STF terá desafios para varrer para baixo do tapete cartel de São Paulo

Jornal GGNO acordo de leniência fechado pelo CADE (Conselho Administrativo de Direito Econômico) a respeito do cartel das empreiteiras nas obras de São Paulo, é apenas no plano administrativo. A questão penal está em suspenso. Ao simular medidas penais contra o cartel, o governador Geraldo Alckmin tenta se eximir da responsabilidade pelos contratos firmados.

Mas como todas as empreiteiras envolvidas financiaram campanhas tucanas, a relação de causalidade é nítida: há o benefício (os preços superestimados) e o pagamento (as propinas).

Segundo especialistas consultados pelo GGN, a maneira com que os tucanos serão liberados é através de uma discussão infindável sobre as instâncias de julgamento. No STF, o Ministro Luiz Fux tem convalidado todas as denúncias. As únicas denúncias que ele mandou arquivar são as referentes ao trensalão de São Paulo e a de Paulinho da Força.

No caso do cartel de São Paulo, o STF terá que recorrer a todo seu expediente de medidas.

Eis a matéria: “Agentes públicos direcionaram editais em São Paulo, dizem empreiteiras“, da Folha.

 

6 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Frederico69

- 2017-12-20 20:54:15

os culpados, já estão apontados!

só os dois gerentinhos do metro que foram indiciados!

nem o amigo ferido, paulo preto, vai ser esquecido novamente.

aleminas

- 2017-12-20 14:42:09

COMO EU GOSTARIA DE ACREDITAR NA JUSTIÇA!

Mas não acredito. Milhões de pessoas não acreditam mais.  É que  JUIZ, Promotor, Desembargador, Delegado etc não andam de ônibus, metrô.. trem, taxi etc. Não vão na padaria, no sacolão, no supermercado etc. Pois, se fizessem isso, veriam o desagrado  e a decepção das pessoas com a Justiça.  A Justiça brasileira está banalizada.

O SUPREMO deixou de ser Supremo! Virou piada. Todo mundo sabe o rumo que os 11 Seres vão tomar. A mídia já se especializou e até já calcula de quanto vai ser o placar. E pasmem: acertam sempre. Ela (a mídia) sabe quem procurar para fazer suas matérias. Nada é confidencial. TUDO vaza para os mesmos. Na cara dura! 

A MÍDIA brasileira é tão Safada que não se importa com o vazamento para a Suprema Globo. Aceitam ficar em segundo, terceiro ou 4ºlugar como fontes. Não protestam. Inacreditável. Até o mundo vegetal e mineral já sabe que não vai acontecer PORRA nenhuma com o Governador Alckmin e seus asseclas. Esse mingau vai ficar cozinhando anos a fio. A Justiça fará de conta que está trampando noite e dia para"elucidar" o caso. E, nós, pobres mortais, faremos de conta que acreditamos. Lembrando: o  Grande Juiz do TRF-4 conseguiu  ler 250 mil páginas em 6 dias, Palmas pra ele. O Julgamento Lula será em Janeiro. Quanto tempo um Juiz vai levar para fazer o mesmo com o Governador? Hum.. 

Wilson Ramos

- 2017-12-20 14:07:55

volta à normalidade

passado o tempo do uso malandro da indignação seletiva, já que não é mais possível limitar esta "porra" (com a licença do Jucá) onde está, veremos agora o sistema judicial se amparar na lei e na lógica.

É evidente que o maior prejuízo que a sociedade arca em função dos cartéis não é a pequena propina que pagam a servidores públicos, mesmo quando somam todas as contribuições de campanha que fariam mesmo se não integrassem os esquemas. O grande dano à sociedade é o preço absurdo que cobram pelas obras. Mesmo que o sobrepreço não seja tão alto, a falta de concorrência afasta soluções técnicas inovadoras de outras empresas, que trariam a realidade de preços das obras patamares muito mais baixos e com produtividade do serviço muito maior.

Um bom exemplo está no mundo do software. Se a concorrência é viciada, a Microsoft impõe seu absoluto monopólio e vende suas porcarias de programas, baseados em ideias de 30 anos, ou seja, mais de 6 gerações na indústria. Uma concorrência séria abriria para soluções e aí teria concorrente garantindo software livre com muito mais facilidade para usuários do que o monopolista oferece. Ou seja, mudaria a forma de negócio ao não vender caixas com discos, mas serviços com apoio de acordo com a necessidade dos usuários.

Esta palhaçada, de empurrar toda a responsabilidade da corrupção para os políticos, afasta-nos de apurar o prejuízo maior. E as multinhas do CADE muito mais incentivas os parceiros a manterem seus cartéis intactos. Se os cartéis fossem efetivamente desafiados a corrupção acabaria por inanição das fontes. Ao menos esta corrupção, pois a maior delas, a do caráter dos poderosos, ainda demandará muitas gerações.

Luís CPPrudente

- 2017-12-20 14:04:59

STF, corrupção, conivência, covardia ou golpe?

O stf, é uma corporação que diz representar a nossa justiça, mas que representa a justissa do bandido Eduardo Cunha, a justissa do PMDB, a justissa da Rede Globo, a justissa do PSDB, a justissa do Aécio Neves. Esse stf fará com o cartel "multipartidário" dito pelas bocas fétidas da  Rede Globo (a Bastilha que temos que derrubar), o mesmo que fez ao defender a legalidade do governo Dilma. Ou seja, nada. Portanto vai prescrever.

Rei

- 2017-12-20 13:26:18

Testando a estupidez do eleitor tucano

A imprensa segue testando até que ponto o eleitor consegue engolir a armação sem se sentir idiota.

Provavelmente vão criar vários factóides para ajudar na farsa... investigações que não vão dar em nada... algum boi-de-piranha será jogado na água... alguma operação vai acontecer... nada que atinja os protegidos de sempre.

O que atrapalha a narrativa é a modinha do moralismo dos justiceiros... a imprensa e o judiciário tem um papel duplo:

-DEFENDER O JUSTIÇAMENTO SELVAGEM PARA A ESQUERDA 

-GARANTIR A BLINDAGEM TOTAL DOS BANDIDOS DA DIREITA

Vai ser engraçado ver o contorcionismo retórico.

MarcosBrasília

- 2017-12-20 13:17:25

Conhecendo o Supremo Tabajara

Conhecendo o Supremo Tabajara Federal como conhecemos, sabemos que farão isso sem problema algum. Café pequeno pra eles.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador