Conversa Afiada e PHA, por Arnobio Rocha

Uma lástima, para mídia alternativa, a morte de PHA, pois o grande comunicador, aquele que ensinou aos demais blogueiros e portais de que a voz e a imagem são poderosas, acima da escrita que teimamos em continuar a usar como fim.

Foto El Pais

Conversa Afiada e PHA

por Arnobio Rocha

“Olá, tudo bem?” (A fala inconfundível de PHA)

Penso que o Conversa Afiada seja o único portal da mídia alternativa em que não publiquei ou foi republicado textos meus, nem sei bem a razão, arrisco dizer que seja, talvez, por Paulo Henrique Amorim ser sempre autoral, o que fez dele um cara diferente entre nós, ele era blogueiro com um puta portal, fazia de tudo ali, uma energia incrível em manter o Conversa Afiada, sua tribuna e seu deleite.

Algumas vezes em que o encontrei com PHA, ele foi muito atencioso, atendia a todos nós com respeito, animava o ambiente, os debates em que comparecia sempre com um fino humor e com cortantes ironias e cutucadas, uma inteligência fora do comum.

A partida de PHA nos coloca em xeque, o futuro dessa mídia alternativa, depois da ida do outro Paulo, o Nogueira, fundador do Diário do Centro do Mundo, que segue sendo tocado pelo grande jornalista Kiko Nogueira, não sei qual o destino do Conversa Afiada, pois criador e criatura eram um só, o que virá daquela redação que tinha em PHA o norte e a concepção do portal?

Por exemplo, o Luis Nassif transformou o portal individual, numa plataforma mais ampla, o GGN, ainda que vinculado ao seu nome, seu prestígio, mas que alcança uma perspectiva maior, além do que ele tão bem representa, o que lhe garante uma continuidade e um entendimento do que a mídia alternativa pode e deve fazer, num país dominado pela grande mídia, nomeadamente pela Globo.

Uma lástima, para mídia alternativa, a morte de PHA, pois o grande comunicador, aquele que ensinou aos demais blogueiros e portais de que a voz e a imagem são poderosos, acima da escrita que teimamos em continuar a usar como fim.

A perda de referências, como PHA, de um outro olhar das notícias, uma busca de entender o que tem por trás do publicado, dos muitos interesses, que é nossa missão de blogueiros. portais, hoje nos sentimos abalados. Muitas vezes, entre nós, tínhamos diferenças, embates, compreensão tática de como informar, sem jamais perder o companheirismo e a fraternidade entre nós.

Vai em paz, PHA.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome