Bolsonaro admite que pegou da portaria as gravações do interfone de condomínio no Rio

"Pegamos toda a memória da secretária eletrônica que é guardada há mais de ano", disse o mandatário, admitindo possível interferência na investigação

Foto: Divulgação

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro admitiu, neste sábado (02), que pegou a gravação das ligações da portaria do condomínio aonde tem casa, no Condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, supostamente para impedir que fossem adulteradas.

“Nós pegamos, antes que fosse adulterada, ou tentasse adulterar, pegamos toda a memória da secretária eletrônica que é guardada há mais de ano. A voz não é a minha”, disse o mandatário a jornalistas, admitindo, assim, a interferência na investigação.

As gravações a que se refere Bolsonaro são as que poderiam comprovar a declaração do porteiro do condomínio, que contou à polícia que o ex-policial militar Élcio de Queiroz, um dos suspeitos do crime contra Marielle Franco, esteve no local dizendo que iria à casa que pertence ao mandatário, e que “seu Jair” atendeu o interfone e autorizou a entrada, horas antes do crime.

Queiroz teria se dirigo à casa, no mesmo condomínio, de Ronnie Lessa, outro suspeito do crime. Naquele dia, Bolsonaro estava em Brasília e participou de votações na Câmara, enquanto era deputado federal. Queiroz e Lessa estão presos desde março.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Ao vivo: STF decide sobre prisão em segunda instância; placar está empatado em 5 a 5

28 comentários

  1. Se isso nao é crime nao sei mais o q é. Bem, de todo modo, se confere sua tese Nassif, a de eles ligavam diretamente para os proprietários, uma forma de conseguir é a quebra do sigilo telefônico do investigado. Quem sabe alguem das companhias telefonicas vaza essas ligações… fica a dica… Outra coisa: se ele pegou ha mais de um ano, foi pq ele sabia dessa implicação do seu nome há mais de um ano? Confere? Então esse cidadão desconfiava q um porteiro iria implicá-lo e resolveu pegar esse arquivo p se defender? Então tá….

    29
  2. Seria interesse saber quando foi que eles pegaram os registros. Agora, por conta do vazamento do depoimento do porteiro, ou na época que a esposa de Lessa teria fotografado a planilha?

    17
    2
    • Com certeza ele não pegou a secretária eletrônica e saiu com ela debaixo do braço deixando a portaria sem sistema. Deve ter pegado uma cópia eletrônica dos registros, coisa que qualquer morador do condomínio deve ter direito a fazer. Não vejo como isso possa ser criminalizado.

      2
      4
      • Degas, sua intenção é boa, mas vamo s ser realistas quanto aos pesos e medidas do sistema judicial dessa desgraça chamada Brasil. Delcídio Amaral foi preso por oferecer um mirabolante plano de fuga para um preso da lava jato em troca de seu silêncio. O plano de fuga era apenas um plano, muito difícil de ser realizado sem a participação de alguém da força-tarefa. O preso poderia recusar o plano tendo em vista a lava jato oferecia uma proposta muito melhor de delação, a qual lhe dava até dinheiro roubado de volta. Mesmo assim Delcídio foi preso, todos nós sabemos porque. Logo, para que tantas filigranas quanto ao caso dos milicianos? A desculpa da adulteração foi a melhor, já que o presidente da república afirmou que polícia e MP adulteram provas. Disso eu já sabia, até o petróleo que vaza no Nordeste também sabia, mas nenhuma autoridade negou esse risco.

  3. “Nós pegamos, antes que fosse adulterada, ou tentasse adulterar, pegamos toda a memória da secretária eletrônica que é guardada há mais de ano. A voz não é a minha”, disse…
    Mas e a ligação, foi para a casa dele?
    Virou bagunça!
    Estamos diante de uma grave interferência e obstrução da justiça que pelo visto será tratada docilmente por aquela parte da imprensa hipócrita e corrupta.

    24
    • De início ele disse que não havia possibilidade de ter atendido à ligação da portaria. Agora parece admitir que houve a ligação, mas garante que a voz não é dele.

      5
      1
    • De início ele disse que não havia possibilidade de ter atendido à ligação da portaria. Agora parece admitir que houve a ligação, mas garante que a voz não é dele.

  4. O pêndulo da presidência começou a oscilar entre os artigos 121 e o 305, do Código Penal. Se não cair por causa do homicídio de Marielle Franco, Jair Bolsonaro cairá porque destruiu uma prova necessária à investigação do crime.

    30
    1
  5. Jair Bolsonaro fez o certo ! Quiserem matar ele para q o presidiário fosse presidente e como não conseguiram. Agora ficam querendo manchar a reputação dele ligando-o ao homicídio da Marielle . Eita desespero !! hahaha

  6. Pegou por quê? O que desde sempre ele sabia que o incriminaria? E qual a razão para não repassar – de imediato – os dados para a polícia? Não fôssemos este país de merrecas-milicianos e o tal bolsonada estaria preso por assassinato. Aliás, ele e os filhotes… Mas, como as milícias tomaram conta… Parece que nada aconteceu…

  7. Eram tão intrépidos, tão valentes, quando se tratava de perseguir petistas! Agora, não têm coragem de coletar as provas mais óbvias de um assassinato. Por que? São simpatizantes dos criminosos? Ou são apenas incapazes de cumprir os seus deveres por pura covardia?
    A omissão neste caso é criminosa, é prevaricação e é muito grave. Se os criminosos pressionam e intimidam, a sociedade e principalmente a imprensa têm que pressionar por outro lado. A impunidade é inaceitável, porque, amanhã, todos nós seremos vítimas desses criminosos que tomaram o poder de assalto.

  8. Mesmo sem gostar de futebol, vou perguntar…

    Dr. Gol, o que é inversão de campo?
    é o mandante jogar no campo daquele que seria o visitante

    então é obstrução de justiça, né Dr…………….é Gooooolllllllll

  9. Nassif: vou te bater a parada que ouvi dizer. Quando a coisa chegou no Condomínio o bando ligou imediatamente pro já TogaSuja, dizendo “sujou; tem merda na parada; aquele que tá comandando a intervenção soltou a língua, sem nos consultar e o treco vai feder”. O meliante, que já havia tratado vaga no Çupremu, acionou imediatamente o “Escritório”, em Langley (Virgínia), onde Steverson (esse é o nome, pouco importa quem atenda) prontamente deu instruções ao funcionário da “Blackwater Brasil”, de cargo novo. O JardimBotânino foi convidado a meter a viola no saco e a TVSalomão e a TVBaú, cúmplices, ficaram pianinho. Ambos marginais da Marginal deram mesmo tom à conversa. O “Messias” eleito não podia ficar exposto. Os Céus não suportariam a afronta. Então, Steverson mandou um Zap pro agente, então ministro, dizendo “o perigo tá nos serviçais; corram e catem o que puder; mandem que a gente limpa a coisa”. A fonte não revelou se foi Queiroz ou quem chegou chegando na Portaria e deu o salve nos coitados: “cantou, dançou”. Limparam o que tinha de comprometedor e mandaram o resto praquela procuradora que participou (ativamente) da campanha. O governador, que não dorme de touca, também soube desse episódio e movimentou seus pauzinhos, já sonhando com 2022. Passa água passa água e a ponte da Amizade, que era de livre trânsito, começou a ter pedágio. Com esgoto desaguando no Rio, o cheiro forte da imundice começou dominar o ar. Então, tentaram de tudo pra disfarçar a contaminação. Até derramaram óleo no mar e botaram fogo na Amazônia. Ameaçaram até com AI-5. Mas tá ficando difícil. Nem o representante no Templo de Salomão consegue convencer a manada, com sermão tipo daMontanha (é que a Montanha agora se chama AgulhasNegras). A coisa tá tão complexa que nem aqueles 1.500 hackers de Israel, fundamentais no pleito de 2018, tão dando conta. Alguns já dizem vão pra campanha do patrício apresentador de TV, próximo indicado pelos VerdeSauvas.

    Suspeita-se tão pensando, seriamente, dublar a voz do SapoBarbudo e colocar como pessoa que atendeu no interfone. “Companheiro porteiro, aqui é o Jair; mande o companheiro miliciano entrar…”. E com a ampla divulgação da grande mídia haverão de convencer seus 56 milhões de eleitores.

    A solução já foi dada. Escute Saint-Hilaire… Agrotóxico neles!

  10. Queridos amigos que sabem tudo de legislação: qualquer condômino pode solicitar as gravações dos interfones a QUALQUER momento. Eles bancam a taxa de condomínio e tem esse direito.

    Em segundo lugar, Bolsonaro solicitou CÓPIA e não os originais.

    Não, não se trata de obstrução, já que o próprio Ministério Público teve acesso também às gravações e concluiu que a voz não era do Presidente da República.

    Mais alguma coisa?

    1
    2
    • Sim, sr. bolsominion jr.
      Como é possível que ele tenha sabido do registro comprometedor em papel desde janeiro/19, quando já era presidente (e antes deputado), ele tinha a obrigação de submeter tais informações à Justiça.
      Se ele “teve acesso” e “moitou”, colocou-se também na posição de poder ter “alterado” o(s) conteúdo(s) gravado(s), pois não?
      Além disso, o MP também teve acesso à cópia (muitos meses depois) e fez uma perícia “urgente” e porca, promovendo entrevista coletiva midiaática também “urgente”, chamando de “prova técnica” uma suposição inconclusiva, logo após a divulgação do registro, o que em termos de investigação, é marota e grave.
      A única perícia válida seria nas gravações originais, na mídia original e se alguém teve acesso antes (a polícia deveria ter confiscado tudo pelo menos desde março), é como um suspeito de crime acessar a cena do crime antes dos investigadores, o que é suficiente para dobrar a suspeita.
      Ainda mais quando é vizinho e teve relações públicas e notórias com acusados e muitos da “família” deles (milicianos).
      Mais alguma coisa?
      Ainda mais

  11. Um absurdo cade a justiça desse Brasil ja não era pra justiça ter pego essas gravações nao da pra entende

  12. O cara é cara-de-pau mesmo. Pratica um crime desses e ainda fala com a maior naturalidade como se todos devessem concordar. Ou todos fosse cúmplice dele.

    O pior que a mídia é cúmplice dele mesmo.

  13. Talvez, este fato seja o maior desafio que a polícia e o judiciário terão que travar com as suas consciências, com as suas autoridades e com toda a ética profissional que os regem como representantes plenos da ordem e da lei. Ambas, em algumas decisões estapafúrdias, já se mostraram partidárias da seletividade, da parcialidade, do partidarismo e porque também não dizer do preconceito. Ambas, aos olhos e à avaliação da população, já perderam muito da confiabilidade e do respeito. Tanto isso é fato, que algumas decisões recentes comprovam a sensação vergonhosa de parcialidade, de injustiça e de perseguição política. Favorecer de forma escancarada a uns e se omitir perante a injustiça e os prejuízos ilegais adotados contra outros é um crime muito mais grave e hediondo, do que o crime praticado por qualquer um dos que forem injustamente vítimas da polícia e/ou do judiciário.

  14. Assisti ontem o jornal das 10, na globonews. Fiquei pasmo! Como a globo está rastejando para o bolsonaro!! Temos que reconhecer, o bozo venceu, de goleada, dá olé e goza a cara da globo nas redes sociais.

  15. Parece que Bolsonaro foi instruído a ‘confessar’ que pegou as gravações exatamente para ser alvo das acusações que ora recaem sobre ele: obstrução das investigações etc. Tal manobra seria a chance de se ‘federalizar’ o processo, que hoje está sob alçada do Estado do RJ. Se for para a esfera federal, Bolsonaro terá mais controle sobre o mesmo.

  16. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome