época. Lembro-me como se fosse hoje. O  recem eleito governador pelo estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho, foi a Belo Horizonte para  falar com o governador reeleito por Minas Gerais, Aécio Neves,a fórmula que ele utilizou para tamanho sucesso diante  da sua enorme aprovacao,  junto ao eleitorado mineiro,no primeiro mandato.

    Nao temos a menor ideia da conversa e conselhos entre os dois mas o Cabral foi embora, governo,u foi eleito e deu no que está dando.

    Como dizem os mineiros, seria o Benedito!

    Cartas para a redacao, como dizia uma antiga revista latino americana, sem dinheiro no bolso……

     

    José Emílio Guedes Lages- Belo Horizonte

  14. É tudo implicância nossa.

    É tudo implicância nossa. Se… o Aécio e o PSDB negaram qualquer irregularidade. Não vem ao caso, como dizem nas varas.

  15. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome