Boechat em três tempos, por Vanderlei Borges

 

 

Boechat em três tempos

por Vanderlei Borges

Sobre o “O discurso fácil dos imbecis: Boechat e seu desserviço, por Francy Lisboa

Boechat (1)

Pouca gente sabe ou se lembra, o ex-colunista do Globo e da Globo foi, nos anos 80, também secretário de comunicação do governador Moreira Franco, hoje, o “Angorá” das planilhas da Odebrecht. Antes de ser convidado para o cargo público, Boechat praticava generosidades em sua coluna no Globo que muito agradaram o então candidato adversário de Leonel Brizola na disputa pelo governo do Rio. Isto, nos anos em que o alvo da família Marinho ainda não era o Lula nem a Dilma. O alvo então, que precisava ser defenestrado da corrida presidencial, era o ex-governador dos Pampas. Mas ainda não havia nem Moro nem a Lava Jato para auxiliar no serviço.

Boechat (2)

Em junho de 2001, Boechat foi demitido pela mesma família Marinho, por um grampo vazado na Veja em que ele é mostrado como “simpático” a uma das partes numa disputa empresarial de R$ 2 bi – Daniel Dantas x Nelson Tanure – nas privatizações da Telemig e da Telenorte. Isto, muito antes do “Petrolão”, o do PT porque o dos tucanos já corria solto na época, sob a proteção divina da Globo e de seus serviçais descartáveis.

Boechat (3)

Como ex-secretário de imprensa do “Angorá”, é provável que não tenha se esquecido dos nomes que brilhavam na noite de Ipanema e que constavam da agenda de consumidores dos traficantes Zaca e Cabeludo, do Morro Dona Marta.

Leia também:  Bolsonaro volta atrás na licitação de jornais pelo governo que excluía a Folha de S.Paulo

Em tempo: A agenda foi aprendida pela Polícia. A cúpula do Governo Moreira teve acesso a todos os nomes. Boechat, como secretário de comunicação, certamente foi um daqueles que tomou conhecimento.

Vanderlei Borges, jornalista, foi assessor de comunicação na área de Segurança Pública do Governo Brizola.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

12 comentários

  1. PQP, ele achou uma rola sem

    PQP, ele achou uma rola sem ter procurado. Jornalista sem aspas jamais esquece do que fez no passado, mesmo que tenha sido merda. Vai precisar de muito prozac.

  2. Popularesco

    Sinceramente não tenho o mais leve desejo de insultar ninguém, entendo que gosto não se discute. Mas o apelo visual dos produtos que tanto a firma “Band” quanto a “Globo” usam como embalagem para seus produtos dito abertos – e também nas versões “News” – lembram-me desses carros mexidões dos manos, repara só, com aqueles neons coloridos embaixo, fazendo-os parecer discos voadores de filmes sem orçamento… sabe aqueles sem silencioso no escapamento?

    E a retórica de mundo cão, então? Exponha-se aos primeiros cinco minutos de qualquer desses produtos, basta esse tempo, e não fique com ânsia de vômito, aterrorizado e raivoso, com os mais baixos instintos à flor da pele, quero ver… O Chacrinha pelo menos era bem humorado.

  3. Ou me engano

    ou as milícias não atuam somente nas regiões carentes, atuam tambem,  nos MPs e na imprensa usando redes socias e veículos de informação como arma.Tão aí os atentados como consequência dessas ações.

  4. Não temos mais “jornalistas

    Não temos mais “jornalistas ou colunistas’ na imprensa, somente  insufladores de ódio contra o progressismo. São todos capachos de seus donos (patrões?). Ou seja, vendilhões da Pátria

  5. O tucanão enrustido,

    Não engana àqueles politizados  que assistem seus comentários. Blinda os corruptos de vários partidos  à sua volta e ataca  Lula e o PT. As suas piadinhas sem graça com o Zé simão diariamente satiriza Lula e as esquerdas. O jornalismo de baixo nível da band está pior que o da globo.

  6. Boechat  é um Jornalistazinho

    Boechat  é um Jornalistazinho parcial,reacionário e  subserviente aos interesses das elites .Somente aqueles que usam viseira de jumento  dão credibilidade aos comentários toscos  e preconceituosos .

  7. Um morde e assopra !!

    Boechat, sempre deixou essa impressão. É um morde e assopra, um fede nem cheira ! Nunca me enganou. As vezes sintonizava a Bande News e ele com o tal do Zé Simão com aquelas piadas que só eles e a turma de editores que vos cercam acham graça. O cara não tem opinião própria, tem que falar o que o patrão manda, se não perde o emprego. 

  8. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome