Desembargadora do TJRJ acusa Marielle de parceria com o Comando Vermelho

Jornal GGN – Desembargadora do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, ex-procuradora do Estado que entrou no TJ pelo quinto constitucional, em postagem no Facebook Marília Castro Neves acusou Marielle Franco de ter pertencido ao Comando Vermelho.

Segundo a desembargadora, ela teria sido executada por ter descumprido compromissos com o CV. “Qualquer outra coisa diversa é mimimi da esquerda tentando agregar valor a um cadáver tão comum quanto qualquer outro”.

Depois da repercussão negativa da postagem, Marilia fechou o conteúdo do seu perfil, mas não a tempo de sua manifestação ser copiada.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Caso do suicídio do reitor: pequena ópera sobre a banalidade do mal, por Luis Nassif

70 comentários

  1. Ás claras, para não haver dúvidas…

    Há um racha na sociedade : democratas x fascistas/golpistas

    A cúpula do judiciário (CCP = Comando da Capa Preta) é composto por fascistas.

    Espero que as lideranças e militantes do PSOL (e demais democratas) parem de titubear e declararem publicamente que Lula é mais uma vítima deste judiciário podre .

  2. curriculo

    Alguem deve saber como e por quais meios essa moça chegou a esse cargo. Os detalhes, quem indicou, quem patrocinou, em qual igrejinha ela rezou, etc. 

    Quem sai na chuva é para se queimar (Cº V. M.). E ela saiu. Que enfrente a tempestade.

    Quem souber que conte outra.

    • Patrocínio do maridão

      Casada com o procurador de Justiça Marfan Vieira Martins, 62 anos, nomeado procurador geral no Governo do Cabral (RJ). Foi durante a sua gestão como procurador-geral que sua esposa, a também procuradora de Justiça Marília de Castro Neves Vieira, tornou-se desembargadora, em dezembro de 2006.

      • detalhes pequenos de nós dois

        Boa informação sr. Alexis.

        Deve ter mais gente que conhece os outros detalhes sórdidos da dupla.

        Que trabalhem para o Brasil e joguem no ventilador!

        Sem oposição esses elementos continuarão a  f. a sociedade brasileira.

  3. Caro Nassif 
    É mais uma

    Caro Nassif 

    É mais uma fascista de toga.

    Por isso o grau de cretinice.

    Que tal ela provar as acusações??????

    Depois falam para não radicalizarmos contra eles.

    Canalha.

    Saudações

     

  4. Insanidade

    É uma insanidade um comentários desses. Acusa de a vereadora ter sido eleita pelo CV; afirma que ela descumpriu compromissos com a referida organização criminosa; insinua que ela foi morta justamente por esse motivo;em seguida, numa tentativa exdrúxula de se esquivar da leviandade, injúria e difamação que acabara de perpetrar,  diz que não se sabe ao certo qual foi o motivo de sua morte, MAS que seu envolvimento com o crime foi fator “determinante” para que esse desfecho ocorrece. INSANO! Coitados dos réus que têm os seus recursos julgados por uma mente tão leviana, tão ilógica, tão mesquinha! Cabe processo indenizatório a ser movido pelos familiares da Marielle para que essa “desembargadora” aprenda a medir melhor as suas palavras.

  5. Indicação

    Imagino que agora todos entendem por que não podem responsabilizar o PT pela indicação dos membros do STF. 

    Tudo da no mesmo!

    Agora, aquela desembagrinha caprichou! Que anta, pelo amor de Deus!

  6. Há bandidos que se escondem atrás de togas

    Há bandidos que se escondem atrás de togas (Eliana Calmon)

    por helena publicado 29/02/2012 

    A ministra Eliana Calmon, corregedora do Conselho Nacional de Justiça, já pode ser considerada a personalidade do ano por, pelo menos, tentar abrir uma das caixas-pretas do Judiciário.

    Nas suas primeiras declarações à imprensa, na condição de corregedora, a ministra causou perplexidade à magistratura. Nunca antes na história deste país um ministro do Judiciário teve coragem de declarar que, no meios deles, haviam os “bandidos de toga”. Agora, uma nova declaração da corregedora Calmon está causando furor. Segundo matéria publicado no jornal

    O Estado de S. Paulo, a ministra afirmou ontem (28) que é preciso expor as mazelas internas e punir juízes “vagabundos”, para proteger os magistrados honestos.

    http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2012/02/depois-dos-bandidos-de-toga-os-juizes-vagabundos

  7. #

    Se essa senhora tem provas de que Marielle “transacionou” com o crime, por que não agiu oficialmente contra a vereadora? Afinal, ela é desembargadora…

    Se não tem prova, então por que escreveu essa merda?

    Pior, fechou o conteúdo do seu perfil. Ou seja, não assume as mentiras que diz.

     

    • Jesus Cristo perguntaria a essa Desembargadora vagabunda:

       “Se falei mal, prova-o, mas se falei bem,por que me bates?”

    • Cada dia que passa, mais

      Cada dia que passa, mais juizecos de primeira instância e outros pseudo desembargadores, sem pudor e nenhum fino verniz, se expõem mostrando seu verdadeiro caráter e moral. Seguem o exemplo do STF e seus ministros , igualmente sem ética (com raras e pontuais exceções). Foi dada a senha, a carta branca.

  8. “Um cadáver tão comum quanto

    “Um cadáver tão comum quanto qualquer outro”! Uma desembargadora! Como ela ousa falar assim de qualquer vida humana?

  9. Caro Nassif
    A canalha de toga

    Caro Nassif

    A canalha de toga fez o mesmo que o canalha de toga de Sorocaba, apagou a mensagem do FB.

    Aguardo o mesmo esquema, contra o Marum, de Sorrocaba, que advogados contrários a esses canalhas, entrem com recurso, que ela prove, que Marielle é do CV, conforme a acusação.

    Cada vez mais fica claro, o nojo classista que é o judiciário.

    Saudações

  10. Não seria o caso de entar no
    Não seria o caso de entar no MP , no CNJ ou mesmo com uma Ação Pública , se cobrando a esta “dita cuja” infeliz, qual é a comprovação em que se baseou , além da apresentação de fatos concretos que a levam a colocar nas redes sociais esta grave acusação contra alguém que não pode se defender ?
    E tão sério quanto estas conjecturas atiradas ao ar , porque não as fez antes do ocorrido com a vereadora ?
    Ou ela possui provas concretas e é uma covarde sem um pingo de caráter e dignidade para sustentar , mesmo pertencendo ao Judiciario , ou é mais um lixo humano querendo se aproveitar da ocasião para aparecer na mídia e destilar seu ódio ideológico (“mimimi da esquerda ” , como se um crime destes não causasse indignação a qquer cidadão independente de ideologias ! ).
    Quem são estes “nós” de vossa colocação “até *nós sabemos disso” como a Sra. afirma , Madame Marília Castro Neves ?
    Prove ! Não seja covarde ! Nem pense que todos são idiotas a ponto de acreditarem piamente nas vossas palavras jogadas ao vento ! Se tiverdes um pingo de dignidade , venha , comprove-as !
    Não apague , não feche o conteúdo do seu perfil como uma covarde !
    Não tiverdes a coragem de colocar estas gravíssimas acusações ? Então que as sustente ! Cadê sua fibra de julgadora de seres humanos ? Onde está ?
    Que nojo disto tudo , minha gente !
    Com todo o respeito compaixão humana que permeia o meu caráter e minha vida , que asco desse pessoal que se acha acima de tudo e de todos e confunde a Justiça com prepotência e onipotencia !
    Que ( tristes ) tempos são estes ?

    • Calem os fascistas

      Seria o caso sim. Trata-se de crime de calúnia e difamação. O fato Mariele estar morta não invalida crime contra honra.Dificil é confiar nas instituições. Acho que não se deve discutir ou dialogar com eles na rede.Acho que se deve ver quem é,  anotar e depois bloquear. Se fizer comentários sobre as postagens eles tem espaço para tréplica ou tentam esconder a sujeira. Acho que deve se observar e não absorver. E difícil ter sangue frio, mas é necessário pois eles declararam guerra. Querem nos calar, é hora de calar os fascistas.

  11. Sincericídio de toga!

    A manifestação da juíza é a prova final dos argumentos que usei aqui para afastar a tese de que a execução era um “recado” da “banda podre” da PM para a sociedade e quiçá, os interventores!

    O consenso sobre a matança é, como eu disse, transclassista!

    A visão cristalizada sobre pobres e favelas, crimes relacionados ao tráfico e os crimes “de rico”, ou seja, a construção de um Estado etnocida e a serviço da proteção das elites é o combustível para o consenso que permite que quem quiser resolver seus problemas com a morte dos inimigos o faça sem pestanejar!

    Não se assustem, ou pior, se assustem, porque essa fala não é uma exceção de onde ela veio, mas é claro que todos os demais fingirão consternamento, mas em peti comite dirão: “ela tá certa, só não devia ter falado em público!”.

    Aguardemos mais manifestações do tipo, daqui a pouco dirão que foi suicídio!

     

  12. Seu Nassif, tem  um vídeo

    Seu Nassif, tem  um vídeo rolando no whats da policia, com os “nmarginais”que mataram a Marielle, todos de bonê e bermuda. Os borrachas falam que são do comando vermelho que a morte dela seria um acerto de contas por ela ter dado as costas para o CV e abraçado a comunidade. No vídeo tem o momento em que o carro é fechado e ela é morta junto com seu motorista. É preciso ver até onde isso é verdade.

     

    Ps: A munição que foi usado no crime é do mesmo lote de uma chacina na grande Sp.

  13. Ataque desrespeitoso e covarde à memória de Marielle

    Repugnante, o comentário dessa desembargadora.

    Cadê as provas? No Brasil pós-golpe o ônus não é mais do acusador. Nesse caso é “um cadáver tão comum quanto qualquer outro” que tem que defender sua biografia e reputação de uma calúnia.

    O CNJ vai fingir que não sabe, que não viu.

  14. Como uma boquirrota

    Como uma boquirrota irresponsável  dessa foi nomeada desembarcadora? Eis aí mais um exemplo para consolidar a péssima imagem do Judiciário. A mensagem exsuda leviandade e sordidez a desfavor de quem não pode mais se defender. 

    Partindo de uma autoridade, evidente que o insulto já lastreia nas redes sociais  os posts difamatórios contra a indigitada vereadora e militante pela defesa das populações marginalizadas. É dever do PSOL entrar de imediato com uma ação contra essa reacionária.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  15. *

    A violencia verbal dessa desembargadora está clara, é notória. Mas ela pode sair falando assim impunemente? Mesmo sabendo que não adianta muita coisa, era de bom tamanho exigir dessa senhora, que ela prove o que está dizendo. Esse tipo de gente não pode sair agredindo qualquer um livremente, atirando palavras como uma 9 mm e atingindo as pessoas mortalmente.

  16. Essa caprichou na ignorância.

    Essa caprichou na ignorância. Alguém tem que dizer à ela que aquelas milhares de pessoas que foram às ruas do RJ homenagearem sua vereadora não eram do “Comando Vermelho” Essa maluca precisa do divã, não de facebook. Pois, no facebook ela se suicida com sua sinceridade medíocre. Eis aí a qualidade do nosso sistema judiciário. Reforma do judiciário já.

  17. Digitou coliformes fecais aos jorros.

    A diarréia mental da tal senhora deveria ser punida com a sua exoneração do cargo que demonstra não ter nehuma condição de ocupar.

  18. A “racionalidade” brasileira e as fake news

    1 – Alguém já dissecou a leviandade dos argumentos da fulana, que acusa sem provas e volta atrás, mas mantendo a certeza da culpabilidade da vítima baseada na “lógica” segundo a qual (1) uma mulher de origem pobre e periférica não poderia “descer pro asfalto” bem-sucedida sem o apoio do tráfico da favela (será que por que na alta roda onde ela circula conhece quem depende do tráfico, de drogas e de influência, do condomínio fechado para se financiar e meritocraticamente galgar postos? alguém também já lembrou das acusações da ex ministra Calmon…) e (2) só poderia ser morta por seus iguais, oriundos da favela, pois mesmo ocupando um cargo como autoridade pública, não seria importante a ponto de incomodar as altas cúpulas do crime organizado oficial do asfalto (polícia militar e outros agentes do Estado). 

    2 – Nessa lógica radiográfica da elite nacional hereditária, outro aspecto fundamental: a luta de classes na favela, para essa gente, se dá apenas entre a comunidade e o tráfico, que são separados do Estado e a polícia, como representante opressora ou como vítima, não existe. Ou seja, se Marielle foi vítima de violência, só pode ser em decorrência lógica de seu vínculo inescapável com o tráfico – e bem determinada qual a agremiação, como se fosse briga entre torcedores de times rivais -, que naturalmente, como a lei da selva (ela não apresenta razões factuais para a afirmação, e para continuidade da argumentação prefiro descartar por ora a gravidade do fato de uma desembargadora que se informa por e acredita em correntes anônimas de aplicativo de mensagem, previamente à apuração de veracidade por órgãos oficiais) deve ser o responsável por sua vitória eleitoral pois engajamento partidário, resultado de anos de luta junto à comunidade, mérito pessoal da eleita, talvez a fulana nem saiba que existem por só conhecer provavelmente o que se pratica de toma-lá-dá-cá entre seus candidatos eletivos e também no judiciário. 

    3 – Não explica quais ações da ativista supostamente teriam traído o acordo – de resto, não detalhado – com o tráfico, pois é de duvidar da inteligência de qualquer um, e da própria ativista, considerando que a história política dela, pelo que foi veiculado nestes dias (há mais de dez anos de forma ativa no combate à violência do Estado, do tráfico e das milícias, inclusive em CPI estadual) , mantinha coerência e tamanha proximidade com a comunidade e pessoas envolvidas na causa dos direitos humanos e civis que qualquer vinculação suspeita com o tráfico não poderia ser mantida em segredo por tanto tempo. Novamente, na lógica da fulana a ativista não poderia ser a pessoa tão qualificada ética e politicamente que se viu na TV dos coxinhas e até em jornais do exterior, tinha que haver algo de errado, e o que explica essa inadequação é o destino inarredável de quem nasce na periferia/favela, envolvimento voluntário com a criminalidade. 

    4 – Mesmo sem querer, a injúria não foge à constatação de que o engajamento político da ativista foi o responsável pela sua morte, pois teria escolhido – e isso independe dos adversários que a fulana use para escamotear seu desprezo pela esquerda – a comunidade das favelas, e não contra os traficantes, contra a polícia ou contra o Estado, mas porque reconhecia sua condição de cidadãos vitimados pela violência e pela negação de seus direitos. 

    5 – Mais um exemplar da estupidez judicial que parece a maior contribuição brasileira à teoria do Direito das Elites: não tenho provas, e talvez não sejam encontradas nunca, mas temos a convicção inabalável, que é o que basta:

    “A verdade é que jamais saberemos ao certo o que determinou a morte da vereadora mas temos certeza de que seu comportamento, ditado por seu engajamento político, foi determinante para seu trágico fim.” 

    Essa a “racionalidade” que define o Brasil que soluça de golpe em golpe: “nós não sabemos por que” – entenda-se “não nos responsabilizamos porque na verdade saber a verdade não importa e até atrapalha o que realmente interessa, ai, a dissonância cognitiva é quase uma virose nas altas rodas…” – “mas temos certeza de que aquilo que você faz e nos incomoda é a razão necessária e suficiente para sua destruição, física e moral. Publique-se, intime-se, cumpra-se (e se der m*, apague ou diga para esquecerem o que você escreveu).”

    Teve aula de hermenêutica com quem a fulana? 

    P.S. Fake news não é considerar, e até publicar, todas as possibilidades mas nivelar as probabilidades sem qualquer recurso ao razoável, ao verossímil diante das evidências, e sem respeito ao tempo e desenvolvimento próprio da investigação, seja jornalística, científica (tá cheio de caso de resultados falsos de pesquisa publicados com inúmeras finalidades) ou policial. 

     

    Sampa/SP, 16/03/2018 – 23:51 (última alteração às 23:59)

  19. Ela adquiriu o padrão

    Ela adquiriu o padrão “NEVES”, o mesmo tipo de agente público que age politicamente como um tal AÉCIO “NEVES” , e que na verdade são apenas pedaços de papels daquele que o ator Alfredo entrega a sua patrôa na porta do WC, papel higienico “NEVE” da humanidade, usado e sujo.

  20. PADRÃO PF DE ACUSAR INOCENTES

    Eu postei imediatamente após saber da morte da vereadora, que o PSOL e outros agentes de notória honestidade deverão acompanhar as investigações, pois de ela ficar por conta da PF, do MP, Polícias Civil e Militar, quem vai ser responsabilizado por ela, será a própria vereaSDORA. Eles acharão, como Moro sempre acha, PROVAS DE ELA MATOU O MOTORISTA E SE MATOU DEPOIS SE MATOU, AÍ SAIU DO CARRO, DEU VÁRIOS TIROS PARA DENTRO DO CARRO E VOLTOU  A SENTAR NO BANCO, JÁ MORTA.

    COISAS QUE ESSA TURMA COSTUMA FAZER PARA  LIVRAR A CARA DE SEUA AGENTES CRIMINOSOS.

    Essa desembargador já deu seu recado, e vai mais muita CONVICÇÃO por aí.

    AH, SÓ PARA LEMBRAR, O DR. MORO ESTÁ LEILOANDO O “TRIPLEX DO LULA” CUJO NOME DO DONO ELE MESMO COLOCOU NO EDITAL: “OAS” E O DINHEIRO CORRESPONDENTE NÃO VAI SAIR DA CONTA DO LULA E SIM DA “OAS”.

    ESSE É O “PADRÃO POLICIA FEDERAL” DE ACUSAR INOCENTES, E MP E OUTRA POLÍCIAS FAZEM EXATAMENTE DA MESMA FORMA.

     

  21. A verdade que ninguém quer ver

    Capsulas pertencentes ao mesmo lote de munição que matou Marielle foi encontrado anteriormente entre vestígios recolhidos pela perícia na guerra de facções no Rio de Janeiro, ou seja, foi o narcotráfico que a matou: https://oglobo.globo.com/rio/lote-de-municao-que-matou-marielle-foi-usado-pelo-trafico-em-sao-goncalo-22499596

    Um candidato só faz campanha dentro da favela com a permissão do crime organizado e muitos candidatos acabam contraindo dívidas com esses bandidos para financiar suas campanhas. Os que não conseguem saldar suas dívidas podem ter o mesmo fim que, infelizmente, essa moça teve.

    Muita gente vai ter que engolir a seco o que será constatado ao final dessa investigação, se bem que muitos dirão que é farsa e preferirão se manter cegos para os fatos, e descobriremos que o comprometimento dela não era apenas com movimentos sociais, mas também com o narcotráfico,

    • Qualquer ‘cadáver sem valor’ abatido por munição do lote da PF..

      Qualquer ‘cadaver sem valor’ abatido por munição desviada do lote da PF é abatida pelo narcotráfico. Se eu fosse da PF e quisesse abater algum desafeto, eu teria sinal verde para fazê-lo, já que tudo seria creditado ao narcotráfico.

      Precisa-se de sangue azul para lavar as calçadas imundas desse esgoto a céu aberto chamado Brasil.

       

      Acho que a redação abaixo ficaria melhor com o NÃO:

      “Depois da repercussão negativa da postagem, Marilia fechou o conteúdo do seu perfil, mas não a tempo de sua manifestação NÃO ser copiada”.

  22. Por que o CV? juntem os pontos!

    Para quem não conhece o Rio, o CV tinha um acordo com o PCC até 2016 quando o acordo foi rompido e o PCC resolveu tomar as áreas do CV no Rio. Abriu-se a guerra no Rio. A informação está em uma matéria de 2016 do El País. Então é só juntar os pontos: culpar o CV e ao mesmo tempo liquidar uma força de esquerda em ascenção no Rio associando-a ao CV favoreceria a tomada do Rio pelo PCC e seus “aliados”. O PCC´é a organização criminosa mais rica do Brasil, tem dinheiro para comprar muita “gente de bem”.

  23. Que tem ……

    Otoridade que trabalha com bandido, tem mesmo……..tem até otoridade bandida, isso tambem tem……a “desbagaçadora” deve ter muitos amigos no BP 41….ou amigos milicianos….quem sabe….

  24. A Polícia Federal (PF) Quer
    A Polícia Federal (PF) Quer “Investigar” Como As Balas Que Mataram Marielle Vieram De Lotes Vendidos Para A PF De Brasília Em 2006. Mas, A PF Não Pode Investigar Ela Mesma! Uma Investigação Independente E Isenta Tem de ser feita No Congresso Nacional, A #CPIdaMariellehttps://www.esmaelmorais.com.br/2018/03/cpi-no-congresso-para-investigar-a-execucao-da-vereadora-marielle-franco/

  25. O PSOL e todas as
    O PSOL e todas as instituições que a vereadora participava deveriam entrar com ação contra essa desembargadora, e não esperar por órgãos obsoletos.
    Autoridades não deveriam usar redes sociais, pois podem julgar fatos análogos aos quais se manifestam.
    Pior ainda quando propagam calúnias baseados em postagens de internet.

  26. Não causa espanto ou surpresa

    Não causa espanto ou surpresa o fato de uma nóia do TJRJ admitir em público que existem vidas matáveis e vidas não matáveis. Foram os próprios juízes criaram essa distinção ao legalizar as execuções praticadas costumeiramente pelos policiais. https://t.co/iHXDWq803g

    Aliás, referida desembargadora conseguiu apenas comprovar minha tese de que o Brasil só consegue produzir cidadãos de bem bandidos. https://t.co/ulQ2bKLpse

     

    • Fabio ! Deixa eu dar meu

      Fabio ! Deixa eu dar meu pitaco, mesmo estando fora do tema principal! Concordo contigo . Com certeza o brasiu so consegue gerar cidadãos “de bem” bandidos, pois é extremamente dificil “vencer” financeiramente sem alguma treta neste país( E estes mesmo fazem a manutenção desta lógica para manter seu mercado) ! Logo os cidadãos de bem, que conseguem montar suas trincheiras de defesa, tem muito medo que suas velhacagens sejam inviabilizadas ou descobertas! Por consequencia disto, eles tem verdadeiro horror de identificar nas classes mais baixas, a similaridade de seus atos! Eles têm medo de olhar no espelho!   

  27. “Foi a Zona Sul”.

    [video:https://youtu.be/gf07wv6jZdw%5D

    Em vídeo, a vereadora confirma que obteve pouco mais de dez por cento dos seus votos, na região da Maré. Não foi a mais votada da favela, mas foi a única eleita. seus votos foram pulverizados em todas urnas da cidade. A mentira sobre apoio de bandidos não é só notícia fraudulenta, trata-se de calúnia e difamação divulgadas por mentes doentias e criminosas.

     

  28. Perto do comando que comandou

    Perto do comando que comandou a nomeação dessa senhora o CV é legítimo e bem vindo.

  29. Espero que estejam todos bem , no cemitério ……..

    Não raro , os integrantes desse clubinho fechado de privilegiados a que chamam “JUDICIARIO” (ser um dos poderes da República é apenas um detalhe) nos brindam com declarações nas quais permitem que nós –  a simples ralé –  tenhamos um vislumbre de como vivem e pensam suas excelências . 

    Uma gente fútil , completamente desconectada da situação do país e das funções do poder da qual fazem parte .

    Ser desembargadora , para essa senhora , é como ostentar um titulo de nobreza nos círculos sociais .

    Já que estamos aqui  , não custa perguntar : que fim levou aquela sua colega que concedeu um habeas corpus para o próprio filho traficante ? E aquele outro colega seu , que mandou prender um funcionário da alfândega o qual dificultou a liberação de suas taças de cristal tcheco ?  Tem ainda aquele notável e inesquecível , que processou o porteiro do prédio onde morava exigindo que o tratasse por EXCELÊNCIA ; e o melhor de todos , aquele seu colega do RN que ameaçou prender o garçom que lhe serviu uma bebida gelada . 

    Espero que estejam todos bem , no cemitério ……..

  30. coisa de gente a padecer de

    coisa de gente a padecer de decrepitude.

    essa excrecência não tem é o que fazer no seu ofício de “magistrada” e anda procurando o que fazer na internet. dá nisso.

    fantástica a imagem que se revela dos membros do judiciário. sujeitos toscos, medíocres, imbecis e, a despeito de tudo isso, extremamente vaidosos.

    não causa estranheza uma declaração dessas emanada de integrante de uma categoria que não se envergonha de fazer “greve” por auxílio-moradia.

  31. isso nada mais faz do que

    isso nada mais faz do que contribuir para jogar mais fundo na vala de coisas ignóbeis brasileiras a imagem do poder judiciário.

    parabéns à desembargadora. ela deve estar mesmo orgulhosa do que saiu da latrina que demonstra ser a sua cabeça.

  32. certas autoridades têm que

    certas autoridades têm que entender algo muito simples: moderação no que saem publicando na internet. 

    não é obrigatório ter opinião sobre 100% das ocorrências do mundo.

    se não há certeza absoluta sobre algo, domínio pleno sobre um dado assunto, o silêncio é altamente aconselhável. é feio demais que uma pessoa ocupante de um alto cargo se exponha dessa forma absolutamente ridícula. não condiz com um membro da cúpula do poder judiciário essa verborragia desbragada via internet. parece coisa de idoso senil que recém descobriu as “maravilhas” da internet.

    • Calar é genial!

      Como diria o baixinho Romário:

      – “Essa pessoa, calada é um gênio”

      Principalmente pelo cargo pelo qual recebe altos salários e “penduricalhos”!

  33. caso o que a sujeita falou

    caso o que a sujeita falou fosse baseado em alguma investigação, o fato ainda seria controverso, dado o fato de haver apuração em curso.

    mas não.

    ao se justificar, a sujeita disse que não se arrependia do que escreveu e que o seu relato foi baseado numa postagem de facebook feita por uma amiga.

    aí eu pergunto aos nobres amigos: isso é prosa de desembargador? resposta: é. o nível do judiciário brasileiro é exatamente esse.

  34. Os Ratos mataram os Herzog e acusaram-no de suicídio

    Alguém, no livre exercício de suas faculdades mentais, acha que essa elite parasitária e burra, que afunda barcos cheios de crianças e dorme tranquila, que matou Herzog e Zuzu Angel e nega os assassinatos, iria confessar, em vez de negar que é a responsável, se não direta, indiretamente, pelo assassinato da sublime Marielle?

  35. Quando vejo umas barbaridades

    Essa senhora, em sua verborrágia incontida, é mais uma integrante da aristocrácia jurídica a prestar grande serviço ao Brasil: mostrar as entranhas de uma categoria que, apodrecida*, se esforça dia a dia para contaminar o país inteiro com sua corrupção*.

     

    (*) podridão

    po·dri·dão

    Significado de Podridão

    subst. f.

    1. estado do que está podre: a podridão vegetal

    2. (fig) corrupção: podridão moral

     

    • Além das as “tretas”, pode

      Além das as “tretas”, pode observar que os concursos, normalmente admitem pessoas com alguma inteligencia, mas  predominantemente com grande capacidade de memória, não necessariamente inteligencia cognitiva ! Por isto temos estas aberrações!

    • MIMIMI sobre a Mariella Franco.

      Se como disse a desembargadora Marília Castro Neves, a Mariella foi assassinada pelo Comando Vermelho por não ter cumprido com “compromissos” assumidos com a facção, não seria o caso de a desembargadora apresentar as provas que possa ter a respeito e EXPLICAR DIREITINHO como é que ela sabe disso e porque “escondeu” essas informações para divulgá-las apenas depois de Mariella ter sido “silenciada”?

      Será que o Comando Vermelho gostou dessa acusação levantada por uma “jurista” de alta patente?

      SERÁ QUE VAI FICAR POR ISSO MESMO?

      OREMOS!

    • Essa apedrejamento público

      Essa apedrejamento público contra ela só está acontecendo porque é contra o PSOL, se fosse de qualquer outro partido ela teria sido ignorada.País da hipocrisia.

  36. Chamem o narcotráfico para o TJ-RJ

    Um cadáver comum tem tanto valor para o Comando Vermelho quanto tem para uma Desembargadora do TJ-RJ.

    Caso alguém venha a ser acusado e julgado pelo assassinato da Marielle, a Desembargadora se declarará impedida ou ficará com sua carinha de Amélia fingindo que está julgando?

  37. A “impoluta desbagaçadora”…..

    Firt class, baby……….Business no minimo……..

     

    Desembargadora que acusa Marielle de ser ligada ao Comando Vermelho soltou chefão da “máfia dos ingressos” na Copa

    https://www.diariodocentrodomundo.com.br/desembargadora-que-acusa-marielle-de-ser-ligada-ao-comando-vermelho-soltou-chefao-da-mafia-dos-ingressos-na-copa/

    Desembargadora que atacou Marielle foi casada com procurador geral do RJ que nunca investigou Cabral, Picciani…

    https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/desembargadora-que-atacou-marielle-foi-casada-com-procurador-geral-do-rj-que-nunca-investigou-cabral-picciani/

     

  38. Desembargadora do TJRJ acusa Marielle de parceria com o Comando

    A cada dia o judiciário (assim mesmo em minúscula) nos surpreendem. Que safra?!

  39. A execução de Mariele
    Pessoal, a quem interessaria a morte de Mariele num momento tão delicado? Sabemos que o tráfico tomou conta do Rio e outras capitais, isso além de outras coisas….

    Então, quem devemos exterminar: a polícia ou traficantes??? Ah, a morte de Mariele está mal contada, essa história de globo e outros está meia estranha, tchau…

  40. Sobre as provas …

    Se a desembargadora tiver as provas do comprometimento da vereadora com facções criminosas ela seria pressionada ao extremo para destruir todas as provas e passar por criminosa.

    Essa apedrejamento público contra ela só está acontecendo porque é contra o PSOL, se fosse de qualquer outro partido ela teria sido ignorada.

    País da hipocrisia.

  41. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome