Lava Jato vaza delação que inocenta Lula

Jornal GGN – Mais um vazamento seletivo da Lava Jato, com o objetivo de acertar a imagem do ex-presidente Lula (PT), entra para as estatísticas. Mas, dessa vez, a leitura é curiosa. Só quem chegou ao final da matéria publicada pelo Estadão, na quarta (29), pôde compreender que trechos de duas delações premiadas mais parecem servir de peça de defesa para Lula nas denúncias de tráfico de influência internacional e recebimento de propina via empresa de palestras, a LILS.

Leia mais: Lava Jato sob Moro atingiu ápice dias antes do impeachment

As delações, obtidas pelo Estadão, são de Flávio Gomes Machado Filho e Otávio Azevedo, executivo e ex-presidente da Andrade Gutierrez.

Consta nos documentos divulgados pelo Estadão os “detalhes” da participação de Lula em negócio da Andrade Gutierrez na Venezuela.

A edição do jornal, num primeiro momento, leva à interpretação de que Lula ajudou a burlar uma “concorrência internacional” em favor da empresa brasileira, mas as delações explicam o que aconteceu.

Em meados de 2008, a Andrade Gutierrez disputava na Venezuela uma obra com uma empresa de origem italiana, a Danielle. Percebendo que não chegaria a ser escolhida pelo então presidente Hugo Chávez, dirigentes da Andrade buscaram o contato de Lula, que disse que só ajudaria se nenhuma outra empresa nacional estivesse disputando o mesmo projeto.

Pela delação de Machado Filho, é possível compreender que na Venezuela não há lei de licitação como no Brasil. As empresas lá são contratadas por “indicação”. A italiana tinha o apoio do governo daquele país. Por isso, a Andrade Gutierrez decidiu recorrer ao presidente brasileiro.

Tanto Mesquita quanto Azevedo afirmam que Lula não pediu nem recebeu nada em troca de apresentar a Andrade Gutierrez para Hugo Chávez numa reunião em Recife. Após o lobby de Lula, a Andrade Gutierrez ganhou o projeto, que foi executado com financiamento do BNDES.

Leia também:  Por que Deltan Dallagnol não entrega seu celular para a perícia?, por Luis Nassif

À força-tarefa da Lava Jato, Azevedo ainda negou que a Andrade Gutierrez tenha pago propina a Lula via contratação fictícia de palestras, pela empresa LILS. O executivo afirmou que as cinco palestras foram comprovadamente executadas por Lula.

ONDE ESTÁ A DENÚNCIA?

O destaque do Estadão foi para a denúncia de que pela obra conquistada na Venezuela, com financiamento do BNDES, o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, procurou o executivo Flávio Machado para cobrar propina de 1% sobre o contrato fechado.

Segundo Otávio Azevedo – que disse ter ouvido a história de Machado – a Andrade Gutierrez pagou a propina supostamente exigida por Vaccari via doação oficial, contabilizada e registrada na Justiça Eleitoral.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

61 comentários

  1. O crime perfeito. Lula dá uma

    O crime perfeito. Lula dá uma palavrinha com o Chavez acerca da empresa brasileira, a embrea brasileira é escolhida e em seguida entra o Vaccari para cobrar a “taxa de administração” de 1% que é repassada ao partido oficialmente como doação eleitoral. Engenhoso…

    • Só não entendeu o espaço de

      Só não entendeu o espaço de tempo entre uma coisa é outra… realmente com essa mente doente coxinha pode tudo, tudo é ilegal, só as palestras do príncipe são legais, por falar nisso aquele parcelamentor em valores fixos combinádos deu no que mesmo, já  sei não  vem ao caso

    •  Dedução do tipo “besteira

       Dedução do tipo “besteira perfeita”. Qual o crime ou quais os crimes, companheiro? Falácia do tipo non sequitur. 

       

       

      • Bem

        Se ficar comprovada a relação entre a cobrança de Vaccari e a interferência de Lula junto a alguma autoridade venezuelana, há uma clara infração do Art. 337-C do Código Penal.

        A lei frisa que não é necessário ninguém exigir ou cobrar vantagem para si ou para outrem, basta obter a vantagem. Ou seja, mesmo que a empreiteira procurasse o partido expontaneamente e dissesse que estava contribuindo com valor X devido a ajuda recebida em tal contrato, quem aceitasse a contribuição já estaria incorrendo em crime.

        Você foi bancário de banco estatal por muitos anos e sabe bem disso. Se um cliente do banco lhe procurasse expontaneamente para retribuir qualquer ação sua e você aceitasse, estaria incorrendo em crime, mesmo que fosse através de uma doação para a paróquia que você frequenta e não para você.

        • Chifre em cabeça de burro

          Reza o CP no artigo que você menciona:

          Art. 337-C. Solicitar, exigir, cobrar ou obter, para si ou para outrem, direta ou indiretamente, vantagem ou promessa de vantagem a pretexto de influir em ato praticado por funcionário público estrangeiro no exercício de suas funções, relacionado a transação comercial internacional: (Incluído pela Lei nº 10467, de 11.6.2002).

          Na matéria do post está escrito o seguinte:

          “Tanto Mesquita quanto Azevedo afirmam que Lula não pediu nem recebeu nada em troca de apresentar a Andrade Gutierrez para Hugo Chávez numa reunião em Recife.”

          Se Lula não solicitou, exigiu, cobrou ou obteve para si, ou para outrem, etc. etc., não se enquadra no item legal a que você se refere.

          A especulação de que a Andrade Gutierrez teria feito a doação pedida por Vaccari como retribuição ao lobby de Lula junto a Chávez fica muito enfraquecida pela notícia a seguir: 

          “A construtora Andrade Gutierrez fez mais de 100 doações a candidatos, diretórios e comitês de campanhas eleitorais de 2014, investindo um total de R$ 83,8 milhões. Os dados constam na prestação de contas entregue ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A maior fatia foi para o PSDB, seguido da presidente Dilma e do próprio PT.”

          A notícia indica que a empreiteira tinha por prática fazer doações a partidos e candidatos. Não é crível, por isto, que a doação solicitada por Vaccari, justamente esta, seja pagamento de propina, e as outras não sejam (não são, pois o MP não manifestou suspeita em relação a elas). Por que, então, somente uma específica doação feita ao PT seria pagamento de propina? E as outras feitas ao PT, ao PSDB e a candidatos? Ou todas são propinas, ou todas não são. Se a empreiteira fazia as doações generalizada e espontaneamente, não há que se falar em que uma única doação legal seja pagamento de propina. A empresa doava até para partido que não governava, e não precisava ser “cobrada” para doar.

          De se lembrar que um dos gurus dos golpistas e que é incensado pela direita, o ministro Gilmar Mendes, faz campanha pelo restabelecimento de doações empresariais, enquanto as esquerdas em geral, e em particular o PT, são contrárias às doações empresariais. Não é crível que o partido que se pôs contra as doações empresariais seja aquele que, dentre centenas de doações legais, tenha recebido uma delas a título de propina.

          Supondo, porém, para argumentar que essa específica doação seja pagamento de propina, não seria pela ajuda que Lula deu à empreiteira, mas pela liberação dos recursos no BNDES, é óbvio, dadas as datas dos eventos. Mesmo que fosse  propina, uma coisa (a pretensa propina) nada tem a ver com a outra (o lobby de Lula em favor da empreiteira).

          De qualquer forma, não há como relacionar a ajuda que Lula deu à empreiteira com a doação legal feita pela empresa, uma de muitas, ao PT. Ademais disto, querer associar doação feita anos após a ajuda que Lula deu a uma empresa brasileira, o que os presidentes dos principais países democráticos fazem rotineiramente, é preciosismo idiota, coisa de lesa-pátria, que tem o pendor de prejudicar as empresas brasileiras, coisa de idiotas traidores da nação.

          O que se depreende disso tudo é que você, certamente por motivações políticas e não em honra da Justiça, está a buscar chifre em cabeça de burro, como outros têm feito nas historietas do triplex, sítio, barco etc..

          • Assim ó :

            Tem um documento oficial, uma confissão de crime, onde o criminoso confessa que pagou por um favor que recebeu.

            Mas só uma confissão não prova absolutamente nada.

            Se o criminoso vai conseguir provar que cometeu o crime ou não, e que aquele que ele acusa é também criminoso, não sei e espero, como cidadão, que os investigadores elucidem isto. Alguém tem que ser punido nessa história, ou o cara que fez uma confissão falsa de crime ou quem ele acusou.

            Assim sendo, se o denunciado realmente pediu, se aceitou, se Lula sabia do pedido ou não, eu não estou discutindo e nem tenho a mínima condição de formar juízo no momento.

            A única coisa que estou afirmando é que : este crime é previsto em lei, ao contrário do que foi dito em boa parte dos comentários.

             

             

    • Leia primeiro antes de falar asneiras…

      Antes de ABRIR A BOCA PARA BESTEIRAS, SERIA BOM TER SE DADO AO TRABALHO DE TER LIDO O QUE ESTÁ  ESCRITO!

      A AG procurou o LULA PRESIDENTE EM 2008 enquanto CHAVES ESTAVA VIVO!

      O Vaccari esteve com a AG EM 2014 E SEGUNDO A PRÓPRIA AG EM DOAÇÕES LEGAIS!

      São apenas 6 anos de diferença!

      Bem capaz de alguem cobrar propina 6 anos depois…

      Pior!

      É alguem pagar…

      Coxinha, volta para escola…

       

      • Como diria Einstein, o tempo

        Como diria Einstein, o tempo é relativo… e de relatividades temporais alguns partidos entendem muito bem. Haja visto os emprestimos feitos pelo Bunlai e pagos apenas alguns anos depois.

        • Eu financiei uma casa.

          E paguei alguns depois depois. Por isso é empréstimo. Pegar e pagar na hora não é empréstimo. É mera troca de mãos.

  2. Primeira vez que ouço falar

    Primeira vez que ouço falar em propina sem achaque, pedida depois do negócio fechado, e o mais importante: propina contabilizada e registrada na Justiça Eleitoral. Se a empresa se recusasse, o que Vaccari faria? Interromperia a obra?

    Toda doação a campanha política, ainda que solicitada, é considerada propina? Mesmo as registradas legalmente pelo partido? E existe doação não solicitada?

  3. E daí?

    Os caras tinham um problema.

    Procuraram Lula para ajudá-los.

    Lula não cobrou nada. Qualquer outro lobista teria cobrado algo.

    Eles ganharam a licitação.

    Depois, Vaccari, fazendo o seu trabalho, vai até os caras pedir uma contribuição de campanha.

    A pergunta que se deve fazer aqui é: A empresa se sentiu lesada?

    Porque isso que Lula fez NÃO É ILEGAL na Venezuela.

    E as leis brasileiras não vlaem na Venezuela.

    E se a empresa está satisfeita, qual o problema?

  4. Denúncia inepta e muita má-fé. Mais nada.

    Prezados,

     

    Fica evidente a improcedência e inépcia da denúncia, tentando incriminar Lula. Mais ainda: fica evidente a forçação de barra tentando imputar crime a João Vaccari, criminalizando a doação oficial, devidamente registrada na justiça eleitoral. Márcio Fortes, do PSDB, fez o mesmo que os tesoureiros do PT e jamais foi sequer investigado. Para moro e a quadrilha da Farsa a Jato só há propina e crime em doações ao PT, mas não a outros partidos golpistas de direita.

  5. E os outros?

    Da Folha de Pernambuco

     

    Causa da morte de Paulo Cesar Morato foi envenenamento

    Pesticida teria causado morte; Folha de Pernambuco antecipa com exclusividade o laudo médico

    Flavio Japa/Folha de PernambucoCorpo de Morato foi encontrado, no dia 22 de junho, em um motel em OlindaA causa da morte de Paulo César de Barros Morato foi envenenamento. A informação foi apurada pela reportagem da Folha de Pernambuco, com exclusividade, na tarde desta quinta-feira (30). Com o resultado, a polícia ficará responsável em apurar se o empresário se envenenou ou foi envenenado. De acordo com outra fonte da Folha, o produto que causou o envenenamento foi um pesticida.

     

    Divulgação/PFMorato seria “testa de ferro” de organizaçãoO corpo de Morato já está liberado pelo Instituto Médico Legal (IML), que aguarda a família dele. Segundo nossas fontes, a causa da morte que aparece no laudo é “intoxicação exógena”. 

     

    Morato é considerado o “testa de ferro” da organização criminosa suspeita de levar dinheiro para as campanhas do ex-governador Eduardo Campos e foi encontrado morto no dia 22 de junho, no Motel Tititi, em Olinda, Região Metropolitana do Recife.

    O empresário estava foragido desde a última terça-feira (21), quando a PF cumpriu 62 mandados judiciais e prendeu quatro pessoas, no âmbito da Operação Turbulência. Durante a estadia no motel, Morato chegou a pedir somente uma água.

    Ele teria chegado por volta do meio-dia, da terça (21), sozinho em um Jeep Renagade. Na quarta (22), funcionários do estabelecimento decidiram abrir o quarto com a chave-mestra, já que o empresário não renovou a diária. O corpo foi encontrado em cima da cama, sem sinais de violência, sangue ou arma.

     

    No quarto onde Paulo Cesar de Barros Morato foi encontrado, a Polícia Civil recolheu cartelas de remédios em uso, três aparelhos celulares – iPhone 5, iPhone 6 e um da marca Blue -, vários óculos de grau e sol, três carteiras de couro marrom, três cheques em branco – dois do Banco do Brasil e um do Bradesco -, além de 53 envelopes vazios para depósito do Banco do Brasil, R$ 3 mil em espécie, R$ 4,95 em moedas, sete pendrives e um boneco do Homem-Aranha.

     

     

    Clemilson Campos/Folha de PernambucoAusência de perícia no quarto onde Morato foi encontrado virou alvo de queixa do Sinpol. SDS diz ter feito procedimentoPerícia
    Na quinta-feira (23), a Polícia Civil suspendeu a perícia no quarto do motel onde Morato foi encontrado. Os papiloscopistas chegaram ao motel às 10p2, mas nem pisaram na cena do crime. Partiram poucos minutos depois, ao receber um telefonema da chefia da Divisão de Crimes da Polícia Civil, orientando que não fizessem a perícia. Nenhuma outra explicação foi dada. O advogado do motel, Higínio Marinsalta, chegou a informar que o estabelecimento aguardava instruções da Polícia.

     

    A falta de perícia no quarto onde o empresário foi achado levou o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE) e a Associação dos Peritos de Pernambuco (Asppape) a protocolar um pedido de informações na Secretaria de Defesa Social (SDS) a respeito dos procedimentos tomados no caso da morte de Paulo César Morato, na segunda-feira (27). As entidades explicaram que a delegada Gleide Ângelo solicitou a realização do exame quando o corpo foi encontrado, na noite da quarta (22), mas os papiloscopistas não conseguiram iniciar o procedimento.

    A informação contradiz a declaração da gerente geral de Polícia Científica, Sandra Santos. Durante coletiva de imprensa ainda na quinta-feira (23), ela chegou a dizer que o procedimento foi feito.

    Na última quarta (29), o Sindicato dos Policiais Civis do Estado (Sinpol-PE) criticou as modificações feitas na perícias no corpo do empresário. As vísceras de Paulo César de Barros Morato foram encaminhadas para o IML da Paraíba na segunda-feira (27). O legista retornou no mesmo dia à Capital pernambucana.

    Vida pacata
    Considerado “testa de ferro” da organização criminosa suspeita de lavar dinheiro para financiar as campanhas do ex-governador Eduardo Campos, em 2010 e 2014, Paulo Cesar de Barros Morato pode ter sido um laranja. Com exclusividade, a Folha de Pernambuco e o portal FolhaPE mostraram que o suspeito levava uma vida simples no município de Tamandaré, a 100km do Recife.

    Morato tinha um ponto de vendas e conserto de celulares anexado à casa onde morava de aluguel, na rua José Bezerra Sobrinho. Ele morava com a esposa, que trabalhava como revendedora de uma marca de cosméticos, e ajudava a criar suas duas filhas. A Folha de Pernambuco chegou a ir ao local e descobriu que o empresário era bem admirado pelos vizinhos. Uma moradora da região chegou a dizer que “não tinha tempo ruim com ele” e que ele “falava com qualquer pessoa, de mendido a advogado”.

    Um mapeamento da Folha de Pernambuco sobre os últimos passos de Morato mostrou que o empresário buscava fugir do mapa. Em maio de 2015, dois meses antes da Operação Politeia, o empresário deixou a casa em Tamandaré. A operação foi o primeiro desdobramento da Operação Lava Jato. Segundo a apuração, Morato já desconfiava, ou foi informado, que as investigações poderiam lhe custar a prisão. No período de um ano, ele também encerrou as atividades comerciais.

    Com base no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), a Câmara & Vasconcelos é localizada na avenida Ernesto de Paula Santos, número 187, em Boa Viagem, mas no local, funcionários do empresarial explicaram que o negócio não funciona no local há pelo menos um ano e meio e que não havia muita circulação de pessoas no escritório.

    O Jeep Renegade, que estava com Morato no dia em que ele foi encontrado morto, também não está no nome dele. As multas debitadas ao carro revelam trechos percorridos entre Recife e as cidades de Olinda e Igarassu, na Região Metropolitana. Todas elas apontam infrações por velocidade superior à máxima permitida. O último ano de Paulo, portanto, dá a impressão de que ele submergiu para não ser encontrado.

    Testa de ferro
    Morato era o único foragido da Operação Turbulência, deflagrada na última terça (21). Ele seria o real proprietário da empresa Câmara & Vasconcelos, envolvida na compra do avião Cessna Citation PR-AFA. A aeronave transportava o ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência em 2014 Eduardo Campos (PSB) e caiu em Santos, no litoral paulista, em agosto de 2014, matando Campos e mais seis pessoas.

    O empresário era considerado o “testa de ferro” do grupo criminoso. Sua empresa teria sido contratada pela OAS por R$ 18.858.978,16 para prestar serviços de terraplanagem durante as obras da transposição do Rio São Francisco e teria movimentado a maior quantia de dinheiro dentro do esquema. O inquérito aponta, ainda, que Morato mantinha R$ 24,5 milhões em sua conta.

     

  6. Isso é crime

    Art 337-C do Código Penal

    Não é necessário nem pedir a contribuição. Só o fato de aceitar, caso o doador, mesmo que implicitamente, estabeleça relação entre a ação do funcionário público e a vantagem, é crime. Se alguém foi pedir a contribuição, daí nem se fala, é crime

    Pena de reclusão de 2 a 5 anos mais multa.

      • E nem precisa ser

        Ele é outrem.

        O legislador teria sido muito estúpido se tivesse limitado a obtenção de vantagem apenas ao agente público.

        Quer dizer então que se o Cunha usa de sua influência para “facilitar” um negócio e o beneficiado doa uns dinheiros para a mulher dele não há crime porque ela não é funcionária pública ?

        Me poupe.

        • denúncia contra lula
          doação a esposa tem caráter pessoal e.privado, doação ao partido tem caráter social e regulamentação legal, lembrando que todos os partidos políticos receberam doações de grandes empresas estariam sugeitos ao mesmo tratamento… em um sistema justo…

          • Está bem

            Então tiro o exemplo do Cunha e coloco o do advogado do Paulo Bernardo, que recebeu da empresa imposta pelo Ministro aos bancos que quisessem participar da farra do empréstimo consignado.

            Dá na mesma.

            O trabalho da PF e do MPF é justamente desvendar intenções ocultas em negócios supostamente legais. Senão ficava fácil demais, não acha ?

            E esse pessoal do colariho branco não nasceu ontem, né ? Além de contar com a incrível benevolência do cidadão brasileiro, que insiste em acreditar nas boas intenções desses senhores.

            No mais, é óbvio que vale para qualquer um.

        • Poupo coisa nenhuma. Apesar

          Poupo coisa nenhuma. Apesar de não ser advogado, não sou analfabeto funcional. Baseado no extraído da delação:

          1) Lula não pediu vantagem para ele nem para outrem. A declaração do empreiteiro é taxativa, clara e insofismável.  

          2) Se Vaccari pediu propina e esta foi dada em forma de doação LEGAL,  onde o Lula entra na estória? Teria que existir provas materiais para isso. Mesmo forçando a barra e supondo que Vaccari delate o ex-presidente ele teria que apresentar essas provas.

          Toda a sua argumentação, camarada, parte de pressupostos idealizados, não concretos. Esse é o problema de vocês: apontam um culpado para só depois arranjarem um crime. 

          PS: tenho minhas desconfianças se efetivamente Vaccari tenha pedido a contribuição à título de propina. Seria assim tão burro?

          Se o pedido foi posterior à concretização do negócio(opção pelo Brasil) que sentido teria isso?

           

          • Isto é o óbvio, camarada

            Claro que tudo tem que ser comprovado, quem disse o contrário ?

            Mas isso é bem diferente de dizer que não há crime previsto caso se comprove, como você disse num comentário mais abaixo.

            E como diz a lei, e você sabe disso, não precisa pedir, basta aceitar.

    • A onda de acusação ainda é forte!

      Ai Cidadão!

      É preciso ler ANTES DE CONDENAR QUALQUER PESSOA DE 2 A 5 ANOS!

      A AG procurou o LULA em 2008 – O LULA ERA PRESIDENTE E O CHAVES ESTAVA VIVO!

      A AG liberou para o Vaccari EM 2014!

      É MAIS TEMPO DO QUE AQUELE QUE VOCÊ CONDENOU O LULA!

      São APENAS 6 ANOS ENTRE UM EVENTO E O OUTRO!

      Imagina se alguem quiser cobrar propina hoje pela reeleição do FHC?

    • Ei cidadão o que vc esta fazendo aqui? Corre pra República do

      Paraná!!! O Moro deve estar louco por um cara como vc trabalhando pra ele, vc  pegou o Lula,  ele e toda PF do Paraná estão há 3 anos atrás do Lula! E ainda não pegaram nada! Vc já deu até a pena!!!

      Mas posso te fazer uma pergunta essa sua condenação e pena só vale par ao PT ou vale para os outros também, porque para ao Moro os outros não vem ao caso!!! Convenhamos se para o PT que era governo tudo era corrupção, o que era para ourtos partidos como o PMDB, e os da base do governo? E o os que faziam oposição? O Brasil é o unico pais do mundo onde os partidos de oposição recebem mais doação para camapanha do que o PT, e o dinheiro deles é limpinho, mas pro PT é sujinho!!! só eu acho isso estranho??

      E só u detalhe pelo que  sabemos que segundo nossas leis não existe pena perpetua , mas PARECE queexiste a liberdade perpetua para partidecos de direita como PSDB, PMDB,DEM!

      • Vamos por partes

        Primeiro que nenhum partido recebeu mais dinheiro em doações que o PT nos últimos anos.  Aliás, PMDB e PSDB juntos não receberam tanto quanto o PT.

        A comprovação disso está no prórprio site do PT, na apresentação que o coletor do Partido fez à CPI, quando ainda estava em liberdade.

        http://www.pt.org.br/wp-content/uploads/2015/04/APRESENTACAO-CPI-09-de-abril-de-2015-2-Copia.pdf

        Quanto às relações entre atos dos agentes públicos e doações, o que se tem aí é uma colaboração de um criminoso confesso envolvendo o PT, o que por si só não vale nada, há que se comprovar. É óbvio que se aconteceu com outros partidos, a lei vale para todos.

         

         

        • Sempre o partido que ocupa a cadeira presidencial…

          …recebe a maior fatia do bolo. Nos tempos do tucanato a social democracia de b… foi a campeã em doações. E você não sabia… tolinho…

          • E quem falou o contrário ?

            Talvez o que você não saiba, tolinho, é que em 2002 o PT ganhou as eleições presidenciais com um orçamento de 20 milhões de reais. Doze anos depois gastou mis de vinte vezes esse valor.

            Nem vou falar das transferências do Diretório Nacional do Partido para candidatos próprios e “comparsas” país afora, para governador, senador e deputado.

            Isso lhe diz alguma coisa ?  Será que o preço do “capataz” ficou meio pesado para o dono do rancho ?

            É sintomático o documento, trazido a publico junto com a “superplanilha” da Odebrecht onde se definiam as regras do Tatú Tênis Clube em 2004  já tratava da “deterioração” do “esporte nacional”.

             

    • Ameba lesada

      Era um Cidadão comum como esses que se vê na TV

      Falava besteiras, lia a Veja, via Globo News e ouvia CBN

      Acreditava na versão e não via o fato, uma ignorância perene

      Falava um arremedo (Tudo é culpa de cubano)

      Nada de baiano, o bom é americano

      Era um homem de Merval e Moro

      O mal é de nascença, Lula deve levar um côro

      Apoia aquela gente honesta, boa e comovida

      Temer, Serra e Cunha ninguém duvida

      Apoia aquela gente honesta, boa e comovida

      Que comenta com a sensação

      da missão cumprida

       

       

       

       

       

       

       

      • Que graça de poesia

        Amigo, primeiro você teria que encontrar algum comentário meu defendendo a Temer, Serra ou Cunha de alguma acusação para afirmar que os apoio. Não encontrará.

        Segundo que, mesmo que houvesse entre esses senhores citados e Lula, realmente, alguma disputa ideológica, mesmo assim eu não pouparia nem a um lado e nem a outro.

        E terceiro, apara encerrar, procure outro trouxa para fazer o joguinho do nós contra eles, dos bons contra os malvados, dos puros contra os impuros. Use seu maniqueísmo imbecil, e infantil, para fazer versinhos para aqueles que já esqueceram que há menos de um ano esse grupo que hoje se ofende mutuamente estava unido com unha e carne roubando o cidadão brasileiro.

        • Trouxa responde… quem manda eu não ser bruxo!

          O discurso único dos neo-udenistas é apoio tácito ao grupo que hoje ocupa o governo federal. Não precisa ser explícito, basta continuar reproduzindo o ridículo discurso vazio, vazio não, recheado com frango desfiado, que faz de conta que apenas um lado se aproveitou da corrupção. Parece cego. Todo o sistema político-partidário brasileiro está podre, e um grupo está se aproveitando da situação para reunir em suas mãos o poder, sem levar em conta o voto.  Os bacharéis concursados estão se colocando acima da disputa política, não importa se delegados, juízes e procuradores. A ditadura togada!

           

           

           

          • Meu caro

            É óbvio que todos se locupletaram. Apenas um imbecial não sabe disso.

            Assim como é óbvio que este grupo que venceu UNIDO a eleição de 2014 se locupletava também unido.

            É óbvio, como já afirmei aqui mais de uma vez que a única saída aceitável para esse grupo teria sido a renúncia conjunta de Presidente e Vice.

            Se eles brigaram entre si não é problema meu, não votei em nenhum deles e nem no segundo colocado, sobre o qual também não restam dúvidas que se locupletou fartamente.

            Se você quer apoiar algum desses grupos, assuma sua posição e o apoie, não queira transferir para mim a sua opção.

            Eu já afirmei e volto a afirmar que as eleições de 2014 não dão mais legitimidade as vencedores e que deveria se pensar seriamente como primeira cláusula de uma reforma política que coligações que disputam eleições juntas tem que governar juntas e, em caso de quebra de confiança entre um grupo que disputou eleições unido, dividiu palanques, promessas, planos de governo, verbas e horário de propaganda, novas eleições devem ser realizadas. Me parece óbvio isso. Ou se vai aqui negar que muitos eleitores votaram em Dilma a pedido do seu candidato a deputado numa política paroquiana como a que se pratica nos rincões do Brasil.

          • Reforma política… quem fará…

            O sócio eterno do poder, o que não tem votos majoritários, mas proporcionais é o maior beneficiário do atual sistema. A gangue dos capos estaduais, que atende pelo nome de PMDB, sobrevive apenas neste ambiente fecal. Modus operandi que também já existia em partidos menores, como o PR, o PP, o PTB, etc. e de uns anos para cá no PSB e na natimorta rede marineira.

            O executivo de coalização, invenção brasileira, vai dos municípios ao governo federal. As práticas corruptas são as mesmas na aquisição de plataformas de petróleo ou de ovos para a merenda das escolas municipais. Só se consegue apoio parlamentar loteando a administração pública. O que está acontecendo não é uma tentativa de erradicar a roubalheira, mas atribuir a um grupo, e praticamente só a ele, toda a culpa. O conselho do Príncipe de Salinas é o que guia do juiz de primeira instância ao trio que não deve ser nomeado, os donos da Globo. A mudança resume-se à saída do sócio incômodo, o penetra no estamento que dita os rumos do Brasil desde a era colonial. Gregório de Mattos diagnosticou muito bem essa classe.

            Novas eleições são necessárias. Após um ano e meio de falsa moralidade insuflada contra a presidente eleita sua autoridade erodiu, e o vice é um golpista que não possui nenhuma legitimidade para governar. Porém, caso o pleito se limitaer à presidência da república nada resolve. Afinal o legislativo é mais podre que o executivo. Se for geral melhora um pouco, porém tudo continuará como dantes caso não seja precedida de uma reforma política. Esta que não tem ninguém que faça.

            A hipertrofia do judiciário e do ministério público não é boa, é um mal, muito pior que as práticas corruptas que assolam um país. Ainda mais quando associada ao cartel midiático-familiar. Esta aliança está criando uma nova ditadura: o bacamartismo. Não pense que os atuais Simões serão capazes de alterarem o rumo por conta própria.

             

          • Sócio incômodo ?

            Quem o PT incomodou ?

            Vamos discutir a “grande transformação social” dos últimos 12 anos ?

            Os coxinhas incomodados com pobre nos aeroportos ?

            O que vai ser ?

            Qual o menu para hoje ?

    • Art 337-C do Código Penal
      Não

      Art 337-C do Código Penal

      Não é necessário nem pedir a contribuição. Só o fato de aceitar, caso o doador, mesmo que implicitamente, estabeleça relação entre a ação do funcionário público e a vantagem, é crime. Se alguém foi pedir a contribuição, daí nem se fala, é crime

      Pena de reclusão de 2 a 5 anos mais multa.

       

      Ok. E quem nessa história é funcionário público? Vaccari? Lula? Machado? Quem?

      Me parece que isso foi doação, não propina, não é isso?

      E parece, também, que quando aconteceu, era permitida, não é?

      • Art 327

        Art. 327 – Considera-se funcionário público, para os efeitos penais, quem, embora transitoriamente ou sem remuneração, exerce cargo, emprego ou função pública.

        § 1º – Equipara-se a funcionário público quem exerce cargo, emprego ou função em entidade paraestatal, e quem trabalha para empresa prestadora de serviço contratada ou conveniada para a execução de atividade típica da Administração Pública. ***

        • Espero que não sejas advogado…

          O transitoriamente é durante, não se estende após findo o exercício do cargo, emprego ou função pública…

          Partido político não se enquadra no parágrafo primeiro…

          • De forma que

            Seguindo a risca o cafezinho, o jantarzinho e a palestrinha “de graca” oferecidas pelo Dilmar Mentes ao Temer e ao Serra, mesmo sendo “pouco dinheiro”, se enquandram nesse artigo.

    • Independe de posições

      Independe de posições políticas, discordo de sua interpretação. Temos, por enquanto e segundo os documentos postados os seguintes dados:

      1-  Contratação de livre escolha por parte da Venezuela, sem processo administrativo assemelhável à L.8666/90;

      2- Não solicitação/recebimento de vantagem por Lula antes ou depois do contato com Chávez nem após assinatura de contrato;

      3- Pedido de propina vindo”muito tempo depois”,termo impreciso que conjugado com a informação da liberação de verba pelo BNDES permite supor que entre a conversa do Lula com a AG e o pedido do Vaccari menos de 2 meses não devem ter passado.

      Considerando “1” e “2” não há crime pelo 337-c em relação ao Lula, pois não só ele não pediu/cobrou nada como o ato(poderíamos chamar de lobby?) não é ilegal pela lei estrangeira.  Em relação ao item 3, a atitude do Vaccari deveria ser considerada fato atípico no que se refere ao Lula. Não há como vincular a solicitação/obtenção da vantagem a ato praticado por terceiro em momento pretérito sem que o beneficiário dele ou o terceiro tenham abordado essa possibilidade antes de sua realização.

      Mesmo em relação ao Vaccari acho difícil sustentar esse artigo pelo mesmo motivo. Mas admito que talvez seja possível enquadrar a conduta em outro tipo penal que no momento me escape.

      Por fim,  afirmar que a relação implícita entre a ação e a vantagem feita pelo doador basta para a configuração do crime torna toda  e qualquer doação criminosa ou no mínimo criminalizável, posto que a vincula à interpretação do doador.

       

  7. Muito piores são as propinas

    Muito piores são as propinas de Furnas para Aécio e de várias fontes para Cunha e Temer, todas não registradas como doação legal, e também não investigadas pela Lava Jato, que só se interessa pelas denúncias contra o PT. Uma verdadeira instrumentalização política golpista dos aparatos estatais para destruir um governo (o de Dilma), uma liderança popular e toda a esquerda, além da democracia brasileira. Isso para mim é um milhão de vezes mais nocivo ao nosso povo do que uma doação legal e registrada em cartório de 1% de uma obra realizada em outro país – que gerou impostos e empregos no Brasil. Canalhas!

  8. Qual a moral que a justiça

    Qual a moral que a justiça tem para condenar? Carlinhos Cachorreira estava condenado a 39 anos de cadeia, solto, gastando, o dinheiro roubado, sorrindo dentro do camburão. O CRIME COMPENSA.

  9. E o medalhista em delação continua tranquilo e feliz

    Enquanto todos procuraram jogar o Lula e o Dirceu no lixo da história criminal,  o medalhista em delação premiada continua tranquilo e feliz.

     

  10. E o FHGA?

    Se for assim o fhc e o d Antas teriam morreriam na cadeia e ficariam devendo uns bons 200 anos de cadeeia.

  11. Eu que não perco meu tempo

    Eu que não perco meu tempo fazendo pig-pong com esse troll que usa o nome de Cidadão, que é no caso é o J.C. Brantes. Já foi banido algumas vezes aqui do GGN mas volta com outros niques.

    • Cidadão

      Já tive o desprazer de debater com esse Cidadão por aqui, até perceber de que lado ele estava… Defendendo a Lava Jato e os métodos anti-republicanos da Força Tarefa.

      Argh!

       

  12. Lula recebia propina de

    Lula recebia propina de Furnas? Nâo. Esse era o Aécio

     

    Por Malu Alves,  via Facebook

    Lula é o cara chato que cobrava propina da UTC?
    Não. Esse era o Aécio.

    Lula recebia 1/3 da propina de Furnas?
    Não. Esse é o Aécio também.

    O helicóptero com 450 kg de cocaína era do amigo do Lula?
    Não. Era do amigo do Aécio.

    Lula comandava o estado que roubou 1 bilhão do metrô e da CPTM?
    Não. Esses são o Serra e o Alckmin.

    Lula tá envolvido no roubo de 2 bilhões da merenda?
    Não. É o Alckmin também.

    Lula pegou emprestado o jatinho do Youssef?
    Não. Esse era o Álvaro Dias.

    Lula foi o cara que montou o esquema Petrobras com Cerveró, Paulo Roberto Costa e Delcídio?
    Não. Esse era o FHC.

    Lula nomeou o genro diretor da Petrobras?
    Não. Foi o FHC também.

    Lula é o compadre do banqueiro André Esteves?
    Não. Esse era o Aécio, de novo.

    Lula é meio-primo de Gregório Marin Preciado, aquele que levou US$15 milhões na venda de Pasadena?
    Não. Esse é o Serra (aquele que a Lava a Jato apresenta com tarja preta pra imprensa).

    Lula foi descoberto com uma dezena de contas no exterior, ameaçou testemunhas, prejudicou alguma investigação?
    Não. Esse é o Cunha, aliado da oposição.

    Lula ameaçou empresários, exigiu 5 milhões de dólares, só de um deles?
    Não. Esse também é o Cunha, o homem do impeachment da oposição.

    O filho do Lula aparece na revista de milionários Forbes?
    Não. É a filha do Serra…

    Isso é para quem acha que Moro e turma querem combater a corrupção.

     

    Autora: Malu Alves

     

    http://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/lula-recebia-propina-de-furnas-nao-esse-e-o-aecio-tambem

  13. Enquanto perseguem Lula há 30

    Enquanto perseguem Lula há 30 anos à procura de alguma prova que possa interditá-lo, os verdadeiramente corruptos estão à solta, os ladrões delatores desfrutam numa boa do produto do furto, ficaram com belas mansoes em condominios fechados e beira-mar ……….triste…

     

     

     

    Ladrões delatores todos de boa…o Youssef é delator contumaz,..rouba rouba e rouba e delata aqueles que o conluio midiático-penal quer ferrar….e ganha alguns milhões em prêmios para dizerem aquilo que o juiz quer ouvir.,..assim ganham um gordo prêmio: e liberdade para curtir uma bela praia, como o da fato ai, o Pedro Barusco, alternando baforadas num charuto e bebendo uma cervejinha que ninguém é de ferro…essa praia fica no condominio fechado onde ele mora, patrimonio comprado com grana furtada mas que o Moro não tomou assim como tomou a casa da anciã de 90 anos, mãe de Zé Dirceu….

     “Sua rotina em Angra, segundo vizinhos, continua parecida com a vida que levava antes que suas falcatruas fossem descobertas. Costuma, por exemplo, passear na horta (cujo terreno foi comprado por 2 milhões de reais) que fica ao lado de sua casa, sem seguranças, invariavelmente com um copo de uísque ou cerveja nas mãos.” (Vera Magalhães, na insuspeita Veja)..,,,..

     

    Enfim, punição mesmo só pra petista, e sem provas de que tenham cometido crime que justifique suas prisões. Paulo Bernardo (preso pra ver se ele cometeu algum crime), Vaccari (e nenhum outro tesoureiro de partido que tenha recebido financiamento das empreiteiras), Zé Dirceu (esse não poderia faltar no script do golpe)… E querem o Lula.”
    Claro!

     

    Mais um delator ladrão solto por um Moro endeusado pela midia e que o povo acabou de ovacionar num show sob o hino de Que pais é este….
    É mesmo….que pais é este….e às custas do Moro, certo…

     Delator curtia seu iate e é hostilizado na praia: “Tornozeleira, pilantra, corrupto” – Polêmica…O delator premiado Julio Camargo, um dos maiores corruptores do País, que atua… POLEMICAPARAIBA.COM.BR|POR GUTEMBERG CARDOSO  

     

     

    CONCLUSÃO

    Queremos Barrabás!, por Honoré Daumier

     

    Mudou alguma coisa daquela noite em que há 2016 anos atrás o povo pobre, manipulado por escribas (a mídia atual),  num julgamento comandado pela oligarquia representante do império romano,  gritava eufórica: Queremos Barrabás! Queremos Barrabás! 

     Links relacionados ao tema

     

    Faça como esse cidadão e desmascare o juiz Sérgio Moro por onde ele se apresente

     

    https://www.facebook.com/ines.duarte.378/videos/10206102546794795/?pnref=story

     

    Acordos da Lava Jato fazem corruptos bilionários

     

    http://jornalggn.com.br/…/acordos-da-lava-jato-fazem-corrup…

     

     

    http://jornalggn.com.br/blog/jose-carlos-lima/ladroes-delatores-desfrutam-numa-boa-do-produto-do-furto

  14. Quando não há mais Justiça,

    Quando não há mais Justiça, cabe à população insurgir-se através de seus métodos.,,,..tá na cara que  golpistas que usam as Instituições para vendeta politica, midias e  covardes querem é solapar as conquistas do povo brasieliro….,.aliás, burguesia sem noção essa nossa que opto pela interrupção da democracia e tomou de assalto o cofre…;possíveis manchetes de um pais que cometeu esse enorme erro de recusar a politica de conciliação de classe..,…estamos assistindo à insanidade de velhas oligarquias que, voltando ao tempo das Capitanias Hereditárias,  transformou a Justiça em instrumento da luta da classes deles… possiveis manchetes de um tempo que poderá voltar

  15. Já se trata mais de

    Já se trata mais de humilhação contra  uma pessoa e sim contra  todo um campo politico que ousou mudar esse pais ao adotar politicas de inclusão social. Isso não é a primeira vez que acontece nesse Pais.

  16. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome