Suíça abre inquérito contra Cunha

A Suíça abriu um processo penal contra Eduardo Cunha, o presidente da Câmara do Brasil, por suspeita de lavagem de dinheiro e bens apreendidos em seu nome, confirmou o gabinete do Procurador-Geral da Confederação Suíça nesta quinta-feira

Eduardo Cunha nega acusações de receber milhões em subornos ligados a um enorme escândalo de corrupção na companhia petrolífera estatal Petrobras (Keystone)

Do Swissinfo.ch

Segundo as autoridades suíças, o processo penal contra Cunha foi aberto “em razão de suspeita de lavagem de dinheiro, posteriormente alargada com corrupção passiva”, disse a Procuradoria Geral do país em um comunicado enviado na quinta-feira.

Em março de 2015, os promotores suíços anunciaram ter descoberto mais de 300 contas em mais de 30 bancos suíços que eles suspeitam estarem ligados ao enorme escândalo de corrupção e lavagem de dinheiro na empresa estatal de petróleo brasileira.

A Suíça congelou cerca de US$ 400 milhões em contas suíças em sua investigação 

Na mesma época, a Procuradoria suíça abriu um inquérito contra o presidente da Câmara Eduardo Cunha, depois que bancos suíços denunciaram movimentos suspeitas de lavagem de dinheiro ao órgão competente na Suíça (MROS, Central de Comunicação de Lavagem de Dinheiro). 

A Suíça congelou cerca de US$ 400 milhões em contas suíças em sua investigação 

Cunha, um dos políticos mais poderosos do Brasil, foi acusado em agosto de ter recebido pelo menos US$ 5 milhões em subornos decorrentes de um enorme escândalo na gigante petrolífera estatal Petrobras. Cunha nega as acusações.

A Procuradoria Geral da República disse que Cunha não poderia ser extraditado para a Suíça por causa de sua nacionalidade brasileira.

Leia também:  Doria tem R$ 29 mi bloqueados pela justiça paulista

“Por essa razão, a Procuradoria Geral, por meio do ministério da Justiça da Suíça, apresentou um pedido de transferência dos autos da investigação em andamento contra Cunha ao Brasil com o objetivo de que a questão em causa possa continuar a ser investigada e julgada pelas autoridades judiciárias brasileiras”, declarou o órgão.

Cooperação

Em um comunicado na quarta-feira, os promotores brasileiros anunciaram que os promotores suíços tinham encaminhado provas recolhidas na Suíça contra Cunha.

A investigação no Brasil ficará a cargo do Supremo Tribunal Federal, porque o parlamentar tem foro privilegiado.

Este é o primeiro processo da Suíça a ser transferido para o STF a pedido da Procuradoria-Geral da República e o segundo da Operação Lava-Jato. A primeira transferência de investigação foi a de Nestor Cerveró para Curitiba.

O presidente da Câmara foi denunciado em agosto por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no âmbito da operação Lava-Jato.

Dinheiro pelo ralo

Petrobras estima ter perdido US$ 2 bilhões em um período de 10 anos em contratos inflacionados para empresas que, em seguida, usavam os ganhos para pagar políticos e subornar diretores da própria Petrobras.

Cunha foi acusado de receber pagamentos relativos a contratos para a construção de dois navios de perfuração para a Petrobras.

Entretanto, o político brasileiro, que se recusou a renunciar, tem se tornado uma força por trás dos apelos pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Em março de 2015, os promotores suíços anunciaram ter descoberto mais de 300 contas em mais de 30 bancos suíços que eles suspeitam estarem ligados ao enorme escândalo de corrupção e lavagem de dinheiro na empresa estatal de petróleo brasileira.

Leia também:  Os crimes envolvendo Chico Rodrigues, o aliado de Bolsonaro com dinheiro na cueca

A Suíça congelou cerca de US$ 400 milhões em contas suíças em sua investigação e já começou a retornar US$ 120 milhões para as autoridades brasileiras. Os beneficiários das contas suspeitas – que estão na sua maioria em nome de empresas domiciliadas na Suíça – são altos executivos da Petrobras, fornecedores, intermediários financeiros e empresas brasileiras ou estrangeiras que supostamente pagaram subornos, disse em um comunicado o Gabinete do Procurador Geral da Confederação Suíça.

swissinfo.ch com agências

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

53 comentários

    • E quem disse que a justiça

      E quem disse que a justiça brasileira tem vergonha?

      Já estão até mendigando aumento salarial ao Cunha.

      Deve ser assim:

      – Vsa Excelência Sr. Dr. Eduardo Cunha, ou o senhor nos concede aquele aumento de 78% que a Dilma vetou antes d final do julgamento do impeachment ou melamos tudo julgando o mérito e entendendo que não há motivos para o afastamento da Dilma. Além disso, podemos julgar o pedido do nosso parça, o Janot, e afastá-lo da presidência da câmara aainda prendêlo.

      – Fiquem tranquilos. Agora quem manda sou eu. vou cortar o bolsa familia para poder pagá-los conforme combinamos.

      – Oh. obrigado Vsa excelência Sr. Dr. meu capitão, Sr. Dr. Eduardo Cunha.

  1. Este suiços estão loucos.
    O

    Este suiços estão loucos.

    O nosso STF afirma há mais de 150 dias que o Cunha é inocente.

  2. A HISTÓRIA SE REPETE

    Maluf condenado pela justiça da França e pelo Tribunal de Nova York, nos Estados Unidos por crimes praticados no Brasil.O nome de Maluf está incluido na lista da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol). Se sair do Brasil será preso. Enquanto isso, o STF dá aulas ao poder judiciário mundial do que é um tribunal omisso, partidário e fraco. 

    “Suiça abre inqueríto contra Cunha”.

    “Segundo as autoridades suíças, o processo penal contra Cunha foi aberto “em razão de suspeita de lavagem de dinheiro, posteriormente alargada com corrupção passiva”, disse a Procuradoria Geral do país em um comunicado enviado na quinta-feira”.

    “Cunha foi acusado de receber pagamentos relativos a contratos para a construção de dois navios de perfuração para a Petrobras”.

    “Entretanto, o político brasileiro, que se recusou a renunciar, tem se tornado uma força por trás dos apelos pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff”.

  3. Só tá faltando a Suíça

    Só tá faltando a Suíça encontrar meios de fazer o que o que o STF, acovardado, não quer fazer. 

    Em matéria de imprensa, já estamos numa saia bem justa, porque sem os jornalistas estrangeiros, o mundo mal saberia do que relamente se passa na Terra de Cabral. 

    Vergonha!

  4. pouco a pouco vai se confirmando…

    nossa justiça sempre foi uma enganação

    incluindo ou percorrendo todas as formas que há de se fazer justiça, tcs e fiscais federais

    some tudo o que o povo contribuite já perdeu com esta enganação que chamos de guardiãs e controladores,

    e veja que o que será mandado de volta é ninharia, tostões

    e também que a campanha do MPF de recuperação de grana desviada é outraa tremenda enganção

    mas para a Globo eles estão certos

    • não golpe!
      Vamos ocupar as ruas e mostrar toda a nossa força de trabalhador que não foge à luta.”  “Lula o operário eleito Presidente, se tornou o melhor; e mais uma mulher eleita Presidenta, a primeira da história da República, duas ações de um valor para a história política brasileira, que pela a primeira vez, pela a via democrática, faz isso acontecer e deixa a elite incomodada, dai todo esse movimento golpista contra Lula e Dilma. Mas digo uma coisa não podem mudar esses dois atos históricos. Viva Lula. E viva a resistência contra o golpe e a favor da democracia. 1º de maio Dia Internacional do Trabalhador, vamos ocupar as ruas e mostrar toda a nossa força de trabalhador que não foge à luta.” Benone Costa Filho #1ºMaioContraOGolpe#PelaDemocracia #ContraOGolpe#SOSCoupInBrazil #Dilma13#SOSCoupInBrazil #Dilma13 #PresidentaDilmaVocêNosRepresenta ……………………………………………………………………………………………………………….Esta juventude alegra o espírito. Força moçada! O futuro é de vocês! Lutem por ele. Lutem por todos nós, e todos nós juntos, por uma sociedade livre e igualitária!  #1ºMaioContraOGolpe#PelaDemocracia #ContraOGolpe#SOSCoupInBrazil #Dilma13#SOSCoupInBrazil #Dilma13 #PresidentaDilmaVocêNosRepresenta#DilmaFicaCunhaSai

  5. ATÉ QUANDO, STF?

    Vergonha  – mil vezes ladrão e , “supremamamente”,  mandando e desmanadando em todos os poderes nacionais.

     Precisa de mais alguma coisa, depois desse “acoooooorda!!!”, STF?

  6. Vai ser uma humilhação

    Vai ser uma humilhação internacional ver a Suiça julgar e condenar o ladrão que presidiu o processo de golpe em forma de impeachment, enquanto o STF, há mais de 120 dias, dorme em cima do processo contra ele. Vergonha para o Brasil. Mais uma vez.

    Aliás, se o senado – como tudo indica – afastar a presidenta Dilma, veremos o resultado da campanha da mídia golpista, que mobilizou milhares de coxinhas verde-amarelo na Paulista. O Brasil perde uma presidenta honesta e republicana e ganha, na presidência, um mau caráter, conspirador e traidor; e na vice-presidência, um psicopata e o maior ladrão que este país já conheceu. Parabéns para vocês – PSDB, juiz Moro e seus delegados e procuradores, Globo, Fiesp, coxinhas convocados pela Globo, entre outros falso-moralistas! Vocês conseguiram!

  7. Pode ser uma corte suprema da

    Pode ser uma corte suprema da negligência, da incompetênca, da vilania, da leniência, nunca uma corte suprema da justiça, nunca a guardiã da carta magna brasileira. E não há porque se surpreender com o silêncio de uma corte qua não se abala diante do “conjunto da obra”, que é palavra da hora, que vai transformando o Brasil em uma republiqueta sujeita à todo tipo de delinquência, da bandidagem mais explícita, do descaramento que cobre de vergonha, de constrangimento e de indignação  àqueles que assistem impotentes à destruioção dos pilares da nossa ainda frágil democracia.

  8. Tinha que ser na Suiça

    Pois aqui com a justica e ministeri publico  que temos ele é um cidadāo de bem, o robson marinho também, capez, todos integram a galeria dos homens bons.

  9. CUnha vai entrar para a lista

    CUnha vai entrar para a lista da Interpol como procurado e ainda estará presidindo o CN (pra que se enganar?, ainda estará comandando o país).

     

    Luciana Mota

  10. Gente de respeito…

    E em represália o cunha vai caçar os vistos de permanência do TODOS OS SUÍÇOS, além de proibir que notícias vindas da suíça cheguem ao Brasil….

    Depois desta a ELITE BRASILEIRA E OS MINISTROS DO STF SÓ VÃO SER RESPEITADOS, no Paraguai, Honduras e em algumas ditaduras africanas…

    Sem esquecer, que os 11 ministros do STF estarão JUNTOS E MISTURADOS entre as 100 mais importantes pessoas do planeta pela revista time…

    Começo a entender que o gilmar mendes deve ser “visto por alemães, na Alemanha” como FIGURA EXÓTICA DE VALOR ZERO!

     

  11. partindo do se fazer justiça…

    os maiores, ou piores ou mais daninhos, corruptos do planeta sempre fizeram questão de gastarem ou economizarem muito mais ou além do que possuíam

    reparem como intenção sempre foi manter a credibilidade fixa para os dois casos, justiça e corrupção

    ou uma ou outra num vice-versa infindável

    e o STF confirma também, não apenas o Cunha

    • entenderam, crianças…

      ou querem que desenhe?

      tá bom, lá vai, sentem nas suas cadeirinhas que lá vem uma grande verdade:

      economizar justiça é o que mais rende no Brasil

       fessor, fessor, olha eu aqui, posso falar? pode, linda criança!

      e é para todos, né fessor!? a Globo disse

      mas que criança mais linda do mundo! acabou de ganhar uma saborosa balinha de jiló

  12. Nosso glorioso STF (Sociedade

    Nosso glorioso STF (Sociedade dos Togados Folgados) prefere se debruçar sob o importantissimo problema da pipoca nos cinemas do que sobre o caso do Cunha e sua roubalheira, com Cunha negociam o aumento de seus vencimentos, afinal ninguem é de ferro, porém o esperto meliante só entregará a recompensa depois dos submissos magistrados entregarem o impeachment. Lula estava errado não é covardia e cumplicidade.

  13. sabem o que podem arrumar com isso?

    uma intervenção internacional apoiada pelo Tio Sam……………………………..já estudam

    e o MPF já declarou que o Brasil é a causa da corrupção mundial

    o golpe é mais grave do que vcs possam imaginar

    rola por aí que já há estudos e reconhecimentos de que o Brasil deve ser retirado de tudo que há de sério e justo no Planeta Terra

    preparem-se porque não será facil de suportar tal humilhação

    • Golpe articulado com poderes

      Golpe articulado com poderes transnacionais…

       

      The Constitutional Coup-Color Revolution Two-Step In Brazil

       

       

      Mon, Apr 25, 2016

      ‘The Others’ Alliances, Brasil, Global Surveillance, Hybrid Wars

      By Andrew KORYBKO (USA)

       

       

       

      Brazil is in the midst of a prolonged regime change operation, as documented step-by-step by Pepe Escobar in his articles for Sputnik, RT, and the Strategic Culture Foundation. The author’s intent isn’t to get into the situational specifics of each and every detail behind the US’ techniques, but to provide a general overview of the strategies that are at play and their contribution to Hybrid War theory. Brazil is an important New Cold War battleground not just because of its institutional multipolarity, but particularly because of its role in China’s One Belt One Road global vision. The Chinese announced last year that they plan to build the Twin Ocean Railroad between Brazil’s Atlantic Coast and Peru’s Pacific one in order to facilitate transoceanic trade between the two BRICS members by enhancing Brasilia’s transcontinental trade capability. Because this mega project is located in the US’ own hemisphere, the “Monroe Doctrine”-obsessed Exceptionalists accelerated their existing regime change plans for Brazil with the intent of overthrowing its government and replacing it with a pro-unipolar quisling.

       

      Many observers are scratching their heads wondering how to properly describe what they’re witnessing in Brazil, and while there’s certainly visible evidence of a Color Revolution, it would be inaccurate to describe it solely through the prism of this definition. At the same token, while it’s been likened to a Hybrid War, it only fits the ‘conventional’ informational/economic aspects of this term, too, and doesn’t really satisfy the regime change perquisites of a phased transition from a Color Revolution to an Unconventional War (or at least not yet). Similarly, while there’s definitely a ‘constitutional coup’ going on, it’s also not entirely this form of regime change, either. Rather, there are elements of all three strategies at play, and they interact in a unique dynamic that might represent the unveiling of a new patterned approach that aims to subvert leading multipolar states. What’s important to point out is that the entire plot was set into motion as a result of valuable intelligence that the NSA had gained about Brazil’s top company and later weaponized into a regime change catalyst, meaning that practically every country in the world is potentially vulnerable to this sort of asymmetrical destabilization.

       

      The “Anti-Corruption” Inquisition

       

      The key vehicle in exerting pressure on President Rousseff isn’t the Color Revolution movement, itself an outgrowth of the “Cashmere Revolution” and the return of which the author warned about last summer , but the ‘constitutional coup’ attempts that are being orchestrated to remove her from power. It’s worthwhile to remember that these are built upon an “anti-corruption” investigation that, as Pepe Escobar has repeatedly pointed out, are one-sided and only target the ruling party. It was revealed in September 2013 as part of the Snowden Leaks that the NSA had been spying on Petrobras , the company at the heart of the ‘constitutional coup’ scandal, which in turn raises the possibility that the US had obtained ‘compromising’ information on the alleged corruption activities of key ruling party executives and was waiting for the right time to weaponized it.

      It shouldn’t be seen as coincidental that the “Car Wash” ‘anti-corruption’ investigation began nearly half a year later in March 2014, which was the run-up to the 6th BRICS Summit in Fortaleza, Brazil that summer. During that major international event, the multipolar leaders committed themselves to creating the alternative financial architecture that would later become known as the BRICS/New Development Bank and officially instituted one year later in Ufa. At the time, “Car Wash” wasn’t big enough to derail any of this, but it also wasn’t meant to be an immediate bombshell. Instead, it can be conceived of as a ticking time bomb that was preplanned to go off at a future date, whether or not Rousseff would have even remained in office by that time. The reader should remember that she barely won reelection that fall, and if she hadn’t, then it would have been the “opposition” that could have been implicated or discretely blackmailed with the threat thereof.

       

      An anti-coup rally in Brasilia, March 2016

       

      After all, “Car Wash” is a one-sided anti-corruption scandal that purposely neglects targeting any opposition parties and is aimed solely at the ruling class, regardless of whichever one they might have been. In the case of Rousseff and her Worker’s Party, they’re targeted for regime change, whereas the Brazilian Social Democracy Party of her 2014 election rival would have been targeted for blackmail in order to keep it in line with American strategic precepts for the country. One way or another, after having initiated the ‘Car Wash” inquisition, the US was going to exploit it however it could in order to attain and then maintain its hold on power over the Brazilian political establishment. With Rousseff winning reelection while the investigation was still ongoing and nowhere near ‘conclusively’ finished, it was inevitable in hindsight that it would be used as a weapon for toppling her government and initiating a ‘constitutional coup’.

       

      ‘Constitutional Coups’ And Color Revolutions

       

      Once Rousseff was implicated (most ‘convincingly’ in the court of public opinion) for her alleged involved in “Car Wash”, the embedded pro-American regime change elements in Brazil’s government sprang into action in initiating the ‘constitutional coup’ proceedings against her. By itself and nakedly presented as a one-sided ‘anti-corruption’ inquisition, the ‘constitutional coup’ had no semblance whatsoever of domestic or international ‘legitimacy’, which necessitated a dramatic move in order to ‘justify’ it. This was the role that the nascent Color Revolution ended up playing, since without tens of thousands of people in the street, there could be no pretense of ‘democracy being served’ by her indictment. Instead, the US’ hand in all of this would be even more obvious than during Latin America’s last ‘constitutional coup’ in 2012 Paraguay. Additionally, Brazil isn’t Paraguay – it’s a leading multipolar power and a nation many times larger than its landlocked neighbor, and carrying out a regime change there requires more ‘finesse’ and ‘public relations’ manipulation in Brazil than it ever would in Paraguay.

       

      Therefore, the Color Revolution itself is inconsequential in pressuring Rousseff’s government or enacting any leadership concessions from her whatsoever. The entire regime change operation against her is driven by the ‘constitutional coup’, which itself is being disguised by the Color Revolution that has attracted the ‘normative’ attention of most of the world’s pro-unipolar media. This can be proven by the copious media coverage given to the thousands of people who are protesting against her and rallying around a giant inflatable yellow duck compared to the considerable lack of attention being given to the NSA’s role in catalyzing the entire Petrobras ‘anti-corruption’ inquisition in the first place. Clearly, the reason for this is that the US is engaging in a concerted effort to shift the international dialogue over the issue from the origins of the political crisis to the ‘normative legitimacy’ of Rousseff’s rule, strongly implying that the Color Revolution protesters have somehow invalidated her democratic and legitimate reelection and more than ‘normatively’ compensate for the shady ‘constitutional coup’ dealings that are being employed against her.

       

      A Heightened Risk Of Hybrid War

       

      At the moment, it looks like the ‘constitutional coup’-Color Revolution two-step might succeed in removing Rousseff and replacing her with Vice-President Michel Temer, who had actually been practicing his post-coup address to the nation in a recently leaked speech. Should this happen, then there wouldn’t be any reason whatsoever for the US to intensify its regime change operation into a Hybrid War by prompting an Unconventional War, but it might unwittingly happen that Rousseff’s supporters take to arms in the event that she’s overthrown. If this transpires, then the country would definitely be thrown into a low-level Hybrid War, albeit one in which this development uncharacteristically occurs after the US is successful in its mission and not beforehand, which in any case would take a course which is impossible to accurately predict at this time.

       

      However, considering just how beloved the left wing is to millions of destitute people in Brazil and taking a cue from their armed comrades in Venezuela, leftist individuals might form militias in order to protect against any forthcoming coup. Remembering the astonishing rate of crime that already exists inside of the country, it’s foreseeable that anti-coup activists/insurgents could easily procure whatever weapons they might need in order to create a destabilizing stir. Furthermore, UNASUR has hinted that it wouldn’t recognize Rousseff’s possible impeachment, which might grant an added degree of normative support to any militias that agitate on her behalf.

       

      On the other hand, if the regime change process isn’t proceeding apace around the time of the Summer Olympics in Rio and something or another happens to derail it (e.g. the Senate doesn’t vote to continue the impeachment process), then there’s a chance that the US might encourage right-wing terrorism against the government. This would seek to provoke an international incident that destabilizes the Brazilian government even more than it already is, precisely at the moment when it would need the best media coverage that it can get and when it’s most vulnerable to a flurry of unipolar media condemnation against it. Looked at from another angle, if the plot against Rousseff succeeds by that time, with or without the advent of any anti-regime change rebels, then some countries might choose to boycott the Olympics in order to show solidarity with the legitimate government that was illegally deposed of. This wouldn’t change any facts on the ground, but it would be a strong and symbolic statement of support that might encourage whatever nascent armed resistance movement there might be by that time.

       

      Concluding Thoughts

       

      Assessing the US’ regime change strategy against Rousseff, it’s evident that the NSA’s findings were used to spark the ‘constitutional coup’ proceedings that have been ‘normatively justified’ by the preplanned Color Revolution (a continuation of the so-called “Cashmere Revolution” of 2014). The protests have thus far not led to any degree of substantial pressure on the government despite their massive size, with the only agency of tangible anti-government force coming from the ‘legal’ inquisition that’s been launched against the Brazilian President. Nothing at this point indicates that the government is threatened by the street activists, although everything points to it being totally destabilized by the “Car Wash” conspiracy against it.

       

      While no discernable Hybrid War traces can be found thus far (as in the author’s regime change definition of this concept), that doesn’t preclude any from popping up in the near future, whether led by anti-government right-wing terrorists or pro-government post-coup insurgents. There’s no guarantee that either will happen, but the possibility can’t be ruled out in general and must be prepared for by both sides. No matter what ultimately happens in Brazil, the regime change scenario currently underway there is emblematic of a new type of subversive interplay between the NSA, ‘constitutional coup’ actors, and Color Revolutionaries, and it might disturbingly foreshadow a coming trend of state-wide destabilization that could soon be rolled out elsewhere against other multipolar targets.

       

      Andrew Korybko is the American political commentator currently working for the Sputnik agency.

       

       

       

  14. Já que a terceirização vai ser geral…


    que tal terceirizar a justiça brasileira para a justiça suiça, ou finlandesa, ou norueguesa? quem sabe haveria justiça imparcial. 

  15. Excelentíssima ministra

    Excelentíssima ministra Cármen Lucia, o fato da justiça suiça ter abrir inquérito para investigar o presidente da câmara do Brasil depois de tantas denúncias contra ele permanecerem intocadas pelo stf do brasil, não é um escárnio para com o povo brasileiro?

  16. se o stf tinha provas e não

    se o stf tinha provas e não decidiu ainda , não será agora com a

    confirmação delas que tomará alguma decisão,

    seria isso mesmo?

    ou estou sendo muito pessimista?

  17. E a Justiça Brasileira?
    Deixa

    E a Justiça Brasileira?

    Deixa tudo tranquilo e favorável (para ele e família): Ele possível Vice-Presidente da República das Bananas e Presidente da Câmara..

    E o Moro?
    Ah! Esse já conseguiu o que queria com a República de Curitiba… Então, a filha, a esposa podem e devem continuar.. livres, leves e soltas …

    Verde/Amarelo, Congresso, Janaínas, Bicudos, FIESP, OAB, MF, STF,,,,ninguém vai reclamar mesmo!

  18. O Caranguejo Embusteiro

    Se a intenção dos procuradores suíços ao encaminhar as provas para o STF foi a de colaborar para que a justiça seja feita, foram de uma ingenuidade que só pode ser explicada pelo fato de não estarem habituados a lidar com a mais alta e refinada patifaria política do planeta.

    Quando se derem conta que  a decisão  tomada vai gerar o mesmo resultado que teria  se as tivessem  atirado na privada,  talvez peçam também a extradição de alguns juízes  que serão acusados no mínimo de conivência com o crime organizado.

    O Caranguejo com certeza deve estar muito agradecido e avisa: continua tranquilo e sereno.

  19. Não manda ele pra Suiça que

    Não manda ele pra Suiça que lá é muito bom. Quem sabe a interpol do inferno num já tem um mandato de prisão para esse santo, honesto, democrático, anti-golpista, que não aceita propinas?

  20. Lembrei de um detalhe

    Lembrei de um detalhe sinistro que aconteceu no impeachment do Collor

    Quatro pessoas morreram misteriosamente.

    PC Faria junto com sua jovem amante.

    A mulher do PC Faria, e o irmão do Collor.

    O fenômeno não poderia repetir agora.

    Não sei porque, mas todo vez que vejo o Cunha lembro desse detalhe.

    Mas é claro, não estou desejando mal a ele.

     

  21. Olha só…A matéria original

    Olha só…A matéria original é de Outubro de 2015. Até a reproduzi na minha TL,  para mostrar que o cara está sendo processado há seis meses na Suíça e aqui até agora nada., mas não como informação nova, como parece ser o caso aqui.  

  22. TEMER PARECE QUE CORREU PARA

    TEMER PARECE QUE CORREU PARA O GOLPE PORQUE É A UNICA FORMA DELE PROTELAR OS PROCESSOS QUE CAIRÃO ENCIMA DELE COM A DELAÇÃO DO EDUARDO CUNHA. SÃO 300 CONTAS NA SUIÇA. 8600 NO HSBC. DIA 09/MAIO PANAMA PAPERS ESTARA DISPONIVEL. AS CONTAS DO TEMER VÃO APARECER. ELE É O CHEFE DO CUNHA.

  23. já sei pessoal vamos fazer

    já sei pessoal vamos fazer uma vaquinha comprar passagem para a família cunha tirar ums férias na europa…. e aí quem sabe!? lá alguma coisa aconteça. heheehheee!!!!!!!

  24. A Suíça está comprando briga

    A Suíça está comprando briga com o judicário do Brasil, para quem Cunha de repente virou herói e santo. Mas o que preocupa mais o judiciário é outra coisa mais urgente.

    Os impasses que se apresentam ao golpe são tantos que é impossível que sejam enfrentados pela quadrilha golpista sem que o povo não perceba que o país está nas mãos de uma enorme organização criminnosa que tomou o poder de forma cínica e à força bruta.

    O STF reconhece que é um absurdo grande demais para ser suportado pela população que o Cunha seja empossado na presidência do país em junho, quando Temer se ausentará para ir à ONU. Por outro lado, o STF, que diariamente dá mostras de que é golpista até à medula, não pode fazer nada contra o Cunha porque este poderia ameaçar o governo do fantoche Temer, que o STF obviamente apóia.  

    Qual a solução, então? Claro que podemos supor com razoável precisão: O Supremo vai chamar Cunha para conversar, ou vai mandar emissário até ele,  e vai rogar para que ele viaje também na ocasião. E Cunha vai dizer: O que vocês não pedem chorando que eu não faço sorrindo?

    Assim será.

    Porém, Temer corre um risco muito grande indo abrir a sessão da ONU. Ele pode ser rejeitado e desprezado por inúmeros chefes de estado e aí o golpe no Brasil estará mesmo condenado pelo mundo inteiro.

  25. DAS DUAS UMA: OU OS

    DAS DUAS UMA: OU OS ACOVARDADO-DO-STF, ESTÁ SENDO CHANTAGEADO PELOS MENTORES DO GOLPE, OU ELES SÃO PARTE DO MESMO OBJETIVO.

    ACREDITO QUE AQUELE GRAMPO ILEGAL – ENVOLVENDO LULA E DILMA ROUSSEFF – DEVE TER ALCANÇADO O (STF-ACOVARDADO), SÓ ISTO JUSTIFICAR TAMANHA OMISSÃO DESSA CORTE RIDICULARIZADA…!

  26. ESSE CUNHA É UMA VERGONHA

    ESSE CUNHA É UMA VERGONHA PARA O BRASIL UM LADRAO JA FOI JULGADO TIRA UMA COM A CARA DE NOS BRASILEIROS SÓ FALTA FALAR QUE NO BRAZIL NÃO TEM JUSTIÇA DEIXA UM CANALHA SUJO JULGAR UMA PRESIDENTE POIS ELE NÃO MERECE SE QUER FICAR SENTADO NO BANCO DO SENADOR VMOS PEDIR O PRISÃO DELE TAMBÉM ELE É UM SINICO QUE GOZA DA CARA DOS BRAZILEIROS E A JUSIÇA NÃO TOMA NEM UMA PROVIDENCIA QUE PAÍS É ESSE COM COSTA QUENTE EM TODOS OS LUGARES TENHO VERGONHA DE VER TANTAS COISAS ACONTECENDO NO MEU PAÍS !!!!

    • O PROBLEMA É O JUDICIÁRIO CORRUPTO.

      Ora, as denúncias confirmadas por autoridades do MP suiças e informadas ao PGR (?) foram oficializadas em março 2015. O PGR Duroc Janot sentou-se com seus grandes glúteos em cima e só apresentou denúncia ao STF em final de dez/2015. Para o Cunha ter tempo de acatar e acelerar os pedidos de impedimento da Presidência da República. Suas Excrescências do SPF – Supremo Picadeiro Federal, indiferentes à denúncia, saíram de férias em dezembro, para o merecido recesso de final de ano, apesar da gravidade que o caso representava para a democracia e do conhecimento dos crimes apontados oito meses antes de o Duroc Janot resolver-se pela apresentação da denúncia. Voltaram do recesso e passaram a adotar a método Pilatus de lavagem das mãos sobre a vida dos inocentes brasileiros. Então, o problema do Brasil, não é o Cunha, ou os outros milhões de Cunhas espalhados por todo o país, contaminado pela corrupção. O problema do Brasil é o JUDICIÁRIO CORRUPTO que armazena e estoca processos para serem usados como instrumento de luta de classes em benefício de seu interesse de classe, em sintonia com os grupos econômicos a que servem.

  27. Judiciário Suíço? Melhor dizer… da União Européia!

    Eles não SÃO PAUTADOS PELA MÍDIA BRASILEIRA, como ainda o é a nossa(?) JUSTIÇA!

    Basta sair no PIG para ir em cana!

    Como o PIG tem acordo de “cavalheiro” com o cunha,  A JUSTIÇA ESTÁ DE PÉS E MÃOS ATADOS…

    E esta abertura inquerito TRARÁ A NOTÍCIA DOS JORNAIS DE QUE O JUDICIÁRIO NO BRASIL AINDA NÃO TINHA TOMADO NENHUMA PROVIDÊNCIA EFETIVA CONTRA O CUNHA!

    Se o golpe vingar E NÃO HOUVER LUTA FICARÁ FEIO PARA O BRASIL, SEREMOS TODOS MAU VISTOS – SEREMOS ENTENDIDOS COMO UMA NAÇÃO QUE ACEITA LADRÃO COMO PRESIDENTE!

    a queda do PT tal como está sendo feita irá DERRUBAR PARTE DOS GANHOS CIVILIZATÓRIOS que foram conquistados pelas lideranças populares nos últimos vinte anos!

    A LUTA CONTRA O DESMATAMENTO, A LUTA PELA PROTEÇÃO AMBIENTAL, A LUTA PELOS DIREITOS HUMANOS EM FIGURAS GRANDIOSAS COMO CHICO MENDES!

    Isso tudo ficará sem o suporte MORAL do novo governo que NÃO ENGANA, NEM PARTE DOS DAQUI, MUITO MENOS OS DE FORA DO BRASIL!

    Os grileiros, os que derrubam florestas sabem que estão tirando os inimigos deles do governo A FORÇA!

    A Suíça e por tabela, a UNIÃO EUROPÉIA terão DADOS REAIS E CONFIÁVEIS COM FARTA E REAL COBERTURA JORNALISTICA DAS ARBITRARIEDADES QUE ESTAMOS VIVENDO!

    Não vai adiantar o caiado falar que não é golpe!

    Se não houver reação dos Brasileiros de BEM, se houver violência contra os índios e contra a floresta, que dou como certas, por que os inimigos do PT estão ali – HAVERÁ UMA INTERVENÇÃO NO BRASIL NA TÃO FALADA INTERNACIONALIZAÇÃO DA AMAZÔNIA.

    Este inquérito será a PRIMEIRA PROVA CONCRETA DO DESLEIXO DO BRASIL…

    Eles nem vão precisar inventar que temos armas de destruição em massa…

     

  28. Do Cunha já se sabe que é

    Do Cunha já se sabe que é capaz de tudo. Já virou um lenda no tocante a capacidade de fazer safadezas. Tornou-se, nesse mister, um herói para os da laia dele.

    O que me deixa triste e ao mesmo tempo curioso é como foi possível uma empresa do porte Petrobras se deixar surrupiar durante todos esses anos(no mínimo, desde o governo Sarney) e nunca ter detectado nada!  

    Qualquer bodega de esquina possui instrumentos de controle mínimos para detectar não-conformidades; imaginem crimes., 

    Lamentável tudo isso.

  29. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome