Uma tarde na Fazendinha de respeito às ‘minas’ e amor pelo futebol

Por Rafael Duarte I Foto: Bruno Trolo

O termômetro do Parque São Jorge marcava 31 graus na tarde ensolarada de domingo (15) atípica, em São Paulo. A temperatura no campo da Fazendinha, no entanto, era muito mais alta. Muito por conta da energia que as 5.322 pessoas – público oficial do jogo – emanavam da arquibancada até o gramado.

As jogadoras de Corinthians e Flamengo fizeram uma semifinal muito disputada e venceu o time que, mesmo com a vantagem do empate, procurou o gol o tempo inteiro. As atletas corinthianas se emocionaram com o calor da fiel torcida e devolveram o carinho da galera no placar de 2 a 0 e um caminhão de gols perdidos, especialmente no 2º tempo. Essa foi 32ª vitória consecutiva do time paulista, um recorde mundial.

A partida era válida pela semifinal do campeonato brasileiro e começou sob o sol das 14h, uma amostra de insensibilidade da CBF. As corinthiana Tamires foi o destaque do jogo com um lindo gol no final da primeira etapa. Ela e Erika disputaram recentemente a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira. A decisão do Brasileirão será contra o time da Ferroviária, que venceu no sábado a equipe do Kindermann. A data da partida ainda será divulgada pela CBF. Os dois times também disputam a finalíssima do campeonato Paulista.  

A agência Saiba Mais em parceria com o portal Fut das Minas cobriu a partida ao lado da torcida corinthiana. Os flamenguistas não somavam 30 pessoas e ficaram localizados na parte descoberta da arquibancada.

Leia a reportagem completa aqui

O GGN prepara uma série de vídeos que explica a influência dos EUA na Lava Jato. Quer apoiar o projeto? Clique aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora