Sistema Cantareira entra em estado de alerta

Jornal GGN – O sistema Cantareira, principal reservatório de abastecimento de água da Grande São Paulo, desceu a 39,7% de sua capacidade, e chega a um índice pior do que no período da pré-crise hídrica, em 2013. Os dados são desta segunda, dia 30.

De acordo com os parâmetros da Agência Nacional de Água (ANA), o reservatório saiu da faxia de atenção, aquela em que se opera entre 40% e 60% de sua capacidade total, e entrou em estado de alerta. A partir deste momento, a Sabesp só poderá retirar 27 metros cúbicos por segundo do Cantareira.

Dados da Sabesp apontam que o atual volume do reservatório está bem abaixo do apurado em 2013, quando o sistema registrava 53,6% de sua capacidade ocupada no dia 30 de julho daquele ano.

Especialistas já alertaram sobre o risco de a Grande São Paulo entrar em uma nova crise hídrica, pois que Sabesp e governo de São Paulo nada fizeram para o enfrantamento dos períodos de seca na capital. Neste mês, a pluviometria acumulada no Cantareira foi de apenas 2,1 milímetros de chuva, enquanto a média de julho é de 48 milímetros.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora