Evento com Dallagnol tira programação do ar após matéria de Come Ananás

Matéria foi publicada na última segunda-feira, 15, dia seguinte às revelações da Vaza Jato que mostraram como Dallagnol planejou abrir um instituto de fachada, usando sua esposa como laranja, para lucrar alto dando palestras, aproveitando a fama conquistada

do Come Ananás

Evento com Dallagnol tira programação do ar após matéria de Come Ananás

por Hugo Souza

O Meeting de Empreendedorismo de Curitiba, um dos “mais relevantes do cenário empreendedor” no Brasil, retirou do site oficial do evento a programação da sua edição 2019. A mudança aconteceu após a publicação de matéria de Come Ananás mostrando que estava marcada para as 14:00h do próximo 10 de outubro, no “meeting”, uma palestra de Deltan Dallagnol sobre “ética nos negócios”.

A matéria de Come Ananás foi publicada na última segunda-feira, 15, dia seguinte às revelações da Vaza Jato que mostraram como Dallagnol planejou abrir um instituto de fachada, usando sua esposa como laranja, para lucrar alto dando palestras, aproveitando a fama conquistada – ou, em suas próprias palavras, “o networking e a visibilidade” – na condição de chefe da força-tarefa da Lava Jato.

Às 11:30h de segunda, a LTC Eventos, empresa organizadora do “meeting”, disse ao Come Ananás que a palestra de Dallagnol estava confirmada, mesmo depois das revelações da Vaza Jato do Intercept Brasil.

Naquela altura, no site do “meeting”, a programação aparecia assim:

Agora, aparece assim:

Na conta do “meeting” no Instagram havia, também naquela altura, postagens com as fotos de todos os nove palestrantes do evento. Agora, estão lá as fotos de oito. “Dr. Deltan Dallagnol” aparecia assim no “Insta” do “meeting”:

O link da foto de Dallagnol, agora, aparece assim:

Imprensa parceira, PGR também

Uma curiosidade: entre os “parceiros” do Meeting de Empreendedorismo de Curitiba estão dois destacados órgãos de imprensa do Paraná: a Gazeta do Povo e a rádio CBN Curitiba.

Na repercussão da matéria de Come Ananás nas redes sociais, leitores comentaram que entrariam em contato com a organização do “meeting” para protestar contra a participação de Dallagnol no evento.

Ao contrário de Raquel Dodge, o “cenário empreendedor” do Brasil parece algo constrangido com a figura de Deltan “Networking” Dallagnol. No site do “meeting”, porém, ainda aparece na seção “palestrantes confirmados” a seguinte figura:

Expo ‘Palestras Remuneradas’ Unimed

O Meeting de Empreendedorismo de Curitiba acontecerá na ExpoUnimed. Em chat, revelado pela Vaza Jato, com a procuradora Thaméa Danelon, ex-coordenadora da Lava Jato em São Paulo, Dallagnol sugeriu à colega que aproveitasse o tema de uma investigação conduzida por ela, sobre fraudes em tratamento de doentes com Mal de Parkinson, para se oferecer como palestrante à Unimed: “eles fazem palestras remuneradas”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Quase nada em função do mal que esta turma lavajateira infligiu ao Brasil em prol de seus próprios planos de negócios, sempre sob a tutela dos eua. Mas já é um primeiro passo começar a entender que não se tratam de heróis, mas sim de meros comerciantes subservientes a países corsários.

  2. Quase nada em função do mal que esta turma lavajateira infligiu ao Brasil em prol de seus próprios planos de negócios, sempre sob a tutela dos eua. Mas já é um primeiro passo começar a entender que não se tratam de heróis, mas sim de meros comerciantes subservientes a empresas corsárias.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome