Trivial do Choro Negro, de Paulinho da Viola e Fernando Costa

Passeando pela Lapa, no ano passado, Paulinho da Viola se depara com um grupo de músicos tocando seu Choro Negro.

por Paulinho da Viola

Em agosto do ano passado, depois de assistir a uma apresentação na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro, eu ouvi de longe as notas de uma melodia familiar. Um grupo tocava uma composição que fiz em parceria com Fernando Costa há mais de quatro décadas. Fui me aproximando e ouvindo “Choro Negro” cada vez mais perto. Curioso pensar que quando compomos uma música ela ganha vida, corre pelo mundo e pelo tempo por conta própria.

Espero que em breve seja seguro novamente nos encontrarmos assim pelas ruas. Uma lembrança para todos aqueles que estão na linha de frente dessa luta.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  TV GGN: O dia em que Bolsonaro tentou o golpe militar

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome