Depoimentos confirmam repasses ao PSDB no Rodoanel e Metrô

Ex-executivos da OAS e Gutierrez confirmam acusações de Odebrecht na investigação sobre caixa 2 na campanha de Serra 
 
serra_-1.jpg
(Foto ABr)
 
Jornal GGN – Ex-executivos da OAS e da Andrade Gutierrez dizem que participaram de esquema para o pagamento de propina por contratos do Rodoanel e Metrô de São Paulo, no inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal que investiga o atual senador José Serra (PSDB-SP). As informações são do jornal Estado de S.Paulo.
 
Em depoimento para o caso aberto no âmbito da delação premiada da Odebrecht, para investigar pagamento de propina destinada para a campanha do PSDB ao governo do Estado em 2006 e que teria beneficiado o atual senador Serra, o ex-diretor da OAS, Carlos Henrique Barbosa Lemos, e o ex-presidente da Andrade Gutierrez Engenharia, Flávio David Barra, confirmaram para a Polícia Federal acusações feitas antes por delatores da Odebrecht.
 
Barbosa Lemos, da OAS, reiterou a informação de que as cinco empreiteiras responsáveis pelas obras do Rodoanel repassaram R$ 30 milhões em 2006 para o ex-secretário de Transportes de São Paulo Dario Rais Lopes abastecendo, assim, o caixa 2 do partido de Serra.
 
Uma parte dos valores teria sido repassada em espécie para o então Diretor de Engenharia da Dersa Mario Rodrigues Júnior, outra em doações eleitorais registradas legalmente na Justiça Eleitoral.
 
O ex-diretor da Dersa também havia sido citado por delatores da Odebrecht recebendo repasse de R$ 1,2 milhão. Ainda, segundo Lemos, da OAS, as empreiteiras do Rodoanel criaram um “grupo de trabalho” para sugerir o formato do edital de licitação da obra. Os R$ 30 milhões foram rateados proporcionalmente por cada um, conforme o valor do lote que ficaram responsáveis por construir. Assim, por conta da parte que lhe coube – lote 5 – a OAS/Mendes Junior realizaram o pagamento de R$ 5,4 milhões.
 
Já David Barra, da Andrade Gutierrez, disse que a empreiteira pagou cerca de R4 3,7 milhões em propinas para o ex-conselheiro Eduardo Bittencourt para ser favorecida na regularização de contratos das linhas 2 – Verde – e 4 – Amarela do metrô de São Paulo.
 
Bittencourt teria lhe pedido R$ 10 milhões para os consórcios das obras do metrô poderem realizar a fusão dos lotes da linha Amarela. O ex-executivo é réu por improbidade e enriquecimento ilícito, afastado do cargo desde novembro de 2011.   
 
Ainda, segundo David Barra, o então presidente do Metrô, Luiz Carlos Frayse David teria recebido o repasse de R$ 2 milhões para dar suporte político nas negociações. A Andrade também teria pago R$ 500 mil em espécie para o ex-diretor do Metrô Sérgio Brasil. O ex-executivo também confirmou as acusações da Odebrecht quanto a construção do Rodoanel. Com isso, são três das cinco empreiteiras que participaram da obra assegurando o esquema. 
 
O inquérito que investiga Serra no Supremo está sob relatoria do ministro Gilmar Mendes. Lemos foi ouvido pela PF em Brasília em agosto do ano passado e seu depoimento chegou na corte em janeiro. Já David Barra foi interrogado no dia 25 de janeiro. Leia aqui a matéria do Estado de S.Paulo na íntegra. 
 

9 comentários

  1. ESCUDO TRIPLO DE BLINDAGEM TUCANA: A JUSTIÇA DE PUTEIRO!

    A imprensa Tucana informando que o maior líder do Tucanato está sendo investigado pela Polícia Tucana e o processo está sob relatoria do Tucano Gilmar Mendes.

    1-A PF NÃO VAI INVESTIGAR…

    COMO NUNCA INVESTIGOU ALGUM TUCANO. OS CASOS QUE GERARAM ALGUMA REPERCUSSÃO OCORRERAM QUANDO, POR ACIDENTE, APARECERAM GRAVAÇÕES E CONTAS NO EXTERIOR QUE ERAM IMPOSSÍVEIS DE SEREM IGNORADAS PELA POLÍCIA

    2-A IMPRENSA NÃO VAI NOTICIAR

    O POUCO QUE VIR A ACONTECER SERÁ COMPLETAMENTE ABAFADO PELA IMPRENSA QUE VAI COLOCAR RÁPIDAS NOTAS NOS JORNAIS SEM NENHUMA REPERCUSSÃO. BLOGUEIROS NERVOSOS NÃO COMENTARAM O CASO. DEPOIS VÃO REINTRODUZIR SERRA COMO PROTAGONISTA POLÍTICO NO NOTICIÁRIO COMO SE NADA TIVESSE OCORRIDO

    3-GILMAR MENDES VAI FAZER O ÓBVIO

    SE AÉCIO NEVES LIGAVA ABERTAMENTE PARA GILMAR INTERFERIR NO PROCESSO… IMAGINA JOSÉ SERRA… ESSE ENTÃO DEVE DAR ORDENS PARA A SUA PUTINHA VIA WHATSAPP.

    Está tudo em casa… Serra, Gilmar e o diretor da PF já devem estar decidindo como o processo será resolvido em algum puteiro de Brasília. A matéria do Estadão contando como Serra é inocente já deve estar sendo escrita pela acessoria de imprensa do Serra e repassada para publicação no Estadão ou outra porcaria similar!

    Nada como 23 milhões na Suíça para amansar a vadia sem vergonha Justiça brasileira!

  2. CERRA45 em 2038, vice fegacê.

    Meu presidente! “O inquérito que investiga Serra no Supremo está sob relatoria do ministro Gilmar Mendes.”………..

    Essa tal de OAS denúncia sem provas, haja vista a novela contra Lula, passada em Curitiba.

    Existiriam provas que “o maior dos ladrões, 2º PHA, teria algo como 23 milhões na Suiça?

    Há filmagens do corruptor entrando no hospital onde ÇERRA45 convalescia de um criminoso ataque de bolinha de papel alien?

  3. Não se iludam. A “justissa” jamais os alcançará!

    Não se iludam, para o nosso venal “sistema judissial” TUCANO É INIMPUTÁVEL! E mais: eles protejem e blindam os mega-corruptos que se protegem sob a sigla P$DB porquê têm o rabo preso.

  4. Geraldo Alckmin, José Serra,

    Geraldo Alckmin, José Serra, João Dória Jr., Luciano Huck, Jerson Kelman, Aécio Neves, Eduardo Cunha, Alysio Nunes, Fernando Henrique Cardoso, Ségio Fernando Moro, Sérgio Fernando Paranhos Fleury, Michel Temer, Paulo “Preto”, reitor Rodas etc… Ô turminha!

    Colocar privatista para tomar conta do que é público dá nisso aí…

  5. Não é novidade para ninguém
    Não é novidade para ninguém que a quadrilha do PSDB, se instalaram no governo de São Paulo, para se apoderaram dos bens do metrô e rede ferroviária. E pôr que será que a imprensa não publicam mais sobre isso? Talvez seja porque não tem nenhum petista envolvido.

  6. depoimentos….

    As Empreiteiras envolvidas nos casos da Lava Jato são as mesmas a financiar o Tucanistão e suas Obras. Mas parece que temos outra Polícia e outra Justiça quando se trata de Tucanistão. Os milhões de Barros Munhoz prescreveram em alguma gaveta. Os processos do Serra também. Do Azeredo está à espera de prescrição às vésperas de algum feriadão. Trensalão, Mensalão, Merendão são processos criados para desaparecerem. O país todo sendo vendido. As tais Empreiteiras sendo donas de SP, já tramando a divisão do Estado Brasileiro. Do ar até a água. Poder Judiciário é uma fraude tupiniquim com residência em Lisboa. A tragédia do Desemprego e da paralisia do país, enquanto os Empresários Brasileiros que foram achacados e extorquidos estão presos a mando dos Representantes Políticos que cometeram tais crimes. O Brasil é o paraíso da surrealidade. É inacreditável.  A Sociedade assiste tudo bovinamente.   

  7. O próximo a ser “esquecido”

    O próximo a ser “esquecido” pela imprensa, depois do Aético (justo ele, que gosta de um flash!) é o Careca da Planilha. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome