A ala ideológica e os evangélicos deixarão Feder no MEC?

Enquanto existe o temor de que Bolsonaro reveja escolha, reitor do ITA foi preterido por pedir carta branca para demitir olavistas da pasta

Renato Feder, preferido de Bolsonaro para assumir o Ministério da Educação. Foto: Reprodução

Jornal GGN – A ala próxima a Olavo de Carvalho e políticos evangélicos já começaram a pressionar o presidente Jair Bolsonaro contra a escolha do secretário do Paraná, Renato Feder, para o posto de Ministro da Educação – e pessoas próximas a Feder temem que o presidente volte atrás em sua decisão.

Depois de ter confirmado a escolha de Feder a aliados, setores da base presidencial tentam reverter a decisão. Segundo militares ligados ao Planalto e consultados pelo jornal Folha de São Paulo, líderes de igrejas evangélicas entraram em contato com Bolsonaro para falar do assunto, enquanto pessoas envolvidas no processo colocaram a nomeação sob desconfiança.

O nome de Feder também não é alinhado a militares do governo, que vinham defendendo o nome do reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Ribeiro Correia – segundo o jornal Valor Econômico, o reitor do ITA acabou sendo preterido da vaga por ter pedido “carta branca” para a demissão de representantes da ala olavista, além de integrantes do grupo de Onyx Lorenzoni e Abraham Weintraub, e assim formar a própria equipe.

Na mira de Correia, estavam nomes como o assessor especial Sérgio Cabral Sant’anna e o do secretário de Alfabetização, Carlos Nadalim – que inclusive chegaram a ser cotados para o cargo de ministro.

 

(com informações da Folha de São Paulo e Valor Econômico)

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

5 comentários

  1. Nassif: sobre a ala ideologica do Guru do TenenteJair esses são arroz de festa, conhecidos por todos. Mas os Vangélico (não confundir com “Evangélicos”) e suas alas no Congresso (dizem, são como balaio de gato) tá faltando um “xadrez”, tintim por tintim. o GGN bem poderia fazer-nos grande favor de desnudar os mercenários da fé (com as exceções da regra). Denomição por denomição. Até aquelas inominadas, catadeiras de dízimos e lavagem de grana. Mande ver, que tamos esperando. Por incentivo, lembro-lhe o Senhor expulsou comerciantes e banqueiros do Templo, corruptos desde aquela época. Então, o grupo recorreu a Caifás, que começou tramar a crucificação. Tal qual hoje…

  2. Primeiro: é indicação de “ratinho” jr, logo tem tudo pra ser mais um estrume. Aliás, tem mesmo uma cara escrota!
    Segundo: “lideres evangelicos procuraram bozo pra falar do assunto”. O que estas outras merdas, embusteiros da religião e arautos do atraso e da terraplana, têm a ver com mec?
    Terceiro: seria dificil alguem largar o ita para cair num recinto onde se misturam estrumes do astrologo e excrescências neopentecostais.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome