Andrade e Odebrecht apresentam recibos de R$ 50 milhões de propina a Aécio


Fotos Públicas
 
Jornal GGN – Comprovantes entregues pela Odebrecht e Andrade Gutierrez às investigações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) enquadram ainda mais o senador Aécio Neves (PSDB-MG) nas acusações de recebimento de propina. 
 
Repasses da Odebrecht e da Andrade ao empresário Alexandre Accioly, amigo do tucano e padrinho de um dos filhos de Aécio, respaldam os depoimentos dos delatores, que narram que o empresário carioca recebeu montantes por meio de contas offshore das empreiteiras no exterior, intermediados pela rede de academias de Accioly.
 
Sugerido por Jossimar

Delação, com provas. Onde está o Judiciário?

Do Globo
 

Odebrecht confirma que Aécio recebeu R$ 50 milhões por meio de offshore. Executivo diz que conta está vinculada ao empresário Alexandre Accioly

A Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Polícia Federal (PF) encontraram novos indícios que, de acordo com os investigadores, reforçam a suspeita de que o senador Aécio Neves recebeu propina para atuar em nome de empreiteiras na construção da Usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia

 
Tema de inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), a acusação contra o tucano foi relatada por ex-executivos da Odebrecht em acordos de colaboração premiada. E teve impacto direto na delação de outra empreiteira, a Andrade Gutierrez, que foi obrigada a esclarecer sua participação no episódio. De acordo com os executivos da Odebrecht, Aécio recebeu R$ 50 milhões, repassados pela Odebrecht (R$ 30 milhões) e pela Andrade Gutierrez (R$ 20 milhões).
 
A Odebrecht sustenta a acusação com comprovantes bancários, entregues nos últimos meses, que, segundo a empresa, comprovam depósitos para o senador tucano, por meio de uma conta de offshore em Cingapura, que havia sido citada por um de seus ex-executivos, Henrique Valladares, em depoimento à PGR. A identificação do titular da conta além disso não foi revelada, mas Valladares diz que está vinculada ao empresário Alexandre Accioly, padrinho de um dos filhos de Aécio e integrante do grupo mais restrito de amigos do tucano. Aécio nega as acusações. Accioly enjeita com veemência a afirmação do delator, o único que sustentava, até aqui, seu envolvimento.

ANDRADE GUTIERREZ REFORÇA SUSPEITA
 
Nos últimos meses, no entanto, ex-integrantes da Andrade Gutierrez levaram à Lava-Jato informações que miram novamente em Accioly: em depoimento à PF, o ex-executivo e delator da empreiteira, Flávio Barra, confirmou o repasse de R$ 20 milhões a Aécio por meio de um contrato com a Aalu Participações e Investimentos, empresa controladora da rede de academias Bodytech que pertence ao empresário carioca, a uma sobrinha dele e a um ex-banqueiro.
 
Segundo o relato de Barra, a empresa, que leva as iniciais dos dois sócios, firmou um contrato de R$ 35 milhões com a Andrade para mascarar propina paga pela empreiteira ao tucano, em 2010. O valor seria uma contrapartida pela defesa, por parte de Aécio, então governador de Minas, da participação da Andrade no consórcio de construção da Usina. O delator não soube dizer por que a empresa transferiu R$ 15 milhões além do valor previamente acertado.
 
Comprovante, segundo a Odebrecht Extrato de transferência de dinheiro para empresa em paraíso fiscal Klienfield services: offshore da Odebrecht usada para pagar propina no exterior 67,350 USD: uma das parcelas pagas pela empresa Embersy: offshore que a Odebrecht afirma ter sido usada para operacionalizar um pagamento a Aécio Neves. Está sediada nas Ilhas Marshall UBS AG: banco de origem suíça que presta serviços financeiros em dezenas de países Singapure: filial do UBS, citada pelo ex-executivo da Odebrecht, Henrique Valladares. 
Ao Globo, Accioly confirmou o repasse, mas negou se tratar de propina, e sim investimento da Andrade Gutierrez na rede de academias. Segundo ele, a Andrade nunca recebeu dividendos e “permanece como acionista” da holding controladora da Bodytech, por meio de uma Sociedade em Conta de Participação (SCP) com a empresa Safira Participações, que pertence ao grupo mineiro.

Leia também:  Dallagnol processa União para ser indenizado por Gilmar Mendes

A Andrade, por sua vez, negou a alegação de Accioly. Em nota, informou que “não é e nunca foi sócia na rede de academias” e que sua relação com o empresário se restringiu à aquisição, em 2010, de uma “opção de compra futura de ações” que jamais teria sido exercida e, por isso, perdeu a validade.

As duas empresas foram informadas sobre a apresentação de versões contraditórias entre si, mas mantiveram o posicionamento original. A relação entre Andrade e a holding que controla a Bodyech não é explicitada nas demonstrações contábeis das empresas, o que contraria recomendações do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Na segunda semana de abril deste ano, mesma época em que foi tornada pública a íntegra da delação da Odebrecht, vinculando o nome de Accioly a pagamentos para Aécio, a Andrade fez uma alteração na Junta Comercial elevando o capital social da Safira de R$ 5 mil para R$ 35 milhões. É o mesmo valor repassado em 2010 para Accioly. A Andrade não quis informar se o dinheiro investido foi devolvido, nem comentar as razões da alteração contratual.

Em seu depoimento, Barra afirmou ter tido conhecimento da relação do contrato com um pagamento a Aécio alguns anos depois da assinatura e disse não ter sido responsável por operacionalizar o repasse. igualmente colaborador e ex-executivo da Andrade, Rogério Nora citou em depoimento o nome de Sérgio Andrade, um dos sócios da empreiteira, como o responsável por tratar deste assunto diretamente com Aécio.

Apesar de ter firmado acordo de leniência em 2016 e ter 11 ex-executivos entre colaboradores da Lava-Jato, a Andrade Gutierrez não havia apresentado às autoridades episódios de corrupção envolvendo o ex-governador de Minas. O tema passou a integrar uma nova rodada de conversas com a PGR e faz parte do recall do acordo, atualmente em negociação, e é considerado sensível pela empresa, por envolver um dos sócios do grupo.

Leia também:  TRF-4 nega recurso de Lula contra provas suspeitas apresentadas pela Lava Jato

OFFSHORE NAS ILHAS MARSHALL

A Lava-Jato igualmente obteve novas evidências envolvendo o pagamento de R$ 30 milhões da Odebrecht ao tucano, relacionados ao mesmo contrato da Usina de Santo Antônio. Em depoimento à PGR, o delator Henrique Valladares disse ter sido orientado por um emissário de Aécio, Dimas Toledo, a depositar parte dos valores em uma conta bancária de Cingapura. Valladares sustenta que o número da conta veio anotado em um bilhete, ao lado do nome de Accioly. Outras contas igualmente receberam parte dos pagamentos.

Com base em registros dos sistemas Drousys e MyWebDay, usados para as operações de pagamento de propina na Odebrecht, interlocutores da empreiteira informaram a procuradores e integrantes da PF que a conta de Cingapura é da offshore Embersy Services Limited, sediada nas Ilhas Marshall, país com pouco mais de 60 mil habitantes, localizado no Oceano Pacífico.

A empresa funciona desde agosto de 2001 e está ativa. Há cerca de quatro meses, a empreiteira realizou uma varredura em arquivos e entregou aos investigadores registros de seu sistema de aproximadamente US$ 300 mil repassados à Embersy.

Extratos de movimentações financeiras de offshores da Odebrecht obtidos pela Lava-Jato em 2015, por meio de cooperação jurídica com autoridades de Antígua e Barbuda, já traziam registros de transações para a Embersy, entre novembro de 2008 e janeiro de 2009, que totalizaram pouco mais de US$ 740 mil. No entanto, o MPF não sabia a razão das transações, o que só foi possível graças à colaboração da empresa.

Leia também:  TST derruba confisco de Ives Gandra à FUP e petroleiros, por Marcelo Auler

Independentes dos EUA desde 1986, as Ilhas Mashall permite o anonimato de proprietários de empresas offshore. A Lava-Jato investiga se Embersy foi usada apenas para transação de valores entre contas ou se está, de fato, diretamente vinculada ao beneficiário final da propina.

Nos registros internos da empreiteira, a transferência de valores para a Embersy está vinculada ao código “mineirinho” forma como Aécio era identificado nos sistemas de propina.

Henrique Valladares relatou que o pagamento a Aécio foi acertado em reunião com a presença de Marcelo Odebrecht, em Belo Horizonte, no Palácio das Mangabeiras, sede do governo mineiro, no início de 2008. Em depoimento, Marcelo igualmente citou o pagamento ao tucano e disse ter estimulado Valladares, que cuidava da área de energia do grupo, a levar os pagamentos adiante.

De acordo com o ex-presidente do grupo Odebrecht, o objetivo dos pagamentos a Aécio era influenciar decisões da Companhia Elétrica de Minas Gerais (Cemig) — estatal de energia mineira — e Furnas — estatal federal — a favor da empreiteira baiana.

Na época Aécio exercia seu segundo mandato como governador de Minas e integrava a oposição ao governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), responsável por licitar Santo Antônio. Apesar disso, o tucano tinha influência no setor elétrico devido à sua relação com Dimas Toledo, ex-diretor de Furnas, umas das empresas sócias da usina, além de estar a frente do estado que comanda a Cemig, outra sócia do empreendimento.

A relação de intimidade entre Aécio e Dimas foi citada por outros delatores da Lava-Jato, como o ex-senador Delcídio Amaral e o lobista Fernando Moura. Henrique Valladares sustenta igualmente que era o ex-diretor de Furnas o responsável por levar ao seu escritório papéis com as contas em que a propina para Aécio deveria ser depositada. 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

26 comentários

  1. Uma coisa é

    Uma coisa é certa.

    Se Odebrecht e Andrade Gutierrez tem recibo de 50 milhões pagos de propina a Aécio Neves é evidente que ele recebeu muito mais que isso.

    Portanto, a imprensa colocará o foco no excente pago que não pode ser comprovado pelas empresas.

    Além disso, os jornalistas tucanos dirão que Aécio Neves nunca exigiu um centavo das construtoras.

    Ela apenas aceitou constrangido contribuições que Odebrecht e Andrade Gutierrez depositaram na conta dele, mas ele não prometeu nada em retorno.

    Na pior das hipóteses, a mídia dirá que a disputa política é uma espécie de Brazilian Game of Thrones e que os Tucanos são diferentes dos Lannisters.

    Um Lannister sempre paga suas dívidas, os tucanos nunca fazem isso. 

    Toca o barco… Aécio não pagará suas dívidas, não devolverá o que recebeu e continuará impune. 

  2. Ficha Limpa/Suja

    A minha lei de Ficha Suja ou Limpa tem só um único parágrafo 

     

    qualquer politico citado ou indiciado em qualquer processo civil, não poderia votar ou ser votado!

    • Ficha suja

      Meu caro, se tivéssemos uma justiça com credibilidade, sem lados nem partidos, também agiria como você, porém com essa justissa que temos, primeiro preciso saber QUEM ela está condenando.

      • Como voxe faz isto?

        Que criterio voce usa para fazer esta seleção?

         

        pela imprensa ou pela negação dos crimes cometidos feito pelo Réu?

         

        Eu sei que este é o judiciario que temos e que ele não é perfeito, mas é o que temos…

         

        Não acreditar nele, pode ser bem pior..

         

        A saída não esta na política, mas sim na aplicação comum das regras.

         

        respeito sua posição, mas esta é a minha 

    • ÊÊÊÊÊBELEZAAAAA!!!! E a

      ÊÊÊÊÊBELEZAAAAA!!!! E a presunção de inocência vai para o ralo! Tudo culpado até que se prove o contrário! Quero saber quem vão ser os dedos poderosos a  apontar, acusar e indiciar adversários!

      • Adversários

        Dentro desta palavra ADVERSÁRIOS cabe quase tudo na administração pública..

        precisamos de estabilidade no funcionalismo público por conta dos adversários políticos e ou perseguições.

        adversarios políticos arruinam as reputações dos seus oponentes

        ela é sempre empregada de forma individualizada jamais em prol do Brasil.

        a quem se alega presunção de inocência, jamais deveria chegar próximo do lodo para não ter algum dedo apontado para si… mas…

  3. Bobagem. O MP do Rio segue o

    Bobagem. O MP do Rio segue o MPF de Curitiba  que sustenta: os recibos são ideológicamente falsos.

    Depois dizem que MP e Judiciário não tem coerencia. 

    Vamos conversar pessoal. É por ai, sem essa de violencia e povo na rua querendo sangue.

    Coisa de barbaros.

    Aliás, isso me lembra  que os barbaros são (eram) a solução, inclusive para nada fazer e tudo continuar o mesmo. 

     

         Konstantinos Kaváfis 

     

    “O que esperamos na ágora reunidos?
    É que os bárbaros chegam hoje.

    Por que tanta apatia no senado? 
    Os senadores não legislam mais?

    É que os bárbaros chegam hoje 
    Que leis hão de fazer os senadores? 
    Os bárbaros que chegam as farão.

    Por que o imperador se ergueu tão cedo 
    e de coroa solene se assentou 
    em seu trono, à porta magna da cidade?

    É que os bárbaros chegam hoje. 
    O nosso imperador conta saudar 
    o chefe deles. Tem ponto para dar-lhe 
    um pergaminho no qual estão escritos 
    muitos nomes e títulos.

    Por que hoje os dois cônsules e os pretores 
    usam togas de púrpura, bordadas, 
    e pulseiras com grandes ametistas 
    e anéis com tais brilhantes e esmeraldas? 
    Por que hoje empunham bastões tão preciosos, 
    de ouro e prata finamente cravejados?

    É que os bárbaros chegam hoje, 
    tais coisas os deslumbram.

    Por que não vêm os dignos oradores 
    derramar o seu verbo como sempre?

    É que os bárbaros chegam hoje 
    e aborrecem arengas, eloquencias.

    Por que subitamente esta inquietude? 
    (Que seriedade nas fisionomias!) 
    Por que tão rápido as ruas se esvaziam 
    e todos voltam para casa preocupados?

    Porque é já noite, os bárbaros não vêm 
    e gente recém-chegada das fronteiras 
    diz que não há mais bárbaros.

    Sem bárbaros o que será de nós? 
    Ah! eles eram uma solução.”

  4. JUSRISSA AMIGA DO BRAZIL

    Não será preciso declarar-se constrangido de nada (especialmente no caso de gente sem vergonha na cara, criado para apropriar-se, decaradamente, do que não é seu).  A “justissa brazileira” os isentará, sempre, em trocsa de gordas malas, que mal se pode fechar, abarrotadas de notas, milhares delas, para depósito em Lichtenstein ou algum outro paraíso desta canalha que está destruindo o país e o seu povo.

  5. Lógica Curitibana
    Pela lógica

    Lógica Curitibana

    Pela lógica dos Procuradores de Curitiba funciona assim:

    AXIOMA 1

    A INEXISTÊNCIA de provas de pagamento de propina é a prova mais sólida de que HOUVE pagamento de propina.

    *** Judge Morrow, evocar sempre este axioma desde que envolva pessoas ligadas ao PT e principalmente o Lula. 

         Nunca evocar este axioma caso seja pessoas ligadas ao PMDB e PSDB, principalmente se for o AECIO, SERRA, ALCKIMIN

    AXIOMA 2

    A FARTA EXISTÊNCIA de provas de pagamento de propina é a prova mais sólida de que NÃO HOUVE pagamento de propina.

    *** Judge Morrow, utilizar sempre este axioma desde que envolva corruptos do PMDB, PSDB e princiapalmente se envolver o AÉCIO, SERRA, ALCKIMIN …)

         Nunca evocar este axioma caso seja um petista, principalmente se for o LULA.

     

  6. andrade….

    Mas o mais importante: o Rato maior-avô, rato de gabinete, que jogava em qualquer posição em qualquer governo, onde tivesse um carguinho público a deliciar uma mamata, deixou o rato menor-neto. O país correu atrás do caixão. É a mudança !! É a Democracia. É a Política sendo feita de outra forma !! É a Vanguarda !! São os Anti-Capitalistas chegando !! Elite são os Outros !! Corrupto são o Maluf, que derrotamos e José Sarney, nosso parceiro (também dos Militares, da UDR, UDN , PDS e PFL) que tornamos Presidente da República !!! E Lunáticos ainda dizem não compreender o Brasil/2017. Este ée o pais que vocês criaram junto com Sarney, Aécio, Jucá, Temer, Lula, FHC, Serra e outras tantas fraudes   

  7. MARACUTAIA.

    ACHO, QUE  A DATA DO  EXTRATO É FALSA. (ESTÁ NO MODELO BRASIL?).

    ACREDITO, QUE  ESTES DOCUMENTOS FORAM FORJADOS PARA GARANTIR QUE O AECIO NÃO SEJA CONDENADO.

    È UM TEATRO.

    ESTÃO TENTANDO DESVIAR A TENÇÃO DA GENTE.

  8. TEM GRAÇA ESSA? DESDE QUE ME

    TEM GRAÇA ESSA? DESDE QUE ME ENTENDO

    Êita zorra! Se depender dos velhinhos moralistas e seletivos do stf…ufa!…Vamos ter que esperar que esse fdp do aecinho do pó alcance a mesma bitola etária de um Paulo Maluf. E, olhe lá! Pois, o safado, mesmo não sendo um tucano da gema, ainda assim, foi chocado na mesma granja paulistana, em cujas chocadeiras, foram geradas levas de tucanos ladrões, mas, todos isentos de cana .

    Considerem que o professor Cardoso pai e líder de todos esse viveiro de contraventores  tucanos, ainda não recebeu em oitenta anos e tabacada de falcatruas, nem uma sequer, mera notificação para depor.

    Ai velho, não estamos tratando de um malufizinho qualquer.

    Orlando

  9. O extrato mostrado é CLARAMENTE FALSIFICADO

    Prezados leitores,

    Como é que se escreve a data 14 de novembro de 2008, em inglês? Pelo que aprendi, primeiro escreve-se o mês, depois o dia, depois o ano. Portanto 11-14-2008. JAMAIS, no padrão inglês, escreveríamos 14-11-2008, pois não existe o mês de nº 14; afinal o ano possui apenas 12 meses.

    Essas matérias contra Aécio parecem claramente uma chantagem contra Gilmar Mendes, como apontou o Romulus. Essas “reportagens” d’O Globo não têm um centavo de credibilidade.

    • Que sejam falsos

      Mas por que cargas d’água o Acciolly em vez de falar que são falsos me vem com outra história?

      • Porque a putaiada da

        Porque a putaiada da LavaBunda esta escondendo MUITO mais do que esta revelando do sistema Drousy que ELES falsificaram.

    • E se o sistema tiver sido
      E se o sistema tiver sido criado por brasileiros e para brasileiros? Sabe aquele menino brasileiro parceiro inicial do Facebook, Saverin? Ele vive em Singapura administrando fundos. Então deve ter vários brasileiros por lá no ramo financeiro.

    • Data no sistema inglês

      Só para esclarecer, na Inglaterra usa-se escrever as datas em DIA-MÊS-ANO, ao contrário do que foi chamado de “padrão ingles”, que deve ser o sistema do inglês americano. 

    • Amigo,esse padrão mes/dia/ano

      Amigo,

      esse padrão mes/dia/ano é [principalmente] dos EUA. Em Singapura eles usam dois tipos de padrões: ano/mes/dia e dia/mes/ano (igual ao nosso). Portanto, não há nenhuma contradição.
      Fonte: en.m.wikipedia.org/wiki/Date_format_by_country

      Não estou dizendo que o tal recibo seja necessariamente verídico, mas temos que ficar atentos pois eles não seriam tão amadores de falsificar um documento com esse tipo de erro.

      Boas festas!

    • É verdadeiro!
      Senhor dono de toda sabedoria, Antígua e Barbuda é um país que foi “descoberto pelos espanhóis e depois vendido para a Grã-Bretanha, por isso escrevem o formato da data dessa forma, usada nos países europeus.
      Por isso antes de escrever algo procure se informar melhor!

  10. E o Lula
     

    carregando caixa de isopor com cerveja na cabeça, num sítio de favor.

    Falta de “classe” é o crime de Lula.

    Vê lá se tivesse um recibo desses contra ele a perseguição seria tão voraz.

    Quem recebe muita propina pode render muita propina.

    Quem tem pouco rende nada.

     

  11. Em trinta anos estará preso, mesmo nas fraldas

    Mais uma trama global da famiglia, afinal, as pazes já foram feitas com o mi$$ell, o pequeno, o reles, o anão.

     

  12. Fofoca
    Essa boryteck parace academia fantasma,linda e vazia.Ai tem ????? Logo vi que tinha treta,cada esquina do Rio tem uma e olha que é de classe A……800,00 por mes

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome