Incêndios levam MS a decretar situação de emergência

Medida vai permitir que haja licitações sem edital para ações emergenciais, mas não determina quais são as cidades atingidas pelo fogo

Crédito: Prevfogo

O governador do Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSD) declarou situação de emergência no estado devido aos incêndios no Pantanal, para garantir que haja licitações sem edital para ações emergenciais nos próximos 180 dias. A informação foi publicada no  Diário Oficial do Estado, mas não determina quais são as cidades atingidas pelo fogo. 

De acordo com dados da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), a área queimada na região do Pantanal chegou a 627 mil hectares este ano e já supera os indicadores de 2020, ano em que houve recorde de devastação do bioma. 

Desde a última sexta-feira (21), viralizaram nas redes sociais vídeos de uma muralha de fogo na cidade de Corumbá, enquanto na outra margem do rio, pessoas comemoravam o São João. 

A situação de emergência foi decretada em função de vários fatores, entre eles o período de seca que Mato Grosso do Sul vem enfrentando, com estiagem prolongada em grande parte do território, o que acarretou aumento exponencial dos focos de calor. 

Combate

Para por fim ao incêndio, equipes de combate usam três helicópteros, caminhonetes, mochilas, sopradores e equipamentos de proteção individual, além de monitorar os locais onde os focos foram extintos com drones. 

O governo estadual informou que, no último domingo (23), um incêndio de grandes proporções foi apagado nas proximidades da Estrada Parque Pantanal. 

Já a queimada em Porto Murtinho dura mais de três dias, mesmo com os esforços das equipes, assim como na área norte de Corumbá, onde os bombeiros continuam tentando apagar as chamas. 

LEIA TAMBÉM:

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador