TCU quer saber quanto Moro recebeu de consultoria

Alvarez & Marsal administrava recuperação da Odebrecht; remuneração de presidenciável não consta de material enviado

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Jornal GGN – A ligação do ex-ministro e presidenciável Sergio Moro com a consultoria Alvarez & Marsal é alvo de investigação por parte do Tribunal de Contas da União (TCU) por conta de evidências de conflitos de interesses.

A consultoria norte-americana era administradora da recuperação judicial do grupo Odebrecht, uma das empresas investigadas pela operação Lava-Jato.

O jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, afirma que a questão pode ser ainda mais problemática para Moro, uma vez o TCU cogita pedir informações junto ao Coaf () sobre a remuneração recebida pelo ex-juiz durante seu período de trabalho com a consultoria.

E essa informação, que não foi enviada no material já entregue pela Alvarez & Marsal, pode ser solicitada junto às autoridades norte-americanas.

O jogo da indústria anticorrupção existente entre Moro e a Alvarez & Marsal é tema da coluna do jornalista Luis Nassif deste domingo, e pode ser lida clicando aqui.

Leia Também

TCU toma decisão que esquenta a chapa de Sergio Moro

Sergio Moro deveria estar inelegível por sua conduta na Lava Jato

Uma régua para Sérgio Moro, por Marco Aurélio de Carvalho, Fabiano Silva dos Santos e Gabriela Araújo

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Edivaldo Dias de Oliveira

- 2022-01-23 14:42:13

Perigas o marreco se tornar inelegível em função disso e até ter que fugir para não processado e preso. Miami go home.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador