Sem crime, ex-ministra foi delatada e alvo de inquérito por integrar governo do PT

“Delação que não delatou nada” mostra a “cara que é de perseguição do Judiciário ao PT”, diz Miriam Belchior
 

Foto: Divulgação
 
Publicado às 12:40 e atualizado para acréscimo de manifestação
 
Jornal GGN – Miriam Belchior, ex-ministra do Planejamento no governo Dilma Rousseff, não foi acusada de envolvimento em nenhum crime. Mas após ter seu nome citado por um dos delatores da Odebrecht, figurou como possível investigada em anexo de delação, e que chegou a virar um inquérito próprio. A ex-ministra manifestou indignação pela “delação que não delatou nada”.
 
Alexandrino Alencar é um dos delatores, ex-dirigente da Odebrecht, que ao ser questionado pelos investigadores, informou a lista de todos os políticos do PT com os quais ele manteve agenda oficial, que incluía Miriam Belchior.
 
Como parte de seu acordo de delação, contou à Lava Jato todas as negociações em que participou representando a Odebrecht com dirigentes do governo, independentemente de haver irregularidades ou não. Sobre Miriam, informou reuniões quando ela atuava no Planejamento, de 2011 a 2015, e quando foi presidente da Caixa Econômica Federal, de 2015 a 2016.
 
“Quanto a delação que não delatou nada, queria manifestar minha indignação. É mais uma denúncia sem nenhum fundamento contra alguém que é do Partido dos Trabalhadores, é só por isso que houve a delação”, disse Miriam ao GGN.
 
A informação foi divulgada pela revista Crusoé, nesta sexta (08). Em um dos trechos do depoimento de Alexandrino, “o colaborador tinha consciência de que não havia fato crime envolvendo tais reuniões” com Miriam, e que “perguntado então por que foi apresentado o anexo 5 como fato de interesse para a colaboração, respondeu que todos os contatados do Partido dos Trabalhadores constantes da agenda institucional do colaborador, que fossem agentes políticos, geraram anexos”.
 
E, além de ter virado anexo de delação premiada, admitindo a falta de existência de crimes ou irregularidades, o caso sobre Miriam chegou a virar um inquérito próprio e o executivo foi ouvido para falar a respeito. Como declarou, de novo, que não havia crime nos contatos com a ex-ministra, a Polícia Federal pediu o arquivamento dos autos.
 
“Do mesmo jeito que o nosso presidente está lá, preso em Curitiba injustamente, essa delação também mostra bem a cara que é do Judiciário, da Polícia Federal, de perseguição ao PT e não de fato só para buscar irregularidades”, concluiu a ex-ministra.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Os crimes envolvendo Chico Rodrigues, o aliado de Bolsonaro com dinheiro na cueca

10 comentários

  1. Quem não se comunica se trumbica

    Uma excepcional gestora pública, uma das responsáveis pela implantação de mais de 1 milhão de cisternas no sertão nordestino (dentre outros programas), mas que o povo brasileiro desconhece até mesmo o seu nome .

    A comunicação social do governo Dilma foi uma tragédia .

    • Com certeza!

      Baseada nos últimos acontecimentos, já preveni meus contatos no whatsapp, que após Dilma se candidatar haveria essa criminosa perseguição!!!   Denunciemos!!!

  2. acredito que não faltou comunicação…

    comunicar é uma coisa

    e ver publicado é outra completamente diferente

    um governo que não pôde contar com o poder de penetração dos grandes veículos de comunicação nos lares brasileiros

    germe do golpe

  3.  
    Não será mais tolerável

     

    Não será mais tolerável que, após restaurarmos a ordem democrática e reedificarmos o que for possível e restar de recuperável. Repito, não deveremos cometer o mesmo equívoco, quando não levamos à fundo a apuração rigorosa dos crimes cometidos pelos envolvidos com a ditadura de 64 . Nossos vizinhos nos mostraram como proceder com esses tipos.

    O diabo é que agora não são fardados verde-oliva. Os terceirizados requisitados para o golpe modelo 2016, é de natureza distinta, são fascinados e movidos a vaidade. Na verdade, são um bando circense de concurseiros e togados funambulescos, regiamente sustentados pelo Tesouro do Estado. Facilmente se deixam tocar que nem gado, pelo berrante da mídia, segundo o modelo testado em Honduras e no Paraguai. Os requisitados envolvidos na bandalheira brazuca, são mais dóceis e obedientes, portanto, mais confiáveis. É provavel que os mentores em Washington estejam muito satisfeitos. Não vai ser fácil para nós, “Chutar o Pau dessa Barraca.” 

    Vamos necessitar de resiliência, força mental e emocional para suportar as pressões, que serão brabas. E virão da matriz no exterior. Vejam o que fizeram na Venezuela. Lá, até hoje falta papel higiênico. Aqui, houve uma preliminar com os caminhoneiros, aquilo foi só pra demonstração.

    Eles só se lascaram com o gordinho da Korea do Norte. O homem não foi besta e se armou pra botar pra f….Tanto que ao valentão do norte restou se amufinar. Pondo-se a atirar impropérios de longe, feito um idiota.

     Orlando

  4.  
    Não será mais tolerável,

     

    Não será mais tolerável, após restaurarmos a ordem democrática e reedificarmos o que for possível e restar de recuperável. Repito, não deveremos cometer o mesmo equívoco, quando não levamos à fundo a apuração rigorosa dos crimes cometidos pelos envolvidos com a ditadura de 64 . Nossos vizinhos nos mostraram como proceder com esses tipos.

    O diabo é que agora não são fardados verde-oliva. Os terceirizados requisitados para o golpe modelo 2016, é de natureza distinta, são fascinados e movidos a vaidade. Na verdade, são um bando circense de concurseiros e togados funambulescos, regiamente sustentados pelo Tesouro do Estado. Facilmente se deixam tocar que nem gado, pelo berrante da mídia, segundo o modelo testado em Honduras e no Paraguai. Os requisitados envolvidos na bandalheira brazuca, são mais dóceis e obedientes, portanto, mais confiáveis. É provavel que os mentores em Washington estejam muito satisfeitos. Não vai ser fácil para nós, “Chutar o Pau dessa Barraca.” 

    Vamos necessitar de resiliência, força mental e emocional para suportar as pressões, que serão brabas. E virão da matriz no exterior. Vejam o que fizeram na Venezuela. Lá, até hoje falta papel higiênico. Aqui, houve uma preliminar com os caminhoneiros, aquilo foi só pra demonstração.

    Eles só se lascaram com o gordinho da Korea do Norte. O homem não foi besta e se armou pra botar pra f….Tanto que ao valentão do norte restou se amufinar. Pondo-se a atirar impropérios de longe, feito um idiota.

     Orlando

  5. Contaram esta mentira mil

    Contaram esta mentira mil vezes até virar verdade.

    Mas deu errado.

    E quem acreditou, posso chamar de imbecil ou não?

    O cinismo também tem ares de polidez. 

  6. Concordo com o processo…

    Nassif: desde quando alguém precisa cometer crime para ser investigado e acusado pelos da PF do Príncipe de Paris e os Gogoboys da República, com ênfases aos da terra dos Pinhais, particularmente aqueles vangélicos que adoram investir no Minha Casa Minha Vida? Basta que tenha sido, mesmo que superfluamente, mencionado por algum amigo do sócio da mulher do Verdugo da SujaJato, pra cair na malha fina. Se tiver a desgraça de pertencer às esquerdas, mesmo as festivas, ou algum conhecido por la, tá lascado. Essa ex-ministra, por exemplo, quem mandou aceitar cargo? E pior ainda, queria trabalhar para o Brasil. Onde estamos? Numa Nação marcada pela corrupção desenfreada, onde até a caserna tá comprometida, vem uma alta autoridade querendo trabalhar com honestidade. Tem mais é que ser acusada, processada e julgada culpada. Querendo aprecer? Sem essa. O negócio é roubar…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome