MPF troca procurador que não viu crime de Dilma e reabre investigação

Foto: Ricardo Stuckert Filho

 
Jornal GGN – O parecer em que o procurador da Repúblico Ivan Cláudio Marx apontou que não há “crime comum” nas pedaladas de Dilma Rousseff e sugeriu o arquivamento da investigação foi parcialmente ignorado pela Justiça Federal que, por sua vez, enviou o caso para análise da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal.
 
O resultado disso foi que o órgão do MPF decidiu trocar tirar o processo das mãos do procurador Marx e enviá-lo a um novo investigador, que será responsável por buscar eventual crime de Dilma em relação às pedaladas que envolvem o Plano Safra e os atrasos nos repasses de valores devidos pela União aos estados e Distrito Federal.
 
“Apreciando a quesão, o colegiado não acolheu a promoção de arquivamento formulada pelo procurador oficiante [Ivan Marx] e determinou a devolução do processo à Procuradoria da República no DF para que outro procurador prossiga com a persecução penal”, explicou a Procuradoria Geral da República. O novo procurador ainda não foi definido.
 
Em julho de 2016, quando Dilma já estava afastada do poder, aguardando a conclusão do processo de impeachment, Ivan Marx, que analisava as pedaladas fiscais, emitiu um parecer afirmando que os atrasos em repasses do Tesouro aos bancos públicos não configurariam “crime comum”, mas poderiam ser investigados como crime de improbidade administrativa. Por isso, ele sugeriu que o caso, do ponto de vista penal, deveria ser arquivado, mantendo apenas a apuração no âmbito cível.
 
A 12ª Vara Federal do Distrito Federal analisou a decisão de Ivan Marx e decidiu reformá-la. Arquivou apenas as investigações criminais quanto as pedaladas envolvendo os valores devidos ao FGTS da Caixa e aos gastos com programas sociais, incluindo o Bolsa Família.
 
Mas indeferiu o arquivamento da investigação envolvendo o Plano Safra e dívidas com os estados.
 
Leia mais aqui.

21 comentários

  1. Dilma deveria enfrentar a

    Dilma deveria enfrentar a ditadura dos juízes como enfrentou a ditadura dos militares, mas, em vez de armas, usar sua voz, e detornar os vigaristas do judiciário, falando toda a verdade, expondo a canalhice dos procuradores e a quadrilha que tomou Brasilia de assalto. Basta de tratar com bons modos os que torturam a verdade, lambuzam-se na mentira e se enriquecem com a venda da soberania nacional. 

  2. Tá vendo dona Dilma como é o

    Tá vendo dona Dilma como é o republicanismo das instituições brasileiras que a senhora elogiou em frente ao Obama? Pra tucanos nem acusação, pra petistas a proibição total de reconhecer qualquer chance de serem considerados inocentes. E infelizmente a senhora colaborou com tudo isso ao manter o José inoperante cardoso no ministério da justiça e ao se negar ser pelo  menos um pouco popular por medo de ser populista. E  a maior vítima disso tudo é o único herói nacional que conseguiu elelgê-la presidenta. 

    • Lula não é a maior vitima
      Lula não é a maior vitima desta perseguição do MPF e juizado,mas d.Marisa que não aguentou toda esta injustiça contra sua familia e contra si.E queriam fazer os mesmo com a mãe do José Dirceu e Genoino.Não ha a menor empatia,respeito a dignidade,a segurança e integridade fisicas e psicologicas aos investigados petistas.Se morrererem tanto melhor.

      • Otaviani, me desculpe, mas é

        Otaviani, me desculpe, mas é muita ingenuidade! Esta gente faz guerras, matam milhares de pessoas para roubar o poder sobre as riquezas naturais dos paises que não se entregam e tu vem esperar EMPATIA! Peloamordedeus! eles merecem mesmo estar onde estão! levarão nossa água, petroleo, parque eergetico, niobio terras produtivas. E a esquerda implorando por empatia! Desculpe! 

  3. TRÊS PODRES PODERES DA REPUTREFATA

    TRÊS PODRES PODERES DA REPUTREFATA

    Os BANDIDOS DE TOGAS ESTÃO EM POLVOROSA, MORRENDO DE MEDO DO PT VOLTAR AO PODER E COMO CONSEQUÊNCIA CONTINUAR O COMBATE A CORRUPÇÃO SEM PARTIDARISMO E SEM MEDO DE BANDIDOS, E ASSIM ACABAR COM A ESSA MALDITA RAÇA DE BANDIDOS TOGADOS.

    OS BANDIDOS TOGADOS SÃO OS MAIS NOCIVOS E OS PIORES BANDIDOS DO PAÍS, POIS SE ELES TRABALHASSEM COMO MANDA A ÉTICA DE SEUS CARGOS, NÃO HAVERIAM OUTROS BANDIDOS NO PAÍS. ELES PROTEGEM BANJDIDOS RICOS E SUAS QUADRILHAS E SÓ COMBATEM BANDIDINHOS POBRES E ASSIM VÃO SE ENCHENDO DE GRANA  E ENRIQUECENDO SUAS FAMÍLIAS E SEUS AMIGOS.

    FORA BANDIDOS DE TOGAS   –   FORA NADIDOS POLÍTICOS   –   FORA GOLPISTAS   –

    DEMOCRACIA JÁ   –   DIRETAS JÁ.   –   RENOVAÇÃO JÁ

    REFORMAS EM TODOS TRÊS PODRES PODERES JÁ.

     

    • De tanto que falavam do Crime de Colarinho Branco.

      Agora todos sabem que era uma fantasia que eles alimentavam para ocultar que o verdadeiro crime que realmente envenena o país, que se transforma em uma população dominada por quadrilhas organizadas é o Crime da Toga Preta e não o Crime de Colarinho Branco. Porque esse é apenas o sub produto daquele, que garante a impunidade a bandidos compulsivos. A impunidade é a MÃE de todas as corrupções. E o MPF e o Judiciário são os pais da impunidade. Portanto avos da onda de corrupção que assusta o país. Mas não faz mal nenhum. O MAL começou quando os criadores e cultivadores da corrupção começaram a fazer uso político de supostas investigações sobre supostas corrupções cirurgicamente selecionadas, a critério das preferencias indicadas pelo Ali Kamel.

  4. Os abusos do MP

    Parece que o Ministério Publico quer criar um novo paradigma em seus inquéritos. O que não bate de encontro com as convicções e desejos dos que comandam a coorporação, eles tiram do caminho e fabricam seus resultados. De fato, um monstro.

  5. Essa troca viola o princípio do promotor natural, portanto é nul

    Essa troca viola o princípio do promotor natural, portanto é nula. Mas como estamos vivendo sob o estado de exceção o STF irá chancelar essa medida escandalosamente ilegal.

    • Essa é a regra se câmara
      Essa é a regra se câmara rejeita outro promotor é designado. O estranho é não aceitar o arquivamento

      • Tem razão! o art. 28 Código de Processo Penal autoriza:

        Tem razão! o art. 28 Código de Processo Penal autoriza:

        Art. 28 do CPP.  “Se o órgão do Ministério Público, ao invés de apresentar a denúncia, requerer o arquivamento do inquérito policial ou de quaisquer peças de informação, o juiz, no caso de considerar improcedentes as razões invocadas, fará remessa do inquérito ou peças de informação ao procurador-geral, e este oferecerá a denúncia, designará outro órgão do Ministério Público para oferecê-la, ou insistirá no pedido de arquivamento, ao qual só então estará o juiz obrigado a atender.”

  6. Não ganharam com um, tentam com outro procurador…

    Não ganharam com um, tentam com outro procurador… Cunha deixou discípulos!

  7. Socorro! Estamos efetivamente

    Socorro! Estamos efetivamente sobre o regime de exceção do judiciário. 

    Como clamou Nassif, estamos precisando de pessoas e órgãos de bem que faça alguma coisa pela normalidade do País. Temo que essa omissão acabe desaguando, um dia, não sei quando, em degeneração total de nosso país. Não quero de jeito nenhum que aqui se haitise, se libieie, se iraquise ou ao até mesmo se siriise.

  8. Infelizmente o Ministério
    Infelizmente o Ministério Público está claramente envolvido na conspiração criada por vários setores contra o partido dos trabalhadores. Essa de desarquivar o processo contra a presidenta Dilma serve apenas para prorrogar o julgamento do golpe até 2018 e no caso da presidenta Dilma impedí-la de concorrer a presidéncia.
    O Ministério Público está completamente desviado das suas funções para as quais foi criado.

  9. heróis são perseguidos até o

    heróis são perseguidos até o fim pelos canalhas.

     comum e esperado.

    e eles, se eembolam cada vez mais em suas proprias pernas.

    não investiga temer, ‘deixa pra depois…pq se olhar vai achar,.’

    ‘Dilma? mulher? lutadora da redemocratização brasileira? ixi, manda pro pau de arara q to indo pra loja ‘

    so prova a força dela e o medo deles.

    eles temem

    eles tombarão.

    Ela volta. sem crime não há impeachment.

  10. prova de que a perseguição política sem limites…

    sempre acaba em rebelião

    ou com gente investigando até o que já foi resolvido, fazendo da vontade de punir a vítima algo irresistível

    acontecia muito entre torturadores

  11. É o método do Cunha. 
    Se não

    É o método do Cunha. 

    Se não consegue no primeiro procedimento, passa por cima da lei e dos escrúpulos e abre o processo de novo, e vai assim até conseguir o resultado que se quer. Hoje em dia no Brasil não precisa mais mesmo agir, nem com a lei nem com um mínimo de honestidade.

  12. Justiça Tucana

    Se fosse algum tucano, tinha sido o contrário, caso MP condenasse, o PGR e  a justiça teriam mandado arquivar.

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome