Crise mundial: Guedes joga todas as respostas nas reformas econômicas

O ministro da Economia minimizou a queda do petróleo, a alta do dólar e a queda de todas as bolsas internacionais

O ministro da Economia, Paulo Guedes - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr

Jornal GGN – O ministro da Economia, Paulo Guedes, acredita que a resposta para a crise econômica internacional com a queda nas bolsas de valores de todo o mundo, o aumento brusco do dólar e a maior queda percentual das ações da Petrobras na história é a aprovação das reformas que estão no Congresso.

Guedes disse ainda que a economia mundial já estava em crise e que é só um aprofundamento, e que o Brasil estaria à margem das consequências, porque vive uma “situação diferente”, com o reaquecimento das atividades.

Ao ser questionado como o governo de Jair Bolsonaro reagiria ao cenário econômico internacional, Guedes respondeu: “Estamos absolutamente tranquilos e confiantes de que a democracia brasileira vai reagir transformando essa crise econômica em avanço das reformas”.

Disse também ser importante ter “serenidade” entre os Três Poderes, em referência ao Congresso aprovar as medidas econômicas do governo e que outra medida é que “não está na hora de ninguém pedir privilégio, pedir aumento, pedir facilidade”.

Sobre a alta do dólar, que subiu 2,7%, chegando a R$ 4,76, Paulo Guedes novamente carregou a responsabilidade na aprovação das reformas, uma vez que segundo ele, caso haja incerteza nessas medidas, a tendência é de instabilidade.

Entenda mais do assunto aqui: Apertem os cintos: Guedes não sabe o que fazer!, por Luis Nassif

Os jornalistas insistiram e perguntaram se deveria ser aprofundada a venda das reservas internacionais para conter essa subida, e Guedes novamente se blindou nas reformas:

“Se as reformas avançam e as pessoas estão tentando comprar dólar, o Banco Central acredito que vá vender. Se, ao contrário, as reformas não avançam e aí não tem fundamento a favor, a incerteza continua. Mas isso é um problema do Banco Central.”

Leia também:  Paulo Guedes insiste em imposto sobre transações eletrônicas

Há pouco, o CDS (Credit Default Swap) mediu a 200 pontos o risco-país do Brasil, um aumento de 40%, a maior porcentagem da história. Mas pouco antes, Guedes minimizou o cenário atual: “Quando o preço do petróleo subiu, todo mundo ‘ah, greve dos caminhoneiros, terrível, a inflação vai voltar’. Aí o preço do petróleo cai, todo mundo vai falar o que agora?”.

Com informações da Folha de S.Paulo.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. É demencial que um país do tamanho do Brasil esteja nas mãos deste incompetente.Colocaram o administrador do prédio à regir a economía.Amanhã quando todo afundar ,este delinquente junto a seus comparsas de crime ,pegará suas coisas e voará à terras mais calmas.

  2. Mentirosoe covarde! Oportunista,passa seus dias tentando justificar seus fracassos, quer fazer reformas à custa das desgraças do povo que detesta e com o qual não possui qualquer empatia. Seu sonho “Fake” é se tornar um “Grande Reformista”. Nunca passará de um economista mesquinho, vaidoso e ganancioso! Só mesmo Bolsonaro, um boçal maniaco que se vê Imperador e ditador, nomeia ministros como Paulo Guedes, Weintraub, Damares, Araújo e outros desarrumados.

  3. É hilário como para esse total idiota a resposta para tudo é “reformas”.

    Guedes deveria ter sido preso e executado faz muito, muito tempo…

  4. Óbviamente, o “Posto Ipiranga” não tem a mínima idéia do que fazer diante da crise, por ser totalmente desqualificado e despreparado para o cargo, igual ao seu patrão, o Capitão Ameba.

  5. O bozo juntou um bando de lunáticos e medíocres, dentre os quais o ENROLEICHON chamado PAULO GUEDES. Ele é um ENGANADOR. Sempre disse isso desde o inicio. Nas coletivas de imprenssa ele treme as mãos para segurar o microfone. Dêem um zoom.
    _Nosso país entregue nas mãos de um TREMELICO.
    _FORA BOZO…

  6. O Guedes eh arrogante por natureza e depois da cagada diz “nao foi bem assim”, depois de enfiar o pais no buraco vai pedir demissao e voltar pra sua casa nos EUA e dizer no seu circulo de amigos que o Congresso nao permitiu mudanças,Ele eh fraco,enganador usando gestos com as maos para explicar as coisas tipico de enganador, mediocre intelectualmente,alias como o governo todo, pobre do povo brasileiro,que mais uma vez caiu no golpe da midia .

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome