Barroso receberá R$ 46 mil por 1 hora de palestra no TCE-RO

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – O ministro do Supremo Tribunal Federal Luis Roberto Barroso vai receber R$ 46,8 mil por uma hora de palestra contratada pelo Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. O serviço foi contratado de maneira “direta”, “sem licitação”, da empresa Supercia Capacitação e Marketing, agência que oferece cursos de capacitação e oferece palestrantes.

O valor pago a Barroso por uma hora-aula é superior ao teto constitucional praticado em 2017, de R$ 33.763,00.

Em outras oportunidades, o ministro admitiu que recebe para participar de eventos do gênero e informou que nem sempre recebe cachê e que os aportes são doados para instituições beneficentes. 

O estatuto da magistratura prevê a possibilidade de realização de palestras pagas desde que estejam dentro da categoria de aula.

De acordo com informações do TCE-RO, Barroso participará de um fórum sobre Direito Administrativo e Constitucional aplicado ao tribunal de contas. O evento ocorrerá no dia 18 de maio de 2018.

Por causa de palestras como essa, é que se entende a posição do ministro Luiz Fux, que se recusou a participar de um seminário sobre fakenews na Escola de Direito da FGV, por nao haver pagamento de cachê.

Leia mais:

Luis Barroso precisa dar o exemplo de transparência

Receitas para recuperar a imagem do Supremo

 

Leia também:  Dirceu começa a cumprir segunda condenação da Lava Jato

15 comentários

    • Palestra do Ministro
      Não lembro de ter visto algum comentário desses fakes acima sobre os valores de 1,5mi, 2,0 ou mais milhões das “palestras” que o Lula fazia.

      Como palestrante ele é independente para cobrar o que quiser ou o quanto seu cachê de palestrante vale no mercado, já que nessa Seara particular ele não está submetido a “limites constitucionais”.

      Tanto a reportagem quanto os comentários são deturpados no velho e revelho estilo provocação… Se é que me entendem.

      Edson Perin

      • Quem pagava o Lula era a iniciativa privada

        Além de que o Lula não era funcionário público quando dava as palesrras.

        Você é burraldo. Não entende nada mas fica dando pitacos.

  1. Ele ganha pouco (comparado
    Ele ganha pouco (comparado com outros colegas tipo o Moro),precisa fazer uns bicos por fora para pagar as contas!

  2. Depois ninguém sabe pq esses
    Depois ninguém sabe pq esses juízes querem acabar com o “trabalhista”Lula e toda a “escória”do PT !

  3. E Gilmar nem falou em vaselina

    Gilmar manda editor da Fel-lha enfiar pergunta na bunda

    Quem pagou passagem para Lisboa? CompartilharImprimirpublicado 29/03/2018

    Da Fel-lha:

    Gilmar Mendes afirma que pergunta de repórter da Folha é molecagem

    O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), chamou de molecagem pergunta da Folha sobre os custos com passagem aérea de viagem sua a Lisboa.

    O jornal questionou o ministro se voltaria para o julgamento do habeas corpus de Lula em 4 de abril e se o voo para Portugal tinha sido pago pelo STF. 

    A presença dele tornou-se incerta em razão de um seminário que será organizado em Lisboa pelo instituto do qual ele é sócio, o IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público).

    “Devolva essa pergunta a seu editor, manda ele enfiar isso na bunda. Isso é molecagem, esse tipo de pergunta é desrespeito, é desrespeito”, disse o ministro por telefone, de Lisboa, ao repórter. 

    O ministro negou que o STF tenha pago pelos bilhetes e não informou quem os custeou. 

    “Vocês vivem de patrocínio, se vocês quiserem, montem a Folha, façam um dia a Folha rodar sem patrocínio, eu estive lá esses dias, patrocínio Souza Cruz escondido. Quem pagou meu hotel, quem pagou minha passagem foi a Souza Cruz”, disse.

    Ele se referiu ao 2º Encontro Folha de Jornalismo realizado em fevereiro, em São Paulo, em que foi um dos convidados. O evento teve patrocínio da Souza Cruz, como constava do material de divulgação e de amplo painel atrás dos convidados.

    Aguardem o próximo barraco entre Barroso e Gilmar:

    B: Vossa Excelência recebeu dinheiro da Souza Cruz

    G: Vossa Excelência recebeu R$ 46.000,00 pra dizer um bocado de merda.

    • Gilmar sabia do patrocínio da Souza Cruz à Folha desde fevereiro

      Mas só denunciou quando mexeram nos seus calos.

      Deve ser isso o que a Rede Globo faz com os Magistrados. Sabe todos os seus podres mas só os publica se for contrariada por algum desses Magistrados. Não é à toa que o Fachin, que diz que sua família é perseguida, aceita escolta para si e para a família mas abre mão do inquérito policial para apurar a verdade e punir os supostos ameaçadores.

  4. Barroso vai só fazer um bico

    Deve ter aprendido esse tipo de gambiarra com o Moro, com o Dallagbosta e com o Gilmar Mendes.

  5. Vá entender…
    Isso não faz nenhum sentido num país em que todos os Estados da Federação estão com as finanças arrebentadas.
    Não só os Estados, Prefeituras também estão falidas.

    • Complementando
      Não se esqueça que é em horário de expediente e tem serviço acumulado. Ser chefe (ou não ter) e não ter de prestar contas tem suas vantagens

  6. O valor do salário mínimo é R$ 954,00

    R$ 46.800,00 equivale a mais de 49 salários mínimos. Em sendo assim, o $upremo Ministro Barroso ganhará em uma hora o que um trabalhador que ganha um salário mínimo passa três anos para ganhar, isso se esse trabalhador receber décimo terceiro salário.

    Mas isso não vem ao caso.

     

    “Quem me dera ao menos uma vez provar

    que quem tem mais do que precisa

    quase sempre se convence de que não tem o bastante

    e fala demais por não ter nada a dizer”

     

    Legião Urbana, Índios

    • O valor….

      93% dos Brasileiros (aprox.190.000.000)  ganham menos que os 4.500 reais de Auxilio-Moradia do Judiciário. A miséria nacional esta aí. Nunca foi a falta de dinheiro, no país mais rico do planeta. É pratica politica. É algo como a falar de ter acesso à água potável no país que detém os maiores recursos mundiais de água potável. É a pratica diária da imbecilidade e ignorância. São resultado de 40 anos de Redemocracia. Pessoas,politicas  e ações que prometiam mudar tal realidade. O Brasil se explica.   

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome