Xeque: editorial da Globo produz análise fake sobre condenação de Aécio

Xeque, uma agência que contextualiza a notícia.

 

 

Análise: O editorial de O Globo de 18/04/2018 “Aécio convertido em réu abala teoria persecutória do PT

Conteúdo: o editorial compara a condenação de Aécio Neves com a de Lula como prova da isenção do Ministério Público Federal e da Justiça.

“A aceitação da denúncia contra o senador da oposição, feita ainda pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot e referendada por Raquel Dodge, sua sucessora, ocorre não muito tempo depois da rejeição, pelo STF, de pedido de habeas corpus em favor de Lula, com a consequente prisão do ex-presidente, condenado em segunda instância por corrupção e lavagem de dinheiro. Assim avança a República”.

Contexto:

Uma análise correta não pode meramente comparar duas condenações, sem especificar as implicações de cada uma no contexto político.

Lula:

É a maior lideranças das esquerdas, candidato favorito às eleições de 2018. Os ataques dos quais foi alvo serviram para derrubar uma presidente da República, mudar as políticas públicas sem consulta às urnas, impor metas de gastos para saúde, educação, políticas sociais. Foi condenado sem que houvesse provas concretas (recibos, notas fiscais, registro de imóveis) de que fosse proprietário do triplex.

Aécio:  

Aparece com menos de 1% nas pesquisas para governador de Minas Gerais. Não tem fôlego político sequer para aspirar o mandato de senador. Não tem mais o comando do PSDB. Foi flagrado em uma conversa com Joesley Baptista, na qual solicita ajuda de R$ 2 milhões. O primo foi filmado saindo da JBS com mala de dinheiro. A aceitação da denúncia pelo STF não tem nenhum efeito adicional sobre o cenário político.

Seria o mesmo que comparar o naufrágio do Titanic com o de um barco a remo.

Intenções

Há duas intenções no editorial do Globo:

  1. Tentar reduzir, especialmente para a opinião pública global, a ideia de que Lula foi vítima de um processo político.

  2. Manter a blindagem que recebe do MPF no caso FIFA.

O MPF é titular de uma ação penal sobre os escândalos do futebol brasileiro, envolvendo diretamente as Organizações Globo. A ação está parada há anos e só foi reativada depois de trabalhos do Ministério Público espanhol, levantando os escândalos brasileiros a partir da prisão do ex-presidente do Barcelona. Não há nenhum sinal de que o inquérito esteja em andamento. O que pode explicar a necessidade da Globo de manter a parceria com o MPF.

Xeque!

 

37 comentários

  1. A exceção confirma a regra nos casos não excepcionados

    A Gliobo está tomando a exceção por regra, ou seja, a globo está superestimando nossa burrice.

  2. “Juiz expulsa Pelé e para

    “Juiz expulsa Pelé e para compensar, expulsa também o roupeiro do banco do time adversário.”

    Eles fazem isso porque sabem que seu público alvo é composto por safados ou gente com baixa capacidade de pensar com a própria cabeça.

  3. Aspirador de pó

    Ha, ha, ha. Não pude evitar a gargalhada: o uso do verbo aspirar para falar do Aecipó pode causar confusão sobre o correto uso da forma verbal – ele, quanto menos aspirar A (preposição) alguma coisa na política, mais tenderá a aspirar a (artigo) poeira da história, entre outros tipos de  partículas alucinógenas, possivelmente menos psicodélicas do que a realidade atual no Brasil e no mundo. 

     

    Sampa/SP, 18/04/2018 – 15:42

  4. Ajeita que vai…

    Ajeita a manchete do Globo que assim se traduz melhor o que pensa a Vênus platinada do Maroni:

    “Aécio é um convertido. Teoria persecutória? Ao réu PT, a bala.”

  5. Nassif o q nos falta(o
    Nassif o q nos falta(o povão)é a informação correta mesmo, nós (povão)estamos com um sentimento q algo está errado atualmente como se fosse um marido corneado q vê a sua esposa dia a dia com comportamento estranho,fria,amigos jogando indiretas e tal,só q falta pegar no flagra para acreditar,parece q não estamos querendo enxergar a realidade,as vezes penso q falta uma comunicação mais direta tipo”olha, não aceitem isso,tá errado, não acreditem mais na Globo,talvez uma comunicação de impacto comparativa visando orientar e incentivar todos a filtrar informações! Não dá mais para o Brasil viver o mundo irreal da Globo!

  6. Nassif o q nos falta(o
    Nassif o q nos falta(o povão)é a informação correta mesmo, nós (povão)estamos com um sentimento q algo está errado atualmente como se fosse um marido corneado q vê a sua esposa dia a dia com comportamento estranho,fria,amigos jogando indiretas e tal,só q falta pegar no flagra para acreditar,parece q não estamos querendo enxergar a realidade,as vezes penso q falta uma comunicação mais direta tipo”olha, não aceitem isso,tá errado, não acreditem mais na Globo,talvez uma comunicação de impacto comparativa visando orientar e incentivar todos a filtrar informações! Não dá mais para o Brasil viver o mundo irreal da Globo!

  7. Usando condenação de Aécio para atacar o PT, pela imparcialidade

    Essa matéria se contradiz filosoficamente… ela tenta provar algo que ela mesma já destrói.

    SÓ O FATO DA GLOBO USAR A CONDENAÇÃO DE AÉCIO PARA ATACAR O PT JÁ DEMONSTRA A COMPLETA PARCIALIDADE DO SISTEMA COMO UM TODO.

    1-Toda condenação do PT resulta em textos atacando o PT

    2-Toda condenação do PSDB resulta em textos mostrando a imparcialidade das instiuições e o vitimismo do PT.

    Não importa o resultado… quem apanha é o PT!

    A Globo deixa claro que a condenação de Aécio foi 100% armada dar continuidade ao golpe. Obviamente a matéria não cita os outros nomes do PSDB enrolados em corrupção e com provas muito mais robustas do que as que condenaram Lula.

  8. Note que nem se trata de

    Note que nem se trata de condenação de Aécio. Estamos apenas na fase inicial da ação penal que pode terminar com a absolvição do réu. Depois de alguns anos, certamente sem os atropelos de prazo e sem a pressa e a parcialidade que marcaram o processo do “triplex” (e depois de passado todo o calor e a fúria da justiça seletiva) poderíamos ver Aécio (já politicamente morto) condenado. Mas aí, o estrago já está feito. 

  9. Note que nem se trata de

    Note que nem se trata de condenação de Aécio. Estamos apenas na fase inicial da ação penal que pode terminar com a absolvição do réu. Depois de alguns anos, certamente sem os atropelos de prazo e sem a pressa e a parcialidade que marcaram o processo do “triplex” (e depois de passado todo o calor e a fúria da justiça seletiva) poderíamos ver Aécio (já politicamente morto) condenado. Mas aí, o estrago já está feito. 

  10. Um colega de trabalho,

    Um colega de trabalho, coxinha total e sabedor de minhas posições, me mostrou a notícia da aceitação da denuncia contra Aécio Neves, em linha com a Rede Globo tentando anular meu discurso da parcialidade da justiça brasileira.

    Eu dei de ombros e apenas me referi à ele como cachorro morto.

    Ficou sem graça após minha reação.

  11. A Globo manda e desmanda no “çupremo”

     A Globo desmascarou ainda mais o que todos já sabemos: ela MANDA E DESMANDA no “çupremo” que é uma espécie de repetidora associada de uma cidade do interior do Brasil. Agora, por este editorial, que jamais lerei, sabemos que a colocação em pauta, calculada estrategicamente pela funcionária da Globo que nas horas vagas acha que preside seu tribunalzinho, e a votação contra o facínora Mineirinho foi tudo ordem de cima, ou seja, da Globo, que administra o dia-a-dia do regime golpista.

    O bandido Mineirinho, ladrão e homicida, jamais, em tempo algum, teve, tem ou terá a dimensão política e pessoal do Presidente Lula.

  12. Boa, Nassif!

    Sugiro que, oportunamente, a Agência Xeque mate o discurso de “isenção” do judiciário, pela publicação de uma tabelona comparando o tratamento dispensado aos petistas em relação aos tucanos, no atacado e no varejo.

  13. Xeque…

    Até as pedras sabiam que depois que prendessem Lula, os processos contra o Tucanato começariam a andar. Azeredo, Paulo Preto, Aécio,…Trensalão de Picolé de Chuchu tem indiciados 6 Presidentes do Metrô de SP. Todos processos anteriores ao de Lula , que estavam parados e engavetados. Haja coincidência. Agora começam sua caminhada, recursos, embargos, discussões, avalizando a prisão de Lula, que já ocorreu e já está trancafiado. Golpezinho mais que manjado. Só falta agora o PT abandonar Lula e propor outra Candidatura. Aí seria a cereja do bolo. Mas quando se trata de Aloprados, tudo é possível. A Justiça Brasileira sinaliza que todos se submeterão á guilhotina, desde que Lula seja o primeiro.  Pode confiar. Ou vocês não acreditam na Justiça Brasileira? O Brasil é de muito fácil explicação.  

  14. Aspiradores ao esPÓlio da república

    1 – Autorização para investigação não significa que há ou haverá isonomia no tratamento jurídico e judicial, qualquer desavisado leitor dos panfletos da direita pode constatar isso se for minimamente sincero (presunção de honestidade intelectual, do que o panfleto carioca é o contraexemplo já assumido). Até em casos em que houve condenação (Azeredo) ficou nítida a dificuldade do sistema de justiça de disfarçar não apenas sua partidarização político-ideológica como, ao contrário, essa tendenciosidade antijurídica, contrária aos princípios constitucionais de separação dos poderes, foi determinante, deliberada e reinvindicada pelos órgãos responsáveis, desde seu  acionamento até o arquivamento de processos à direita (seria interessante listar, objetiva e sumariamente, os principais processos, andamentos e resultados concernentes aos principais personagens da política, regional e nacionalmente) e condenações à esquerda. Se a intenção é prover um argumento para disfarçar, junto à opinião pública, a partidarização do mpf e dos órgãos do sistema de justiça, o remendo pode ter o efeito contrário e acabar por confirmar que o ato resulta da intenção de promover um jogo de cartas políticas com muito blefe e manipulação, e não de tratar qualquer cidadã/o acusada/o com isonomia e sem discriminação de qualquer tipo, como está disposto na Constituição. 

    2 – Alguém fala para a Globélica que o Cunha foi preso logo após ter entregado a encomenda do impizzachment (” – qual o sabor, senhor? – ‘com supremo, com tudo’ “, hahaha, é rir para não detonar uma bomba em Manhattan [poema “Elegia 1938”, de Drummond, vídeo 2], ou Washington…) e o fato não apenas não significou que teria sido feita justiça como confirmou que ele só não foi investigado e detido antes porque tinha sua utilidade no projeto de desrepublicanização do país, patrocinado e transmitido pela emissora de dejetos eletromagnéticos diariamente. Nada de novo no front, e o Nassif que é quase uma enciclopédia de causos da política nacional poderia apresentar situações similares à do Aecipó, de ratos jogados ao mar por seus aliados de ontem, e quem sabe, futuros aliados de depois de amanhã. Como o Nassif já reconheceu algumas vezes, a sorte do Pózinho é que Gilmar não abandona amigos feridos na estrada, ao contrário da Globélica, e esta pode ser uma novela interessante se essa investigação pretender convencer – já que não se trata de ser mas de parecer, ah, o reino das ficções globélicas… – a opinião pública de que é feita com seriedade: os apupos entre Gilmar Mendes e o representante da Globélica no stf, BarracoBarrocoBarroso tendem a ficar mais decisivos, e se a Globélica estiver mesmo interessada em usar Pózinho como seu bode expiatório (eu disse expiatório e não aspiratório…) para limpar sua imagem de golpista, ops, a de seu sócio, mpf, o stf será o palco do embate e Mendes, se aceitar o desafio, pode se preparar para a emissora bancar o seu impizzachment, (“com coleguinhas do Supremo, com tudo”). 

    Desculpem pela brincadeira, mas a música tem trechos que bem poderiam ser recadinhos da Globélica para o país e para o Pózinho, ou dele para a ex-sócia e seus seguidores, ou ainda dos amarelinhos arrependidos pero no mucho, bem cinicamente, porque a música é linda e eles são sórdidos, mas a Globélica é tão acostumada a se apropriar da cultura brasileira que a paródia cabe, infelizmente, como um vestido sob medida. 

    “Primeiro você me azucrina

    Me entorta a cabeça

    Me bota na boca

    Um gosto amargo de fel…

     

    Depois

    Vem chorando desculpas

    Assim meio pedindo

    Querendo ganhar

    Um bocado de mel…

     

    Não vê que então eu me rasgo

    Engasgo, engulo

    Reflito e estendo a mão

    E assim nossa vida

    É um rio secando

    As pedras cortando

    E eu vou perguntando:

    Até quando?…

     

    São tantas coisinhas miúdas

    Roendo, comendo

    Arrasando aos poucos

    Com o nosso ideal

    São frases perdidas num mundo

    De gritos e gestos

    Num jogo de culpa

    Que faz tanto mal…

     

    Não quero a razão

    Pois eu sei

    O quanto estou errado

    E o quanto já fiz destruir

    Só sinto no ar o momento

    Em que o copo está cheio

    E que já não dá mais

    Pra engolir…

     

    Veja bem!

    Nosso caso

    É uma porta entreaberta

    E eu busquei

    A palavra mais certa

    Vê se entende

    O meu grito de alerta

    Veja bem!

    É o amor agitando o meu coração

    Há um lado carente

    Dizendo que sim

    E essa vida dá gente

    Gritando que não… ” (fonte:https://www.letras.mus.br/gonzaguinha/46277/)

     

    GRITO DE ALERTA – com MARIA BETHÂNIA

    1 –

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=Uus0tK8l6Xw%5D

    https://www.youtube.com/watch?v=Uus0tK8l6Xw

    2 – 

    ELEGIA 1938 – de DRUMMOND, interpretado e comentado por CAETANO VELOSO

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=AqNjbqQwOzE%5D

    https://www.youtube.com/watch?v=AqNjbqQwOzE
     

     

    Sampa/SP, 18/04/2018 – 16:59 (alterado e atualizado  às 17:08). 

    • PÓs-scriptum

      1 – Onde se lê “reinvindicada”, leia-se “reivindicada”. 

      2 – A pizza a que me referi para selar o Grande Acordo Nacional, faltou dizer mas o contexto não deixa dúvidas: Jucálabreza? Não. MAFIOSA. País da pizza pronta para viagem  – já se vão dois anos e o forno não foi desativado.

      3 – Falando em contexto, para que não pairem… dúvidas (calma, chega de pó e trocadilhos por hoje, só que não), quando me referi ao Grande Acordo Nacional iniciado pelo golpe como pizza tinha em mente o que resultou dele para os envolvidos na operação LesaPátria, um acordo de pistoleiros, digo, de cavalheiros, em que mais uma vez o sonho de uma país livre e soberano com um povo altivo e bem alimentado foi reduzido a uma pizza mafiosa entre os algozes de sempre. Enquanto eles comem pizza mafiosa o povo, nem brioches… Mas essa canoa vai virar e a pizza será substituída pelo pão da ceia dos justos e misericordiosos. 

      4 – Como a lista de trocadilhos infames com o Pózinho é tão extensa quanto sua capivara (não vale passar a chamar de capóvara porque perde a graça), se ele for a uma missa ou qualquer encontro cristão, por favor, que se evite a passagem: 

      “do pó vieste, ao pó voltará”. Ele pode não entender bem a mensagem. 

       

       

       

      Sampa/SP, 18/04/2018 – 20:38

       

       

    • Fábulas cruéis

      Duelo de mágicos – Palavra Cantada 

      [video:https://www.youtube.com/watch?v=7bXYsYKg0NA%5D

      https://www.youtube.com/watch?v=7bXYsYKg0NA

       

      O duelo na música (“Duelo de mágicos”, do grupo Palavra Cantada)  é diversão para criança.

      O conluio, mesmo com troca de farpas aqui e acolá,  entre a varinha mágica do judiciário e o pozinho mágico da imprensa comercial na vida de um país e seu povo  é perversão e subversão contrademocráticas.

      Os patos, sapos e outros bichos da família dos manifestoches (entre eles a [email protected], a pior de todos), infelizmente, não têm a menor graça, e o efeito do feitiço por eles lançado sobre o país, que nos devolveu ao mapa da fome no mundo, só será anulado se o povo tiver voz e vez para exercer seus direitos e fazer valer sua vontade. Ou então é hora de dar nome aos bois de vez e chamar isso aqui de oligo(Pluto)cracia, ditadura jurismidiática, ou governo dos poderosos contra o povo, em bom português. 

       

       

       

      Sampa/SP, 18/04/2018 – 21:54

  15. Problema na análse: ainda não foi condenado

    O  Aécio não foi condenado. Provavelmente sentarão em cima do processo até sua prescrição como já aconteceu com vários outros  políticos do PSDB e do DEM.

  16. Já ouvi isso até na rádio
    Já ouvi isso até na rádio rock coxinha,

    querem emplacar essa versão na cabeça do brasileiro, sendo que o mineirinho está longe de ser condenado, se realmente o for.
    Já Lula, a pressa com que o fizeram deixou um rabo enorme.

  17. Problema na análse: ainda não foi condenado

    O  Aécio não foi condenado. Provavelmente sentarão em cima do processo até sua prescrição como já aconteceu com vários outros  políticos do PSDB e do DEM.

  18. Parabéns ao caro Nassif e sua

    Parabéns ao caro Nassif e sua esquipe. Num único e rápido lance deu xeque até nas agências de verificação de fatos que estão há anos no ar, principalmente pela inédita consideração dos contextos em que as “notícias” são publicadas! Daqui a pouco estará destruindo até as mentiras e falsas interpretações em mensagens não-escritas, não-verbais como em fotos, vídeos e outros meios pelos quais as mentiras e imprecisões ficam com ares de verdades. Contextualizar tá ficando a marca registrada do jornalista desde sua série “Xadrez”.

    Como sugestão, quem sabe dar uma olhada no seguinte: será que, como naõ se cansa de propagar inclusive a imprensa arejada, a perseguição é exclusiva ao PT, e a proteção, ao PSDB? Ok, o PT está catalizando as iniciativas de promover independência, soberania e prosperidade ao nosso povo. Mas em ’64, em ’68 e contra JK e Vargas ainda não havia PT. Mesmo assim esse mesmíssimo golpe  – mesmos atores, mesmo direcionamento, mesmas vítimas e mesmos algozes – promoveu outras investidas contra o Brasil antes dessa, de 2016. Apenas que a PF está fazendo as vezes do exército além dessa investida do mesmo golpe de sempre dessa vez está sendo, como estão outras investidas pelo mundo afora, “cirúrgica”. Ou seja, dá a impressão de que os tiros não são mais a esmo e sim mais calculadamente direcionados. Pelo menos é essa a impressão que tenho. Será que essa impressão se verifica?

      • Pois é… se a gente não

        Pois é… se a gente não focar no golpe, daqui a pouco vem golpe de 2026, golpe de 2046, golpe de 2066, e a cada um desses “golpe”, se os golpistas não conseguem se estabelecer de vez – e isso não conseguem mesmo porque, afinal, quem vota num cara que diz que vai diminuir conquistas sociais, que vai privatizar, sei lá, a presidência do executivo (“O custo do palácio do Planalto é um desperdício de dinheiro público”) – vão alargando, espalhando e aprofundando devagar e constantemente a miséria geral, precarizando não apenas as condições de trabalho mas amplamente as condições de vida digna, acabando por desregulamentar os mais fundamentais dos direitos humanos e cidadãos… daqui a pouco não seremos mais cidadãos, seremos apenas consumidores.

        A identificação de golpe como o ataque que vem ocorrendo há uns 100 anos, e esses movimentos a que chamamos “golpes” como apenas investidas de um mesmo golpe, são fundamentais para acabar de vez com isso. A meu ver é preciso checar a adequação desse negócio de chamar de golpe o que é apenas mais um investida de um mesmo golpe.

        Sabe aquela história de que primeiro roubam uma flor do jardim e a gente não diz nada, até que matam todo mundo e aí a gente já não pode mais dizer nada por foi “morrido”? Então…

      • É uma merda… a turma da

        É uma merda… a turma da sabotagem dá uma investida, destrói a democracia e sai correndo, fugindo do povo. Aí a gente começa a reconstruir – e eles naquele chororô de “pô, não é democracia, porque é que você estão nos excluindo?”… E aí toca a anistiar militar criminoso e, político corrupto e empresário e latifundiário corruptor. Aliás, “reconstruir”, não, construir um novo. Mas aí eles incluídos, com a cesso ao poder público, vem e destróem tudo de novo. O problema é que a cada investida dessa a democracia vai ficando mais destruída. A gente constrói três e eles destóem quatro… A cada investida contra a cidadania, mesmo que se volte à democracia por um tempo, fica um buraco maior, mais largo e mais profundo, mais difícil de fechar.

        Ué, não teve gente que chamou o presidente daquele país estrangeiro, os EUA, Obama de “comunista” porque ele queria constituir no país dele um serviço de saúde público baseado, pasme, na participação de empresa privada? Daqui a pouco a gente tá chamando de “esquerda” o pessoal que meramente sugerir jornada máxima de trabalho de 18 hora/dia.

        Tem que dar um basta nisso. E sair fora do dólar urgente e definitivamente. E olha que tem outras opções: América do Sul, BRICS…

  19. mais uma vez…

    a Globo se coloca à disposição para esconder a arbitrariedade

    da primeira vez – lembram-se?- tanto fez que chegou a silenciar a história…………………..

    nossos jovens não sabem praticamente nada da ditadura, razão de não identificá-la no MPF e em parte do  judiciário

  20. Lembrando que Aécio apenas se

    Lembrando que Aécio apenas se tornou réu. Vai demorar uma eternidade para ser julgado. Se chegar a ser condenado, vai recorrer e se não houver mais recursos, com grande chance, não será preso.

    Isso se nenhuma das vossas excelências querer ter vistas do processo e dar uma boa sentada por um longo tempo.

    E se, por algum lance fortuito do destino, chegar a pegar cana, Aécio hoje não representa nada, além de ser um mero joguete que a Globo usou para o golpe e que agora não tem mais nenhuma serventia.

  21. alguém como Aécio se usa mais de uma vez…

    ninguém dá um golpe como o que tivemos sem poder contar com uma ” chave mestra “

    os que deram sorte ou receberam muito permanecerão anônimos

  22. Globo pro MPF: rabo preso, eu e você. Tudo a ver. Fica em haver

    Que os decentes do MPF se preocupem. A globo é um câncer letal. 

  23. PGR pede arquivamento de

    PGR pede arquivamento de inquérito no STF para investigar uso de algemas em Sergio Cabral

     

    Segundo Dodge, Gilmar não poderia ter aberto o inquérito “de ofício” (ou seja, por iniciativa própria). Ela defende que há “intransponível separação das funções estatais na persecução criminal” e o sistema “não admite que o órgão que julgue seja o mesmo que investigue e acuse”.

     

    https://g1.globo.com/politica/noticia/pgr-pede-arquivamento-de-inquerito-no-stf-para-investigar-uso-de-algemas-por-sergio-cabral.ghtml

     

  24. Não se trata exatamente de compensação

    Além de eventual rabo preso com o PIG e medo de publicidade, o Judiciário, pela sua convivência social com políticos de elite, tem grande chance de se encontrar comprometido também em atitudes ilícitas, conversas paralelas e, quem sabe, até algum dinheiro. Assim, o que ajuda a soltar tucanos é o medo de eventual delação. A história recente mostra casos concretos, como a mulher de Carlos Cachoeira (que ameaçou um Juiz) e o recente caso dos irmãos “Joesley”, que ameaçaram delatar Juízes e foram prontamente colocados em liberdade. Tucano ou golpista de elite somente irá preso apenas se não tiver condições de delatar gente do judiciário, ou se aceita uma condenação curta em beneficio do restante da turma.

  25. como é?

    desde quando denúncia é condenação?

    isso não é novelão da globo.

    o stf aceitou uma simples denúncia CONTRA UM GANGSTER feita pelo antigo pgr, mais de ano depois, baseada num oceano de provas.

    apenas isso.

    no que vai dar?

    NADA!

    quando o tal de aócio, O GANGSTER, vai preso?

    NUNCA!

  26. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome