Novas denúncias de Época: os superlobistas trapalhões

Não dá para entender o novo modelo de denúncias da revista Época. Fica-se sem saber se a revista está com problema de falta de equipe de reportagem, ou a direção de redação padece da falta de conhecimento de negócios, para filtrar as matérias.

Denúncias envolvendo negócios têm sua complexidade. O repórter precisa saber a diferença entre operações habituais e as extravagantes, entender a lógica financeira para separar onde há suspeitas de negociata, onde há operações normais de mercado. Não basta obter um relatório da Polícia Federal se não houver discernimento para entender o tema e identificar o negócio.

Esta semana a matéria de denúncia da Época fala em “Os lobistas e os negócios da Petrobras na África” (clique aqui).

O tom é de denúncia, o texto tem o estilo roteirizado das denúncias, cada episódio é tratado como se fosse uma denúncia. Quando se completa a leitura, não existe uma só denúncia na história.

Poderia ser matéria de negócios, mas não é, dado o tom de denúncia. Poderia ser matéria de denúncia, mas não é, por ter apenas o tom, sem apresentar uma denúncia.

Faz um check-list de tentativas infundadas de lobby, mostrando um superlobista que não consegue um resultado sequer.

Finalmente, joga no papel um conjunto de informações genéricas de negócios – como, por exemplo, o fato público da associação entre Petrobras e BTG na África. E informa, judiciosamente, que consultou os personagens mencionados mas eles não quiseram se manifestar. Manifestar sobre o quê? “Pactual, o que você tem a dizer sobre sua associação com a Petrobras na África?”. “Petrobras, o que você tem a dizer sobre sua associação com o Pactual na África?”

Provavelmente o RP de ambas as empresas sugeriu ao repórter consultar os comunicados ao mercado. E com isso não deu as declarações entre aspas que poderiam ser utilizadas no texto. Extrair informações de textos técnicos é bem mais complexo.

A matéria toda tem 12.723 caracteres

Trecho 1 – Viagem de Lula à África.

22% do texto. Todo o texto servindo apenas para informar que dois representantes de empresas estavam na comitiva, José Carlos Bumlai e Fábio Pavan. Legal! Viagens de negócios costumam ser feitas com representantes das empresas interessadas. Mas qual a relevância dos dois?

Restam 77%.

Trecho 2 – Perfil de Bumlai 

Nos 10% seguintes, descobre-se que a razão de Bumlai estar na matéria é o fato de ser amigo de Lula. Menciona-se sua influência para indicar diretores para a Petrobras. E apresenta uma prova irrefutável: o fato de João Augusto Henriques – também chamado de “lobista” (na reportagem todos são lobistas) – ter procurado o apoio de Bumlai para o influente cargo de diretor internacional da Petrobras. E não ter conseguido a indicação. 0 x 1 para o lobista.

Restam 67%.

Trecho 3 – os negócios do lobista em Acra.

27% da reportagem para narrar as aventuras empresariais de Pavan e da Constran em Acra – que não deram certo. E relata o fato do superlobista ter ido atrás do apoio da Petrobras. E nada ter conseguido. 0 x 2 para ele.

Restam 41%.

Trecho 4 – negócios com o grupo Charlot.

18% para informar que os lobistas tentaram vender um poço do grupo Charlot para a Petrobras por US$ 150 milhões, antes de saber se o poço tinha petróleo. Mas sabendo que o Conselho de Administração não aceitaria, propuseram um sinal de US$ 8 milhões e o pagamento dos US$ 150 milhões só se saísse petróleo. Que não saiu. 0 x 3.

Restam 23%

Trecho 5 – o acordo do BTGB e da Petrobras na África

11% para informar que a Petrobras juntou seus ativos africanos e vendeu parte para o BTG Pactual por US$ 1,5 bi. E que os dois lados lucraram com a operação. Informa também que “procurado pela reportagem”, o BTG não se pronunciou. Mas se pronunciar sobre o quê, se não há um dado sequer a ser checado.

Restam 12%.

Trecho 6 – relacionamento Lula-Bumlai

12% finais para mostrar que Bumlai e Pavan assistiram à inauguração do escritório da Embrapa na África, na qual Lula estava presente. E também a relevante informação de que, procurado para falar do relacionamento com Bumlai, o Instituto Lula não quis se pronunciar. E também a relevante informação de que o superlobista Pavan procurou de todas as maneiras um contato com a Petrobras e nada conseguiu. 0 x 4

Não resta mais nada.

50 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

José Carlos Damaceno

- 2014-04-28 15:06:11

Nassif nota 10

Nassif como sempre muito competente, é uma pena que não exista muitos nassifes no Brasil,quero lembrar aqui aos seus leitores que quando a presidenta atual e o antigo presidente da petrobras disseram a mesma coisa e uma grande parte da midia colocram como se eles estivessem disendo coisa diferentes ai sim não deixa nenhuma duvida que querem derrubar o PT,e o pior é que tem gente que quer de todas as formas acreditar nesta parte podre da chamada grande midia (lamentavel)

Klaus BF

- 2014-04-28 14:04:54

ESPN?

Vai ser demitido ou tomar uma advertência. Aécin vai ligara para a direção da ESPN pedindo retratação.

JOSE ROMEU PONTES CARDOSO JUNIOR

- 2014-04-28 13:52:32

A Época Globalizou a Notícia

A Época "globalizou" a notícia. Novo verbo da língua portuguesa. GLOBALIZAR significa distorcer a notícia, inventar notícia.

Papel sujo

- 2014-04-28 13:24:15

O papel dessa revista é sujo. Não serve nem para limpara b*

O papel dessa revista é sujo. Não serve nem para limpara b*

Maria Izabel L Silva

- 2014-04-28 13:16:55

Como não háo que denunciar,

Como não háo que denunciar, inventa-se qualquer coisa  que cola. Se cola, é por que o setor de contrainformação do governo e da Petrobras não esta funcionando. Só temos acesso à contrainformação nos blogs, tipo Nassif, que fazem esse trabalho minunciosos de desmascarar a denucia vazia e a canalhice destas revistas. Que o governo/Dilma/PT se recolha eu até entendo,por que tudo que eles disserrem serão taxados como chavismo e outras idiotices do genero. Mas e a Petrobrás? Não tem uma assessoria de imprensa mais agressiva, capaz de defender a empresa? E o sindipetro? Morreu?  

Under_Siege

- 2014-04-28 10:42:18

os filhos do Millenium-PIG chafurdam...

nós que acompanhamos a #MidiaBandida escutamos, em sua programação "jornalistica" e de entretenimento em radio e tv, comentários sobre tais reporcagens também impressas e lembretes que esta "corrução desenfreada do Planalto (gov Fed)" não pode continuar e o momento do basta será em outubro. Assim, descaradamente. Da mesma forma que os oposicionistas federais tem 20x mais tempo que os ptistas para exporem suas ideias. A sorte, até aqui, é a FALTA de idéias deles - além do neoliberalismo clássico proposto tanto pelos tucanos-demos e pela dupla Dudurina.

Gostaria que a presidenta Dilma se manifestasse mais. Cinco minutos de fala da presidenta, semanais que fossem em rede de radio e tv serviriam para renovar os espíritos dos que continuam querer progredir, de nós que dizemos NÃO ao retorno ao descalabro neoliberal demotucano e de congeneres.

Dá uma mãozinha aí, presidenta. Desminta estes canalhas da #MidiaBandida!

VICENTE FELIPE PEREIRA

- 2014-04-27 21:19:01

  Deixa eu desenhar: a

 

Deixa eu desenhar: a revista é da GLOBO.

O padrão é Ali Kamel.

Já sei. Prá concorrer com a inVEJA, tem que fazer um jornalismo MARRON.

Esta revista já foi menos pior, isto é em outra época.

Francy Lisboa

- 2014-04-27 08:37:36

Eu to começando a achar que a

Eu to começando a achar que a perda de credibiidade da mídia será fator a favor do PT no futuro. Quando não se sabe mais o que é mentira e o que é verdade fica mais fácil se manter inerte na hora de votar.Sei lá, pode ser.

MARCO SPONCHIADO

- 2014-04-27 02:51:48

Não entendeu???? Vou explicar.....

Nassif, não sei o que você não entendeu.

A revista Época é publicada para leitores da revista Época. Coisa de "idiota" para "idiota". Não precisa ter lógica ou fazer sentido. 

Entendeu agora????

Abs.

 

MThereza

- 2014-04-27 01:57:30

só a frase "fulano não quis

só a frase "fulano não quis se pronunciar" já é suficiente para deixar os coxinhas em êxtase. mesmo que não haja nada para ninguém se pronunciar. para eles é indício de mais um "maior escândalo de todos os tempos" (do PT , é claro)

emerson57

- 2014-04-27 00:50:21

na mosca!

o objetivo da revista foi atingido.

é indiferente se tem fundamento ou não a reportagem.

a revista lança dúvidas prováveis inventadas ou inexistentes na sopa informativa. Isso reforça a impressão de que a Petrobrás e o governo da Dilma são geridos por um bando de ladrões e corruptos.

a somatória dessas marolinhas pode virar um tsunami.

Jorge Portugal

- 2014-04-27 00:48:06

Governo!!!

O governo gosta dessa palhaçada!!!!  Por muito menos, quase conseguiram demitir a Rachel Sheherazade do SBT. Governo masoquista.

Tico Munhoz

- 2014-04-26 23:33:11

Enquanto isso, em SP...

.

O que o Alckmin ou o Conselho Federal de Medicina têm a dizer sobre isso ?

[video:https://www.facebook.com/ajax/sharer/?s=11&appid=2392950137&p%5B0%5D=614925838588578&share_source_type=unknown]

https://www.facebook.com/ajax/sharer/?s=11&appid=2392950137&p%5B0%5D=614925838588578&share_source_type=unknown

 

Reginaldo Castro

- 2014-04-26 23:26:17

época
o objetivo da revista eh derrubar o pt

Fernando R.

- 2014-04-26 23:10:46

Estas análises pormenorizadas

Estas análises pormenorizadas de matérias ruins são ótimas. Precisávamos de algo assim

josé adailton

- 2014-04-26 22:45:45

Rotina

Já não se sabe o que é e o que não é .Nós mortais comuns nunca saberemos a verdade dos fatos.. As más linguas dizem que as "denúncias" da imprensa é só a ponta do iceberg.  Puro auto engano, ou pura enganação , se fazer acreditar  que o Estado não possui águas turvas. A nossa história é pontilhada de malfeitos, ninguém pode negar.

hc.coelho

- 2014-04-26 22:39:54

Existe esta revista.

Onde encontraram esta revista. Nas bancas não está. A revistinha do esgoto é criminosa, esta deve esar tentando, mas sem leitores.... Logo logo a revistinha do esgoto deixará as bancas; não vende.

O estoquegui ainda carrega consigo o cheiro da marginal tietê.

Quintela

- 2014-04-26 22:31:03

Porque a Petrobras não faz

Porque a Petrobras não faz isso?

CEMIG mente...

https://www.youtube.com/watch?v=C-yO-7mVe1Y

 

ANEEL desmonta mentira da CEMIG.

https://www.youtube.com/watch?v=CRI9RzM4ZbA

 

Nassif parabéns pela excelente reportagem!!!!

Compartilhando e divulgando!!!!

Quintela

- 2014-04-26 22:25:22

Raí, esse movimento existe

Raí, esse movimento existe desde o 1º dia do governo Lula.

Quando Lula foi pedir a benção aos Marinhos, Frias, Civitas, Saad e Mesquitas... ali foi o sinal que a guerra estava declarada.

Depois Ali Kamel enviou uma carta a Lula que até hoje ele espera a resposta... aí foi a sentença final!

Frederico69

- 2014-04-26 22:03:39

essa semana se esforçaram

o volume de fezes esplahadas pelos esgotos da mírdia foi altíssimo. se a menos de seis meses do pleito está assim, imagino como será o nosso setembro??

Marco St.

- 2014-04-26 21:24:03

Pelo menos nosso Batman

Pelo menos nosso Batman impiedoso do STF fez o menino de ouro do Millenium ajoelhar no milho e pedir desculpas. Quando é que a Petrobrás fará o mesmo com o Esgoto´s Guy?

A imaginação do moleque desconhece a razão. E os Irmãos Marinho gostam disso.

 

rafael tavares

- 2014-04-26 21:13:20

Era previsível

Quando aconteceu a crise em 2008 o "Economist" previu que haveria uma reação por parte dos eleitores/contribuintes direcionada para uma maior regulamentação do mercado. Quer dizer: apercebendo-se das contas a pagar socializadas dos "too big to fail", um redirecionamento eleitoral para governos de esquerda à semelhança do que aconteceu nos EUA com o New Deal. É claro que essa tendência prevista não viria sem uma contrapartida de uma reação restauradora das direitas, como aconteceu nos mesmos EUA com a Macarthysmo. É o que está acontecendo agora - ao que parece - somente que em intervalo de tempo muito menor, uma participação das mídias muito mais frenética e uma expressão geográfica muito mais ampla. Sinal dos novos tempos da comunicação eletrônica.

Nelson Quintanilha

- 2014-04-26 21:10:30

Dá para entender sim Nassif!

"Não dá para entender o novo modelo de denúncias da revista Época"

O problema está na partilha Nassif.

è muita grana que os grigos estão perdendo.

Rabuja

- 2014-04-26 20:14:47

Quem patrocina isto?

Aposto que tem página desta revista com publicidade da Petrobrás e de outras instituições federais...

 

Campos

- 2014-04-26 19:26:54

Esgoteguy e a fora de época

Esgoteguy e a fora de época se merecem.

Malú

- 2014-04-26 19:16:37

"Se não tem denúncia, nois

"Se não tem denúncia, nois fabrica", né Época? É a Época seguindo as pegadas da Veja. R I D Í C U L A S.

André LB

- 2014-04-26 19:00:26

  É só o golpismo de sempre,

  É só o golpismo de sempre, nada pessoal, praticados pelos vermes de sempre - esse moleque já tem um belo histórico.

Assis Ribeiro

- 2014-04-26 18:55:11

Trata-se de uma ação orquestrada (4)

Os ataques à Petrobras, que vem sendo modulados, tanto pela direita neoliberal como pelas oposições anti-PT e anti-Lula - de corte direitista e esquerdista - talvez sejam a síntese mais representativa desta dificuldade. O ataque, turbinado pela grande mídia,  dá espaço para estes grupos políticos não dizerem,  de forma clara  (se fossem eleitos),  o que fariam com a economia e com as funções públicas do Estado, no próximo período. Unidos, esquerdismo e neoliberalismo, desta vez no ataque ao Estado - não somente ao Governo - ficam absolvidos de fazerem propostas para dizerem como o país deverá operar, gerando emprego e renda,  ao mesmo tempo que se defende da tutela do capital financeiro  e das pressões da dívida pública

Tarso Genro

AMIGO DO POVO E DA PAZ

- 2014-04-26 18:55:00

A única coisa que pretava

A única coisa que pretava naquela revista era a coluna da Elaine Brum, depois que ela sai de lá, nunca mais voltei! 

paulo toledo

- 2014-04-26 18:53:35

Trabalho primoroso

Trabalho primoroso Nassif.

Mas, quando sair a próxima "reportagem", basta dizer que é do Egosteguy, todos vamos entender.

cido galvao

- 2014-04-26 18:52:50

E me parece, que não há nada

E me parece, que não há nada a se fazer. 

Walter o primeiro

- 2014-04-26 18:49:51

Ações judiciais

A Petrobras é uma empresa de capital aberto. O dirigente de uma Empresa de capital aberto que não defende esta empresa inclusive judicialmente, contra calunias, esta sendo conivente com a desvalorização de suas ações negociadas em bolsa

Imaginem alguem espalhando noticias falsas sobre a Sadia ou a Perdigão, ajudando na desvalorização de suas ações, isto não é crime ??

Dona Graça Foster já esta na hora da Senhora acordar

Ivan de Union

- 2014-04-26 18:49:47

Por sinal, essa tecnica

Por sinal, essa tecnica analitica eh mind-blowing, Nassif!  Estou verde de inveja de nao a ter exposto antes.

Eh que eu tambem uso esse tipo de analise, mas so "conto" sentencas, de vez em quando palavras.

Fátima Sá

- 2014-04-26 18:38:57

Novas denúncias de Época: os superlobistas trapalhões

E os coxinhas adoram ficção, acreditam piamente na "Época Ficção". Depois dizem que o restante do povo brasileiro é que são abestados. Parabéns, Nassif pela excelente análise. 

Juliano Santos

- 2014-04-26 18:34:41

Quem tem o contato do

Quem tem o contato do Esgostesguy? Tenho uma denúncia para esse rapaz, menino prodígio do Instituto Milenium e ex-foca da Veja.

Aqui perto de casa tem um posto da Petrobrás que tem uma bomba de gasolina batizada! É o que dizem. Quanto será que ele paga por um escandalo dessa dimensão? Por 50 Reais fecho negócio

 

mariah

- 2014-04-26 18:27:01

s/comentarios

s/comentários.

alfredo machado

- 2014-04-26 17:59:35

DEscoteguy

Nassif,

O jornalista Diego Escoteguy é daqueles que se sujeita a qualquer papel, faz tudo o que seu mestre mandar.

Deste jeito, ele imagina vir a se tornar um novo Eurípides Alcântara, faltando apenas arrumar uma fonte como CCachoeira e ser capaz de convencer ao patrão que merece uma chefia.nacional.    

Não é a primeira nem será a última vez que o jornalista se comportará como um farsante, se mandarem ele dar um "furo" sobre a laranjamate, ele mergulha no teclado, sobre a lisura de Fernandinho Beira-Mar, ele mergulha no teclado, se qualquer coisa que venha à mente do patrão, ele mergulha no teclado. Ao final do mês o belo contracheque, isto caso não seja terceirizado.

Assis Ribeiro

- 2014-04-26 17:52:12

As falas de Tarso Genro

As falas de Tarso Genro citadas estão no link que indiquei no "Clipping do dia" de hoje:

"(...)Os ataques à Petrobras,"

Carlo Zardinni

- 2014-04-26 17:43:13

Enquanto isto a Petrobrás

Enquanto isto a Petrobrás faz merchandizing dos Postos Petrobrás na novela das oito....

Caso clássico de estupidez misturado com pouca vergonha na cara.

Raí

- 2014-04-26 17:42:18

"Tá tudo dominado, Nassif"
É meu amigo, está havendo um movimento inteiramente direcionado a atingir as entranhas do PT, e do atual governo, e neste movimento, toda a imprensa está engajada, e decidida a ir até as últimas consequências. Não há um só veículo de comunicação da grande mídia, que não esteja comprometido com este propósito.

Assis Ribeiro

- 2014-04-26 17:42:12

Trata-se de uma ação orquestrada (3)

"A semeadura da insegurança, que precede as inflexões para direita, está em curso em todos os níveis e para responder a esta sensação manipulada - que vai da economia à segurança pública - é preciso dizer de maneira bem clara quais os próximos passos contra as desigualdades e contra perversão da política e das funções públicas do Estado. Chegamos a um momento de defesa política de um modelo novo combinado com a velha luta ideológica."

Tarso Genro

Assis Ribeiro

- 2014-04-26 17:40:47

Trata-se de uma ação orquestrada (2)

"Como os militares estão aferrados às suas funções profissionais e constitucionais e não estão para aventuras, o golpismo pós-moderno vem se constituindo através da direita midiática. Esta, se bem sucedida no convencimento a que está devotada, encarregaria um novo Governo social-liberal da desmontagem do atual Estado Social “moderado”,  obtido no Brasil num cenário mundial adverso."

Tarso Genro

Assis Ribeiro

- 2014-04-26 17:38:03

Por isso os blogs alternativos têm dado um show de informações.

As recentes matérias sobre a Petrobras, sobre a inflação e necessidade de redução de gastos do governo não tem o cunho de falta de profissionais ou de conhecimento.

Trata-se de uma ação orquestrada.

E como diz Tarso Genro (o grifo é meu):

(...)"liquidem com a Petrobras e teremos o Estado brasileiro pela metade; acabem com os gastos sociais e teremos uma crise social mais profunda do que a das jornadas de junho; restrinjam o BNDES e o crescimento – que já é pífio - se reduzirá ainda mais;  desmoralizem os partidos e a política e a técnica neoliberal substituirá o contencioso democrático."

 

DUDE

- 2014-04-26 17:36:48

MORAL DA HISTÓRIA: TEM COISA ERRADA AÍ, MAS NA MÍDIA !

O texto é efeito tendo tudo como suspeita, suspeita aqui, suspeita ali. No final, quer sugerir que tem coisa errada e muito errada na Petrobrás.

Mas eu acho que a coisa errada está na Mídia. E já está provado isto há muito tempo.

Outro dia, até modificaram a fala do Lula, que dizia estar fora do País,  para ser entendido por estar fora das questões da Petrobrás.

A mídia tornou-se, reconheça-se, o maior Poder deste País. E manda no Judiciário e na promotoria, que mandam no Executivo e no Legislativo.

É mesmo: nem é preciso suspeitar para se comprovar que a mídia é a coisa errada. Mais certo do que nunca a mídia está enganando, e muito bem, diga-se de passagem,  o povo brasileiro.

Um dia,  o arrependimento virá. Depois não adiantará chorar a perda da Petrobrás, a privatização do BB e da Caixa, o fim das políticas sociais,  o reaparecimento rápido e eficaz da pobreza no País, a queda dos empregos e aumento do desemprego e tantas outras catástrofes que serão choradas. Mas marias arrependidas de nada adiantarão.... E mais: a mídia tentará passar um retrato maravilhoso de um país que voltará à estagnação e à involução.

Rodrigo Silva

- 2014-04-26 17:34:32

O problema é que a maioria

O problema é que a maioria das pessoas que se dizem "instruídas" no Brasil  pensam que tudo o que sai contra o PT e o Lula em Época, veja, folha, globo, estadão, são a mais pura verdade. 

É capaz de sair uma matéria dizendo que o culpado pelo 11 de setembro foi o PT e o Lula, esses que se dizem "as pessoas decentes do Brasil", acreditarão.

Franbeze

- 2014-04-26 17:19:39

É caso pensando

e o PiG vai agir assim cada vez mais forte para desconstruir o Governo Dilma até as eleições. O pior é que está dando certo e é muito povoável que a Dilma não se reeleja.

 

Franbeze

- 2014-04-26 17:19:32

É caso pensando

e o PiG vai agir assim cada vez mais forte para desconstruir o Governo Dilma até as eleições. O pior é que está dando certo e é muito povoável que a Dilma não se reeleja.

 

Antonio Passos

- 2014-04-26 17:16:29

Não há mais limites para a mídia

Dizem apenas o que querem, a verdade não exerce mais nenhuma influência no que é publicado. A mídia está em guerra contra o governo e quer derrubá-lo a todo custo. O que mais veremos até as eleições ? Duvido que alguém seja capaz de dizer. SImplesmente porque tudo é possível, não há mais limites para a mentira. Só falta um estágio neste processo de agressão à democracia, é um ataque direto à presidente. Foi o que parece que tentaram com o grampo ao planalto.

JB Costa

- 2014-04-26 17:16:07

Nassif,  Legal essa

Nassif, 

Legal essa "metodologia" de desmontar o "jornalismo" praticado hoje em certos veículos. Ela - a metodologia - é boa porque, ao contrário da matéria que está em foco, sempre recheada de subjetivismos, achimos, chutes, apela apenas para a análise fria, distante e objetiva, não deixando, assim, margem para eventuais depreciações por conta do embate político. 

Ivan de Union

- 2014-04-26 17:05:05

Vergonhosa reportagem

Vergonhosa reportagem mesmo!

"Fica-se sem saber se a revista está com problema de falta de equipe de reportagem, ou padece da falta de conhecimento de negócios da direção":

O segundo.  O pior problema mesmo eh a falta de fonte pra uma fofoca insider que seja.  Voce acabou de analisar uma fofoca inventada por quem tem excesso de experiencia em coisa nenhuma, Nassif!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador