Expandiram-se demais as investigações, além dos limites, dispara Gilmar

Jornal GGN – Ministro do Supremo Tribuna Federal, Gilmar Mendes disse que as investigações da Lava Jato “expandiram-se demais, além dos limites”. A avaliação foi feita durante um evento do Grupo Lide em Pernambuco, na noite de segunda (19). Na palestra, gravda e disponível no Youtube, Gilmar deixa claro que sua opinião está relacionada às apurações que envolvem juízes, o presidente Michel Temer e aliados. 

“Qual o objetivo do inquérito [contra os ministros Marcelo Navarro e Francisco Falcão , do Superior Tribunal de Justiça]? Vai levar a uma conclusão que mostra um ilícito? Não. O objetivo é constranger o juiz, o tribunal e a magistratura! Expandiu-se demais as investigações, além dos limites. Abre-se inquérito para saber coisas que já se sabe de plano, mas o objetivo é impor medo nas pessoa, desacreditá-las”, disse Gilmar.

“As investigações devem ser questionadas e devem ter limites. Não podemos despencar para um Estado policial. Como também não se pode cogitar de investigações feitas na calada da noite. Arranjos, ações controladas, que tem alvo muitas vezes qualquer autoridade. Ou o próprio presidente da República, porque não?”, acrescentou, em outro momento.
 
O ministro ainda mandou um recado para os membros da força-tarefa: “Quem quer fazer política, que vá aos partidos. Não faça política na promotoria ou nos tribunais.”
 
Gilmar ainda comentou que juízes e membros do MP não deveriam se envolver com política. “Deus nos livre de um governo de juiz ou promotores. Os autoritarismos que vemos ai já mostram que não teríamos um governo, mas sim uma ditadura de juízes ou promotores. Nós não iríamos gerir melhor o dinheiro público. Basta ver decisão que obriga a pagar auxílio-moradia mesmo a juízes que tenham casa onde atuam. Isso custa 800 milhões por ano. Decisão que copia prática já feita no MP. Ninguém cumpre teto, só o Supremo. Vamos confiar a essas pessoas a gestão da coisa pública?”
 
As falas de Gilmar geraram reação negativa no procurador da Lava Jato em Curitiba, Carlos Fernando dos Santos Lima. No Facebook, ele disse que “Gilmar Mendes ameaça todo combate à corrupção de retrocesso. Quer impedir o Ministério Público de investigar. Quer impedir a execução da pena após a decisão de 2º grau. Precisamos resistir e fazer valer as leis e a Constituição, e não a vontade de déspotas pouco esclarecidos.”
 
Sem citar nomes, Rodrigo Janot, procurador-geral da República, responsável por conduzir o inquérito contra Temer, disse que os poderosos envolvidos na Lava Jato estão sendo protegidos por figuras do Judiciário.
 
Assista ao vídeo abaixo:
 
https://www.youtube.com/watch?v=_ztOHBUngAY
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Justiça nega pedido de adiamento do Enem

32 comentários

  1. As gilmargices de Gilmar Mendes

    Mais uma para entrar para o anedotario das gilmarnianas: “Expandiu-se demais as investigações, além dos limites.”  Ele poderia ter complementado com “o limite é o ultimo petista da fila. A partir dai, não pode mais!”

    E dando palestra para Lide…. Eita mundo pequeno.

  2. É irrelevante o julgamento

    É irrelevante o julgamento sobre a pessoa fisica do Ministro Gilmar. Ele está defendendo a classe politica e nela está inserido o PT. A cegueira da esquerda é insuperavel através da Historia. Os socialistas alemães combatiam os comunistas em 1932 enquanto Hitler se preparava para assumir o poder.  A esquerda historicamente não sabe quem é o inimigo.

    • Desculpe, André, mas você

      Desculpe, André, mas você está dizendo que os fins justificam os meios?

      Gilmar Mendes só está criticando os “excessos” porque agora estão atingindo os seus. Quando era só o PT, estava ótimo. Ele mesmo usou um desses “excessos” (uma gravação ilegal) para impedir a posse de Lula como ministro. Não vejo como possamos chamar de “cegueira” a crítica ao comportamento de Gilmar Mendes, quando as intenções de suas declarações clarmente são mais falsas que uma nota de R$ 3,00.

      • O André é um otimo contador

        O André é um otimo contador de histórias. Mormente as que

        envolvem reis, rainhas, condes, primeiros ministros, por aí a fora.

        Quando sai deste quadrado costuma tropeçar nos calcanhares e

        mostrar-se.

      • Não interessa o PORQUE,

        Não interessa o PORQUE, interessa se o que ele esta fazendo ajuda o PT. Quando Churchil se aliou a Stalin em julho de 1941

        não foi para salvar o comunismo, Churchill era o maior anti-comunista do planeta, foi para com Stalin ajudar a derrotar Hitler, que era o inimigo imediato, o comunismo continuava a ser inimigo mas a urgencia era derrotar Hitler que ameaçava dos dois.

        Derrotado Hitler os aliados se desligam de Stalin, que passa a ser novamente o inimigo principal. Assim é a POLITICA, a ESTRATEGIA, a DIPLOMACIA, não há inimigos eternos e nem amigos para sempre, não é possivel discutir politica  com

        a perspectivas de comadres de vila “olhe, ela falou mal de mim, agora não olho na cara dela porque no ano passado ela me xingou de gorda”, politica não é isso, politica é o JOGO DE ALIANÇAS no XADREZ DAS BATALHAS.

        • Aliança contra quem? De gangues mafiosas contra a Máfia ?

          É mais ou menos como a Associação de Moradores se associar às gangues e milícias que controlam a comunidade? Pra derrubar alguma delas? Fala sério…

          Os ingleses se aliariam até ao Bundequistão em julho/41, pois estavam isolados e futricados. Numa boa shit..

          Se não fosse a URSS, que viabilizou mais tarde,a ajuda do titio SAM, além da (feliz) burrice do psicopata austríaco venerado à própria nação alemã, de interromper os ataques à ilha que poderia tomar, ao invés de virar-lhes as costas, para atacar o general “inverno”, os ingleses poderiam estar comendo mais chucrute em vez de torta de rim de ovelha…

          Aliás, eu que sou burro como Hitler, ainda não entendi quem é o seu “inimigo comum”.Quem é?

    • Menos, André. A “expansão” do

      Menos, André. A “expansão” do Gilmar é o Psdb e o amigo Temer. Esse juiz militante político não está e nunca esteve interessado em defesa da normalidade jurídica. Ele defende os seus interesses e os interesses de seus pares corruptos de agremiação politica. Ele, tal qual o Augusto Nunes, defendem a Lava Jato de Curitiba, a de Brasília é que expandiu demais. Porque na sua defesa da classe política não cabe a esquerda e o PT.

      E existe uma distinção enorme, inclusive na qualidade dos personagens, entre os períodos históricos comparados por você. No nazismo havia disputas ideológicas, no Brasil atual trata-se de proteger de corruptos. Não há ideologia ou projeto econômico envolvido nesta disputa. 

       

      • Minha cara Vera, numa batalha

        Minha cara Vera, numa batalha é preciso identificar o inimigo de hoje, não interessa o passado, politica não se faz com rancor

        e vingança, o inimigo de ontem pode ser o aliado de hoe, o PT não é o centro da Lava Jato, é apenas uma batalha, o alvo geral é o conjunto da POLITICA, como na operação Maos Limpas na Italia, modelo deles, TODOS os partidos italianos, da direita
        à esquerda, foram destuidos. Gilmar é hoje o UNICO defensor da Politica, ele hoje é aliado e não inimigo, esqueça do passado.

        Quando os movimentos revolucionarios iniciados na França se espalharam pela Europa depois da queda de Napoleão, o Rei da Pussia, Frederico Guilherme III, o Imperador da Austria, Francisco I e o Imperador da Russia, Alexandre I, inimigos seculares,

        se uniram na SANTA ALIANÇA para manter o controle da Europa. Todos contra o unimigo comum.

        Hoje o que salvará a politica é um acordo do PT com o PMDB e o PSDB para defesa comum, sem isso serão esmagados.

        • E depois?

          A trairagem do PSDB e do PMDB já está comprovada. Um acordo entre PSDB, PMDB e PT para derrotar um inimigo comum vai terminar com o PMDB e o PT enfiando um punhal nas costas do PT assim que o inimigo comum estiver derrotado.

          Como é possível um acordo nessas condições?

          Faça-me um favor, não nos tome por completos imbecis. Ser traído uma vez é uma coisa, mas insistir no erro é burrice.

          O PT tem que se aliar com o povo, falar com a classe trabalhadora, dialogar com a sociedade, só assim a democracia pode ser reconstruída um dia. E não será nada fácil.

          • Partilho da mesma opinião,

            Partilho da mesma opinião, Ruy. O PT não apurou a privataria e por muito pouco não carrega sozinho a pecha de partido mais corrupto do país. 

        • Não há dúvida de que tem que

          Não há dúvida de que tem que se preservar o exercício da política. Mas me parece que no estágio atual da Lava Jato existe um equilibrio e discernimento maior e o fator de desestabilização não é mais o procurador geral, mas Gilmar Mendes. Tanto que  Janot anunciou neste inicio de semana o propósito de separar a acusação de políticos envolvidos em propina pessoal e políticos envolvidos com caixa 2. E as penas para os politicos envolvidos com caixa 2 seriam menores, com multas e prestação de serviço comunitário. 

          O que não se pode preservar, e creio que aí Janot/Lava Jato estão certos, é essa quadrilha que esta destruindo o país e que achaca todos os presidentes eleitos, sejam de centro, direita ou esquerda. Não são políticos, são ladrões e sua exclusão da vida pública fará bem ao país. Juizes desclassificados, partidários e com interesses como Gilmar e Moro também deveriam ser impedidos de atuar.

    • Fala sério, André Araújo

      André, você é um cego tentando guiar supostos cegos.

      Certamente, o André desconhece quem é o autor da pérola abaixo:

      “O Proer, graças a uma ação promovida contra Pedro Parente, Pedro Malan e José Serra, foi condenado, porque deu prejuízo ao país, em uma ação incentivada pelo “lulopetismo”. Essas pessoas estariam inelegíveis hoje. O Proer é um escândalo. Uma ação que salvou o país, agora aparecem palpiteiros politizados que manejam essa ação de maneira intencional. E aí as pessoas ficam expostas à essa sanha de quem não entende nada de política pública, que não sabem nada do que se está fazendo e aí e saem a palpitar. Ou seja, gente do melhor quilate, como Serra, Malan e Pedro Parente, está submetida à ação de improbidade até hoje, enquanto esses ladravazes estão soltos”.

       Então, André Araújo, quem são os ladravazes do Gigi Dantas? Quem seria a gente do melhor quilate? Seria o Zé Dirceu? O Genoíno? Seria o Lula ou a Dilma? Ah, já sei, seria o Mantega. Já os ladravazes seriam o Aécio e o Temer, né?

    • André. lê isso aí

      Quem sabe você entenda alguma coisa:

      http://brasil.elpais.com/brasil/2017/02/14/politica/1487109644_038135.html

      Preste atenção especialmente nessa parte abaixo

       

      Uso de mandado de segurança

      O que disse Gilmar Mendes sobre Lula: o magistrado disse que o instrumento jurídico usado pelos partidos políticos era adequado, contradizendo, inclusive, leitura que ele mesmo tinha feito antes

      Eu mesmo registrei discordância quanto à possibilidade do partido políticoimpetrar segurança em favor de ‘interesses outros que não os de seus eventuais filiados’. Percebo que a análise que fiz daquela feita foi excessivamente restritiva”

        • Gilmar Mendes: Um canalha hoje como ontem

          Defender uma figura repugnante como Gilmar Mendes apenas porque ele está fazendo um discurso de ocasião que seria correto se aplicado a todos, não apenas à sua própria curriola, como é sua intenção, não é esperteza,é burrice.

          Concordo que deve-se ter muito cuidado ao atacar Gilmar Mendes para não acabar ajudando a corja de fascistas do MP e judiciário, mas também acho que isso não significa esquecer o papel que essa infame criatura teve e ainda tem no empoderamento e ações infames dessa mesma escumalha.

          O HOJE é o seguinte: Gilmar está brigando com a Lava-a-jato para defender os tucanos. Não está defendendo a democracia, o Estado de Direito, as leis e muito menos a justiça. É um canalha em todos os aspectos, mesmo brigando com outros canalhas.

    • Não é verdade

      Não, Gilmar não está defendendo a classe política, ele está defendendo uUMA PARTE da classe política, os seus correligionários.

      Quando é para falar dos adversários dos tucanos ele usa argumentos diametralmente opostos aos que está usando para defender a tucanagem. Usou o discurso inverso antes, contra o PT e veai inverter o discurso de novo quando lhe for conveniente.

      Repito, ele não está defendendo a classe política, está defendendo os tucanos e peemedebistas golpistas, que são aliados dos bicudos.

      A esquerda tem problema de falta de unidade sim, mas isso não tem nada a ver com o Gilmar. No exemplo que você mesmo citou, Gilmar é aliado de Hitler e inimigo figadal de socialistas, comunistas e social democratas… Só está fazendo pose para defender os nazistas, mesmo que com isso ele acabe usando argumentos que seriam válidos se ele os usasse para todos e não apenas para sua própria curriola.

      • O André Araújo toma a parte pelo todo

        Não faça isso, André, pois confundir a parte com o todo é falácia.

        Foi ignorância ou má-fé?

  3. O maior spoiler da história

    O maior spoiler da história é o grampo do Machado com o Romero Jucá.

    Lá pudemos saber, evidentemente, sobre “um grande acordo nacional”, para “botar o Michel”, “com supremo, com tudo”, para “estancar a sangria”.

    Esta fala do Gilmar Mendes é só a consecução de tudo o que foi gravado.

    O Brasil, infelizmente, virou o país da chacota.

  4. Cara de Pau …
    Então as

    Cara de Pau …

    Então as investigações só deviam ser feita só para apurar crimes dos petistas?

    Investigar qualquer um que não seja petista é expandir demais a investigação.

    Condena-se primeiro no tribunal da midia, tendo praticado crime ou não, tenha-se prova ou não.

    Mas se for um  aliado deste energumino, mesmo com o excesso de prova dos crimes, absolva-se de imediato, pois

    isto significa “expandir demais a investigação”.

     

  5. Concordo

    plenamente com o André Araújo, mesmo sabendo que o Gilmar só resolveu peitar os moleques de Curitiba porque os seus amigos do PSDB entraram na roda.

  6. O que o Palestrante-Procurador tem a dizer sobre isso?

    O que o Palestrante/Procurador, ou seria Procurador/Palestrante, tem a dizer sobre a ruptura dos limites pelos investigadores?

    Nec plus ultra Gilmariano. As coisas devem parar nos limites da Senzala.

     

  7. Precisamos resistir e fazer valer as leis e a Constituição?

    Pois bem, se precisamos resistir e fazer valer as leis e a Constituição, porque as autoridades recebem salários além do teto constitucional?

    Porque dão palestras?

    Porque prendem réus antes do trânsito em julgado de sentença penal condenatória?

    Porque determinam a condução coercitiva sem prévia recusa a comparecimento?

    Porque denunciam com base em convicções e quando há provas mas não há convicção não se denuncia?

     

    Ninguém respeita a constituibosta mas todos acreditam no futuro da Nação. Que país é este?

  8. O PT devia cobrar direitos autorais do Gilmar Mendes

    Ou royalties, seguindo a linha afetada dele mesmo (Gilmar Mendes), que adora citações em língua estrangeira.

    Gilmar agora defende tudo que o PT denuncia há 3 anos. Com a reserva, claro, de que tudo que ele agora diz só se aplica a Temer e Aécio…

  9. AÉCIO… PRESO?! A HORA DA VERDADE PRO “ACORDÃO”

    AÉCIO… PRESO?! A HORA DA VERDADE SOBRE A QUANTAS ANDA O “ACORDÃO”

    Por Romulus e Núcleo Duro

    Mais uma rodada, pessoal. Destaque MÁXIMO do dia:

    “(…) Tem ‘pautas’ do Acordão cujo preço é incerto, variável, de difícil estimação prévia…

    P.e., “prender o Aécio” pode sair… ‘barato’.

    Mas…

    Pode sair beeem ‘caro’ também, se ele pirar na cadeia.

    Aécio está looonge de ter a resiliência física e moral de uma certa ~PresidentA~…

    Aquela que, na juventude, atendia pelo codinome “Vanda”, na VAR Palmares, sabe…

    Em abstinência de… hmmm… “liberdade”, digamos… Aécio sempre pode acabar “causando”, né…

    Ou até morrer!

    Vide Mani Pulite…

    Afinal, “tem que ser um que a gente mata antes de ele delatar” – apud… Aécio (!), não é isso??

    Deve estar com o c* na mão.

    Porque o seu bem-estar deixa de depender dele na Papuda.

    Pode ser paranoia, mas nunca se sabe, né…

    Afinal…

    Cai tanto jatinho no Brasil…”

     

    LEIA MAIS »

  10. Apagaram-se as luzes e…

    Apagaram-se as luzes e, em seguida, ouviu-se um tiro acidental que foi suficiente para os confrades, desconfiados e matreiros que são, passarem a trocar tiros a torto e a direito entre si

  11. Acho hilariante a raivinha de

    Acho hilariante a raivinha de alguns aqui diante das colocações do André. 

    Não sei se são burros, pueris ou se fazem de burros e pueris. 

     

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome