O acordo que gerou o impeachment, por José Eduardo Cardozo

Ex-ministro e atual advogado de defesa de Dilma admite “ingenuidade” do PT de ter mantido mesmos aliados 

Ex-ministro e atual advogado de defesa de Dilma, José Eduardo Cardozo, admite "ingenuidade" do PT de ter mantido mesmos aliados
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Jornal GGN – Em entrevista para Luis Nassif, que você companha na íntegra aqui, o ex-ministro da Justiça e atual advogado de Dilma explica como o golpe parlamentar que afastou a ex-presidente da república foi gerado, admitindo “ingenuidade” do Partidos dos Trabalhadores, ao manter o mesmo “arco de alianças políticas” dos governos Lula até Dilma.

“Há setores da mídia que estavam alinhados ao golpe, visivelmente, e esses setores viram na Lava Jato uma maneira de desestabilizar o nosso governo, porque se nós tivéssemos um bom governo, e Dilma Rousseff saindo da crise de 2014, eu acredito que haveria uma hegemonização dessas forças políticas que comandaram o país, desde o governo do presidente Lula até o governo Dilma, para o futuro, e eles não queriam mais isso”.

A queda de Dilma, porém, gerou a desestabilização de todo o sistema político brasileiro, porque foi baseada no desrespeito às normas legais da Constituição, abrindo precedente para os excessos do Judiciário. Mas, na ocasião, grupos políticos que alimentaram o golpe, não avaliaram essas consequências.

“Aqueles setores golpistas, que foram longe demais, hoje não conseguem mais frear o processo. O que eles vão dizer? Aliás eu vejo com certo sorriso na boca e lágrima nos olhos alguns líderes golpistas, que agora estão acusados na Lava Jato dizerem ‘não, mas, esse vazamento é seletivo! Não, mas eu preciso do direito de defesa!'”

Luis Nassif questionou também porque a equipe do governo Dilma não foi capaz prever a tempestade quando as nuvens já estavam em formação, em um quadro em que o PT, partido tipicamente de militância, já demonstrava dificuldades de se relacionar com suas bases sociais, o principal oponente, PSDB, com um bom relacionamento nas estruturas de poder, e a mídia oligopolizada, portanto com capacidade rápida de se auto organizar. Cardozo pôs o desastre político na conta da oposição que decidiu, a qualquer custo, subir ao poder, e do próprio PT que manteve no Congresso e nos quadros do governo a aliança com o mesmo arco de relações que formou nos governos anteriores de Lula e Dilma, que até então lhe garantia a maioria parlamentar.

“Acho que ali houve um certo componente de ingenuidade, porque esses setores também seriam atingidos nas investigações, e eles não têm um compromisso ideológico do programa aprovado. Então, em um dado momento, esses setores comandados aí sim pelo Eduardo Cunha se deslocam e é nesse momento que nós perdemos a maioria.” 

https://www.youtube.com/watch?v=oJz4nrYMPKs width:700

 

Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Caso Marielle: miliciano diz que delegado recebeu R$ 400 mil para obstruir investigações

17 comentários

  1. A maior ingenuidade foi Dilma

    A maior ingenuidade foi Dilma ver em Zé Eduardo um ministro da justiça do mesmo nível de Marcio Thomaz Bastos – peça fundamental para Lula não ter sido atingido mortalmente no episódio do mensalão. 

  2. NÃO foi só o governo e o PT

    NÃO foi só o governo e o PT que não viram o desastre a caminho

    Uma pista pra se refletir: 

    Desde o início do governo DILMA  ..pra quem não tem uma visão que vai além de 2 mt  ..ficava evidente que ela não era uma política habilidosa  ..ao contrário, dava mostras de ser teimosa, arredia, cheia de querência, inclusive, SEXISTA que não lamentava por se manter numa imagem de arrogância  ..achava que por se achar uma boa técnica, isso lhe bastaria

    frustrações abundavam  ..por ex: com a falta de respostas a serem dadas pelo terrorismo da Rolha e da Globo nas campanhas  ..com o armistício ofertado no sofá da Hebe, na casa da Namaria e do Loro josé ou em outras convescotes..

    ..com a MANUTENÇÃO da política CLICHE de aumento da SELIC prum câmbio e fórmulas de consumo que já davam sinais de que faziam água ..as frustrações e impaciência aumentavam ..depois com titubeios, derretimento das contas do país  ..falta de transparência, sensação de improvisos e falta de metas ..com idas e vindas, intervencionismos e artificialismo ..ineficiência e atraso em investimentos na infra 

    ..com o estrangulamento das fontes de financiamento dos partidos que promoveram verdadeira debandada (uma história a ser ainda confirmada)  ..enfim  ..chegamos a 2013,o início do fim

    IMPORTANTE – Aí, aí o que fizeram muitos agentes das tais redes sociais, os ditos blogeuiros e muitos jornalistas “sujinhos” ? Censuram, cortaram e expulsaram qq um que se atrevesse a desafiar e a criticar a monarquia da RAINHA  ..inclusive antigos aliados e colaboradores de primeiro tempo

    deu no que deu  ..mais uma crise das commodidities e a Lava Jato nascendo  ..abandonada à própria sorte e incompetência  ..a coisa cresceu e a presidanta caiu

    perdeu ela e os seus, muito mais o país

  3. Eu não entendo porque

    o Nassif ainda faz enrevista com esse tucunalha enrustido. Esse senhor ajudou o golpe quando deixou a a PF (puxadinho dos EUA) livre, leve e solta. Mas, alguém tem que avisar pra esse senhor que se o golpe se aprofundar, ele também vai pra vala comum.

     

  4. Grandes responsáveis

    Grandes responsáveis pelo Impeachment e pelo descalabro que se encontra nosso país chamam-se Dilma  e José Eduardo Cardoso, simples assim. Dilma não é Eremilda, mas comportou-se no governo feito uma idiota, fazia questão absoluta de esconder os feitos do governo jamais divulgando nada, a comunicação do governo era inexistente e para o povo parecia que não tinha governo. A SECON era o braço do inimigo e ela mantinha a tal da Helena Chagas no comando e depois conseguiu substituir por outro que agora é assessor de Temer. Dilma não se comunicava, quando se comunicava era um desastre, auto condescendente só falando abobrinha, nada fazia para cativar o povo. Quando a Eremilda foi ao Jornal Nacional, dizendo: Não vou deixar pedra sob pedra, todos que tinham o Tico e o Teco devidamente conectados já sabiam que a Lava Jato era parcial e estava atrás única e exclusivamente do PT, os outros eram apenas e tão somente efeitos colaterais, Dilma fingia não perceber, pois achava que ela “Uma mulher honesta” não seria atingida pela Lava Jato e manteve no Ministério da Justiça um Bunda Mole que não tinha nenhum poder sob os comandados, foi sob José Eduardo Cardoso que instituições proto  fascistas ganharam vida própria, a proposito Zé, qual o resultado de pelo menos um Inquérito que você mandou abrir , mas que nunca cobrou resultados dos comandados? Eleita adota o programa de governo dos perdedores e some por meses a fio naquela que é a pior crise da história social e econômica do Brasil, (já há até quem apresente projetos para o trabalhador rural trabalhar por um prato de comida, sem que seja imediatamente expulso do PSDB), só aparecendo em maio quando a situação já havia fugido ao controle. Que ousadia Dilma Rousseff que ousadia a sua concorrer à reeleição quando a nação tinha no banco de reservas Lula. Hoje Dilma vai pra todo lado dá conferencias deve estar atrás de salvar a biografia, por que você não usa o controle remoto Dilma, ah esqueci eles passam o mesmo filme em todos os canais 24 h por dia, já que ela só consegue se movimentar em causa própria. Dilma, Vaya com Dios amiga!!!! 

    •   Assino embaixo de cada

        Assino embaixo de cada frase, palavra e letra. Não adianta o pessoal ficar bronqueado com quem critica a Dilma, ela tinha OBRIGAÇÃO de defender o próprio governo. Estava lá por nossa causa E para nossa causa, desenvolvimento com justiça social, além de defender a própria Democracia. Não tem nada a ver com ela ser mulher, ser honesta, etc.

        Agora não adianta sair por aí dando entrevista. Parece que só se sente à vontade no papel de proscrita, pelamordedeus.

       

  5. Inocente inútil

    Primento problema foi ele não ter usado de sua prerrogativa de função e afastado *toda* a cupula da farsa a jato no momento do primeiro vazamento de investigação.

    Segundo problema foi ele não ter questionado o mérito do impeachment sem crime (aliás golpe) em primeiro lugar, porque com esse STF que não acha que haja prejuizo na demora após um ano de governo ilegítimo não tem jeito.

    Terceiro problema foi Dilma manter Janot. E Lula e Dilma terem indicado tantos ministros vira casaca pro supremo… Nenhum deles vale um Gilmar (Dantas, segundo Noblat)

    Quarto problema foi Lula ter abandonado Paulo Lacerda e Protogenes e não ter peitado Gilmar na Satiagraha. Se a investigação começasse ai não teria essa oposição golpista a muito tempo.

  6. O Ministério Público

    O maior erro do PT não foi apenas manter o arco de alianças que já se mostrava muito conservador. Mas foi manter o Ridrigo Janot como chefe do Ministério Público Federal. 

    Foi o erro tremendo no mensalão e continuou até o golpe em Dilma… manter uma pessoa neutra num cargo tão importante e sobre pressão constante da mídia vendida foi um erro tremendo, muito nocivo a democracia… mesmo sendo uma das críticas do PT ao governo de FHC… 

  7. José Eduardo Cardozo, um dos maiores responsáveis pelo golpe
    José Eduardo Cardozo, um dos maiores responsáveis pelo golpe

    Pode-se criticar Paulo Henrique Amorim em muitos aspectos, mas é preciso reconhecer o que ele afirmou durante 5 anos, desde o instante – 01/01/2011 – em que José Eduardo Cardozo foi nomeado Ministro da Justiça e nomeou, de imediato, Leandro Daiello Coimbra como diretor geral da PF. Disse PHA que José Eduardo Cardozo armou ali a cama de gato na PF, para derrubar Dilma. E não deu outra. Agora, vem esse sujeito falar de ingenuidade dos outros. Tenha dó.

  8. O senhor foi um dos

    O senhor foi um dos principais responsáveis pelo golpe e por esse estado de exceção. Ministro da justiça que deixou essa porcaria da lava jato tomar conta de tudo, sem pulso com a polícia federal, inapto. Se tivesse colhões teria prendido o mentecapto moro no episodio dos grampos. Um juiz de 1 instancia q afrontou a lei de segurança nacional grampeou uma presidente e vc nada fez. Você é uma vergonha para a esquerda desse país. Muitos estão sofrendo em face da sua incompetência e agora vem com esse conversa. Me poupe.

    • O “outro cardoso” que é

      O “outro cardoso” que é fernando como vc, não é paulista, mas carioca.

      e quem disse que lugar de nascimento forja caráter? 

  9. Sim, ok, se ele não tivesse

    Sim, ok, se ele não tivesse sido ministro da justiça. Erros políticos nas alianças e negociações com partidos acontecem. O que nã pode é um governo que não se defende.

    Atacado pelo MP, mídia, judiciário e até a PF que deveria estar sob seu comando, nada fez em nome de um republicanismo, que no fundo escondeu covardia, negligência e irresponsabilidade. 

  10. Comentário.

    Ele é alguém que tem mais que explicar a respeito de si mesmo do que a respeito do golpe que veio a cavalo.

    Ou melhor, alguém que precisa explicar os motivos de ter deixado as coisas chegarem ao ponto que estamos, do ponto de vista institucional.

  11. ESSE TONTO NÃO MERECE NEM AGENTE LER.

    Nunca agiu como ministro da justiça, deixou seus subordinados gravarem a presidente e não mandou prender o juiz porque era e é um frouxo.

  12. Jamais faltaram avisos

    Ingenuidade coisa nenhuma. Esse cara ficou ao lado de Dilma na condução mais conservadora e centralista desse país desde, sei lá, o Médici. É um tipo covarde que sempre trabalhou em prol dos seus: proprietários, coxinhas do entorno da PUC, enfim, toda a choldra que gosta mesmo é de paz e conforto. Se puder ainda se chamar de “esquerda”, melhor. Fica cool e é bom pacumêasmina… Aí trabalha pra uma autocrática como a Dilma… dá nessa merda. De qq forma, não é culpa deles. A culpa é nossa pq deixou acontecer….

  13. Esse senhor e sua chefe a

    Esse senhor e sua chefe a Dilma por imprudência, que eles chamavam de republicanismo, facilitaram as coisas pros destruidores do país.

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome